História Meu Professor De Sexo - Adaptação - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Carlos Sexo
Exibições 331
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hi! ❤olhem as notas finais ✔😏💙

Capítulo 18 - Capítulo 18


Ela balbuciou quando o ritmo dos seus dedos se alteraram.


Em sua mente só conseguia vislumbrar o corpo nu e perfeito de Carlos sobre o seu, o toque aveludado da língua macia sobre sua carne, o roças das peles, o calor que emanava dele. Era possível sentir seu cheiro. Ela lançou a língua sobre os lábios e foi possível também sentir seu gosto.


- Queria estar dentro de você, te fazendo minha, possuindo seu corpo, sua alma, com força Amanda, com intensidade e com carinho.


- Ai… Carlos… eu…


Ela estremeceu diante do primeiro sinal do orgasmo que chegou quando ela ousou deslizar um dos dedos para dentro de si mesma.


Não conseguiu se conter, não mais. Aquela voz sexy e dominadora sussurrando delicias eróticas em seu ouvido e as lembranças do amor selvagem que ele lhe fazia quando estavam juntos fez seu corpo vibrar, uma dor aguda e viciante lhe transpassou todo o corpo concentrando-se na sua virilha. Amanda aumentou o ritmo dos dedos dentro de si, enquanto imitava um gesto anterior de Carlos em estimular o clitóris com o polegar enquanto ele ainda lhe sussurrava leves obscenidades no ouvido.


- Vou lhe manter presa na cama Amanda e vou fazer repetir cada gesto usando minhas mãos, vou amar você sem te dar trégua e uma noite não vai ser o suficiente.


- Minha nossa… Carlos!


Ele ouviu o gemido dela sair mais rápido e mais forte e também mais entrecortado e soube que estava chegando o clímax.


- Continue querida, mais rápido, mais forte. Vamos Amanda, eu quero ouvir você. Quero que goze pra mim, vamos minha pequena, quero que grite por mim.


Ele aumentou a intensidade das palavras e os dedos de Amanda pareciam obedecer ao incentivo e a velocidade que ele empregava.


Ela sentiu o ventre tremeu e as mãos perderam o controle ora fazendo os movimentos dos dedos serem mais frenéticos ora fazendo apenas pressão e então Amanda sentiu o orgasmo arrebatar-lhe a sanidade.


O gozo veio profundo e estarrecedor e ela gritou, permitiu-se dar um longo, alto e delicioso gemido de prazer.


- Ah Carls… Carlos … minha nossa…


Carlos também estremeceu, deixou-se enredar pela mesma onda de prazer que ela apoiado apenas na imaginação que tinha.


A imagem de Amanda gritando de prazer sobre os próprios dedos chamando por ele era absurdamente erótica, ele não precisou mais de nada.


- Amanda... - ele gemeu ofegante - ah Amanda …


Nos próximos segundos, tudo o que se pôde ouvir foi a respiração pesada e descompassada de ambos.


- Amanda … - Ele chamou quando recuperou a voz.


Ela estava arriada na cama, olhos semi cerrados, completamente mole.


- Hum… - ela gemeu em vez de responder.


- Você foi fantástica.


Ela sorriu.


- O que achou linda?


- Maravilhoso. - ela disse.


- Você foi perfeita Amanda, céus, você é sexy até pelo telefone.


Ela riu mais alto.


- Nossa Carlos… - ela ofegou - Céus, eu estou com um sono absurdo.


Agora foi ele que gargalhou.


- Ah linda, efeitos colaterais de um bom orgasmo.


- Gostaria que estivesse aqui - ela disse sincera.


- Também gostaria - ele disse - faria mais uma coisa se eu te pedir?


- O que seria?


- O travesseiro da sua cama, ele ainda tem meu cheiro?


Ela estranhou a pergunta mas respondeu.


- Sim, por que?


- Bom, então abrace-o, durma abraçada a ele, durma despida. Como se estivesse comigo.


Ela sorriu.


- É uma boa maneira de aplacar a saudade, e quanto a você?


- Eu? Bem, eu me arranjo.


- De que maneira?


- Quer mesmo saber?


- Sim moreno, eu quero saber.


- Roubei uma camisola sua na ultima noite que estivemos juntos, portanto, não se preocupe, dormirei sentindo seu cheiro.


- Carlos! - ela protestou.


Mas ele apenas riu.


- Boa noite Amanda, sonhe comigo.


- Pode apostar que vou moreno.





Notas Finais


Amores, disse que ia TENTAR postar três. Não deu. Pode ser que role mais um mais tarde, porém, não prometo nada. Ah, não pra postar antes pq hj, está tendo a minha festa de 14.... eeeh❤❤❤❤ los amo, até depois! 👋💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...