História Meu professor japa - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Original, Sexo
Exibições 64
Palavras 1.650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


*u* aqui estou eu de novo com mais um cap, espero que gostem :)

Capítulo 8 - Casal sem juizo


Fanfic / Fanfiction Meu professor japa - Capítulo 8 - Casal sem juizo

Acordo sentindo muito calor. 

Abro meus olhos, preguiçosa, e vejo um braço por cima de minha cintura e uma perna em cima das minhas. 

*Oh, céus...* sento na cama e vejo o horário no celular. *11:20... Não esta tão tarde assim. Ainda tenho tempo.*

Viro-me para Akira que está dormindo e lhe dou um selinho. 

- Sensei... Acorda... Ainda é quarta-feira, sabia..?_ falo carinhosa. 

Ele só resmunga algo baixinho, ainda dormindo e vira para o outro lado. 

- Ei...! Seu dorminhoco. _ pulo em cima dele, rindo um pouco. 

*Sinto que conheço ele a muito tempo... É estranho... Mas não sei explicar...*

Faço cócegas e ele logo acorda, meio assustado. Mas logo começa a rir junto e me coloca deitada na cama, se vingando. 

- Tenho que me arrumar pra escola, sens--

Ele logo me beija e sinto algo duro em minha coxa. 

*Huum... Cacete, ele gosta de sexo em...* penso ja tentando sair dali. *Preciso de um banho e ir para a escola, pô.*

- Preciso tomar um banho e sair jaja, Akira. E você também. _ Sorrio, ja planejamento algo que eu queria ontem, mentalmente _ Sente-se na cama, ali. 

Aponto e ele obediente, se senta. Mordo meu lábio e logo fico com os joelhos no chão, de frente para ele. 

Com o desejo a flor da pele, começo a masturba-lo com uma mão, meio sem jeito. 

Mas logo vejo que consegui dar prazer a ele, e ganho confiança em mim mesma para continuar. 

- Huum... _ diz pegando em meus cabelos. 

Passo a língua em toda a extensão de seu pau, saboreando. Depois coloco tudo na boca, chupando sem usar o dentes. 

*Ja vi na internet sobre sexo oral... Mas ja que é a primeira vez que faço, tenho que tomar bastante cuidado...* penso, lembrando de uns tempos atrás, quando fui procurar algumas coisas que tinha dúvida, sobre sexo. 


Amando sentir seu pau em minha boca, aumento a sucção, e continuo com meus movimentos com a mão. 

Ele massageia meu cabelo, com a cabeça pra trás, quase gozando. 

Sinto um líquido em minha boca, e por impulso, engulo rapidamente. Mas foi tanto, que sai um pouquinho pelo canto de minha boca. 

Voltando a si, ele olha pra mim, satisfeito, e limpa o ladinho de minha boca com seu dedo, chupando o mesmo. 

Beijo-o e logo vou para o banheiro, feliz. Mas escuto ele falando algo. 

- Prefiro seu gosto, Thaty... 

Sorrio, me sentindo estranhamente satisfeita com seu comentário. 

*Eu consegui... De primeira...* dou pulinhos dentro do banheiro, relutante.

 Sorrio. *Boa em boquetes... Eu mereço...* rio pra mim mesma. 

- Use o banheiro la do corredor, Akira-kun..! _ grito ligando o chuveiro. 

Ele bate na porta. 

- Não, deixa eu entrar, vai... _ fala abrindo a porta e entrando sem permissão e me pegando de surpresa, debaixo do chuveiro. 

Me abraça por trás. Sorrio e o abraço de volta, pegando em seus braços, que estão em volta de minha cintura. 

==========================

~Bia on~

- Aquela nee-chan doida... _ falo baixinho, ja tirando da secadora as roupas que encontrei pela casa e no cesto de roupas no banheiro do corredor.

Sinto uma leve tontura, mas logo passa. 

*Malditas tonturas... Desde o mês retrasado to assim, aff...*

Sinto meu Biscoito me abraçando por trás, na lavanderia e me alegro. 

