História Meu Problema é Você - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Nalu
Visualizações 106
Palavras 1.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Adicionando mais um capitulo da historia para vocês, espero que gostem!
Alias, essa semana passada bateu 1 mês desde que eu criei a fic, e em um mês tenho 50 favoritos! Tudo bem, pode não ser muito, mas isso já me deixa com a maior felicidade do mundo sabendo que pessoas estão gostando das coisas que eu escrevo ><
Só isso mesmo,

Boa leitura!

Capítulo 11 - 11 - Namorados?


  Natsu – Lucy, vamos logo, ou iremos chegar atrasados!

  Lucy – Só mais um minuto! Droga, aonde está o meu uniforme?! – Fiquei revirando meu armário. Ontem eu decidi deixar a Wendy arrumar o meu quarto, mas ela deixou tudo uma zona! Não tenho a menor ideia aonde ela colocou cada coisa.

  Natsu – Você ainda não se vestiu? – Ele entrou no quarto e cubro meu corpo, já que estava só com as roupas de baixo.

  Wendy – Vamos Lucy-san, você é muito lenta.

  Lucy – Aonde você colocou o meu uniforme?!

  Wendy – Ah, você quer dizer aqueles trapos? Joguei fora. – Como?! – Você deveria comprar novos, aqueles estavam horríveis.

  Lucy – E com o que eu vou para a aula hoje?! – Ela olhou para mim por um tempo.

  Wendy – Eu posso dar um jeito nisso.

 

(...)

  Lucy – Eu não acredito que deixei esse pedaço de gente me vestir.

  Natsu – Ah vai, não está tão ruim.

  Lucy – Não está tão ruim?! Olha para mim! – Eu estava usando uma blusa cinza com um casaco por cima, uma saia longa horrorosa e sapatilhas. Além dela ter colocado uma tiara na minha cabeça. – Eu estou irreconhecível.

  Wendy – Por favor né, você está do jeito que merece. – Eu pulei em cima dela, mas o Natsu me segurou.

  Natsu – Ok, vamos que já estamos em cima da hora. – Resmunguei. Deixamos a Wendy no outro prédio e fomos até a entrada, aonde o pessoal estava.

  Levy – Ei, nós estávamos mesmo falando sobre...

  Sting – Eu peço um minuto da atenção de todos vocês! – Do nada escutei uma voz bem familiar falando num megafone no meio do jardim. – Eu quero que todos vocês prestem atenção no que eu vou dizer, eu vim aqui para declarar o meu amor pela garota mais linda desse colégio. – Ele aponta para mim e todos me encaram.

  Lucy – O que esse idiota está fazendo?! – Sting veio caminhando até a minha direção.

  Sting – Por favor Anjo, volte para mim, eu não sou nada sem você. Tu és o motivo de eu sorrir, de eu viver. – Ele se ajoelhou nos meus pés.

  Lucy – Para com isso Sting! Levanta logo!

  Sting – Não! Eu te amo e sempre te amarei, não importa o que você diga. – Todos estavam vendo, se o Rogue ver isso eu...

  Lucy – Sting, nós dois não damos certo, por favor entenda isso. – Falei tentando o levantar do chão.

  Sting – Eu não acredito nisso! Tenho certeza que tem um motivo. – O que eu faço, o que eu faço?!

  Natsu – Exatamente, tem um motivo. – Ele falou passando o braço em volta do meu pescoço.

  Lucy – O que está fazendo?

  Natsu – Eu e a Lucy estamos apaixonados um pelo outro. – Eu fiquei boquiaberta, a Erza ficou, os meninos ficaram, todos ficaram. – Não é mesmo, amor? – O QUE ESSE TRASTE ESTA FALANDO?!

  Lucy – É-É Claro. Pois é Sting, eu queria falar, mas não tive coragem. Eu e o Natsu estamos.... Namorando. – O QUE EU ESTOU DIZENDO AGORA?! Sting estava sem palavras.

  Sting – Isso é sério?

  Lucy – S-Sim, muito sério. Sinto muito, mas é a verdade. – O Sinal tocou, finalmente. – Olha o sinal, temos que ir! – Falei puxando o braço dele para dentro. – O que pensa que está fazendo, idiota?!

  Natsu – O que? Eu te livrei de um problema.

  Lucy – Mas você me arranjou outro! Você admitiu para todo mundo que estamos namorando!

  Natsu – Ei, quem disse que estávamos namorando foi você.

  Lucy – É claro! Depois daquele show era de se esperar isso! Ai Deus, o que vou fazer? E se o Rogue viu?!

  Natsu – Aí você aproveita e termina tudo com ele.

  Lucy – Você sabe que não é tão fácil assim! – Todos estavam passando e me encarando, mas eu viro o rosto.

  Natsu – Bom, de qualquer forma, você vai ter que lidar com isso. Agora que tal irmos para a aula, namorada? – Ele sorriu e foi para a sala. Droga, ele vai se aproveitar tanto disso...

 

(...)

 

Deu o horário do intervalo, e pela primeira vez, eu desejei que não tivesse chegado. Fui para fora da sala tremendo, com medo do Rogue me puxar do nada e vier me xingando, dizendo que eu sou uma piranha.

  Levy – Você deveria parar de fazer essa cara, está me assustando.

  Lucy – E se ele viu?!

  Erza – Aí não tem o que fazer. Fiquei sabendo que depois daquilo o Sting foi para casa decepcionado. – Me sentei na mesa e abaixei a cabeça. Senti alguém me cutucando e já me levantei toda assustada.

  Aries – Calma, sou só eu.

  Lucy – Ah, Aries. – Fiquei mais calma.

  Aries – Eu nem te reconheci nessas roupas. Está tão... diferente.

  Lucy – Nem eu me reconheceria. Mas me diga, o que foi? – Ela se aproximou do meu ouvido.

  Aries – Rogue está te esperando na sala de artes. – Gelei e fiquei imóvel. Fudeu.

  Lucy – O-Ok, eu já vou. – Aries foi embora. – Se eu não voltar em 10 minutos comprem o meu caixão. – Falei os avisando e fui até a sala. Parei na frente da porta e suspirei. É agora Lucy, não seja covarde. Pensei e girei a maçaneta e o encontrei sentado. – O-Oi.

  Rogue – Uau, o que aconteceu com as suas roupas?

  Lucy – Um pequeno problema com o meu guarda-roupa, m-mas diga, por que me chamou? – Aí vem a bomba.

  Rogue – Ah, eu queria perguntar o que você ia me dizer no domingo. – Me surpreendi.

  Lucy – O que?

  Rogue – Sabe, a gente ficou meio ocupado e você não terminou o que queria falar, mas pode agora, estou ouvindo. – Ele não viu aquilo?

  Lucy – A-Ah, isso eu posso falar outra hora. – Rogue parecia meio desconfiado, mas continuou. Não vou fazer agora, já estou cagada o suficiente para um dia.

  Rogue – Aliás, você viu o que aconteceu hoje de manhã com o Sting? – AH QUE BELEZINHA

  Lucy – N-Não, por que o que aconteceu?

  Rogue – Eu não estava na hora, mas me contaram que ele se declarou para uma menina e ela deu mó fora nele. Disse que estava namorando o seu amigo. Acho que é Natsu o nome.

  Lucy – J-Jura? Ele não me falou nada. Mas e a garota? Quem era?

  Rogue – Falaram que ninguém conhece, parecia uma aluna nova. – WENDY SUA LINDA MINHA SALVAÇÃO! – Mas fiquei triste por ele, Sting foi até embora.

  Lucy – Poxa, que chato. – MEU DEUS EU VOU ENCHER AQUELA GAROTA COM TANTOS BEIJOS! – Na verdade Rogue, tem algo sim que eu quero falar. – Já chega de adiantar isso. – Eu quero terminar.

  Rogue – Como é?

  Lucy – Eu não queria, mas não tenho outra escolha. Eu tenho as minhas razões.

  Rogue – Pois então pode falar agora. – Adoro.

  Lucy – Eu não acho que eu esteja preparada para um relacionamento sério. O problema não é você, eu te adoro, mas não posso continuar uma coisa que tenho certeza que não vai dar certo.

  Rogue – Mas então a gente faz dar certo. – Ele colocou as mãos em meu pescoço e a retiro.

  Lucy – Não. Eu não quero.

  Rogue – Você não quer?

  Lucy – Desculpa. – Falei e sai da sala, indo até ao refeitório de volta.

  Gajeel – E então? Precisamos comprar o seu caixão?

  Lucy – Não, acho que eu vou ficar bem. – O pessoal parecia ter ficado aliviado. Olhei para o Natsu, que me encarava e o respondi com um sorriso. Se só a primeira parte desse maldito plano dele foi um saco de cumprir, imagina o resto. Não sei se aguento...

 

Continua...


Notas Finais


Qualquer erro ou incoerência me avisem,

Beijinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...