Levo minha mão até seu pau duro por cima da calça, que estava encostado em minha bunda. 

Levo-o pro quarto. 

- Vamos tigrão, ainda temos uns minutinhos. 

Chegando no quarto, ele me joga na cama sorrindo safado e logo vai tirando minha camiseta... 

~Bia off~ 

==========================


- Bora, bora, bora sensei... Vamos..! _ digo ja me vestindo pra escola. 

Sequei meu cabelo rapidinho com o secador e escovei. Não é aquele cabelo lindo e tals, mas desse jeito, pra mim ja ta bom. 

Passando um pouco de lápis de olho e batom, percebo que Takahashi está parado ao meu lado, só com uma toalha na cintura.

*Sexy... Gostoso... Delícia...* sem perceber, borro meu batom um pouco. 

- Depois me chama de tarado... _ senta na cama sorrindo, achando graça _ Thaty... Minhas roupas... Devem estar lá embaixo.. 

Coça a nuca. Beijo-o rapidamente e logo desço as escadas, procurando as roupas pela sala. Não encontro. 

*Ué...*

Começo a procurar por todos os cômodos da casa e encontro na lavanderia.

*Não me lembro de ter colocado pra lavar...* penso confusa, mas minha mente de repente raciocina direito e sei a resposta. 

*Bia... Que horas ela deve ter chegado ontem..?* começo a me sentir constrangida.

*E se ela me escutou... Dizendo coisas...?*

Do nada, escuto um barulho vindo do quarto dela. *Vixi, alguém caiu..*

Subo rapidamente e abro a porta, sem nem bater. Paro no pé da porta, em choque.

Vejo Bia de joelhos no chão, vomitando. Jungkook está segurando seus cabelos, ajudando-a a não se sujar muito. 

- Você esta bem..?  _ pergunto preocupada, adentrando no quarto. 

Pego um lenço em cima de sua mesinha de maquiagem e limpo sua boca, quando ela acaba de vomitar tudo que tinha no estômago. 

Olho para Jungkook. 

- O que faz aqui?? _ suspiro _ Pode ir "cunhado", deixa que eu cuido dela. 

- Mas--

Não o deixo falar. 

- Apenas vá... Por favor. 

Vejo ele assentir meio triste e logo sai dali. Escuto o barulho da porta de entrada batendo e suspiro pesadamente. 

- Ja volto, Bia. Espere deitada na cama e descanse um pouco. Hoje você não irá pra escola, e nem eu. Vou cuidar de você. 

Nem dando chance dela retrucar, saio do quarto com as roupas de Akira em minhas mãos e vou para meu quarto. 

- Aqui. _ dou-lhe as roupas. 

Quando ele começa a se vestir, sinto uma pontada no coração. 

*Será que... Ele era casado... E só estava afim de me "comer"..?* penso, ja meio preocupada.

- Akira, aquela pergunta que fiz no carro ontem, você não me respondeu. 

Ele olha pra mim. 

- Qual pergunta? _ franze o cenho. 

- Nós ja não nos conhecemos antes..? Tipo antes da escola.

Ele para pra pensar sobre isso e fica em silêncio por um momento. Depois nega com a cabeça. 

- Não. A primeira vez que te vi na minha vida, foi na sala. Você estava... Num momento "interessante" _ ele sorri ao lembrar de meu mico. 

Fico corada. *Maldita hora que fui zuar com o Rafa...*

Ele se assusta quando vê o horário no relógio em minha mesa. 

- Já é 12:20. Quer carona pra escola, Pequena? _ me pergunta ja terminando de se arrumar. 

- Não seria meio embaraçoso meu próprio professor me levar pra escola..? 

Ele reflete. 

- Ah, verdade. Tem razão, aff... se fosse uma colega de trabalho ou uma mulher "normal" que eu tenha conhecido "normalmente", ham... Pode ter certeza, eu andaria ao seu lado a todo momento. 

Ele raciocina sobre o que fala e fica vermelho. 

- Olha, só te digo uma coisa... Eu realmente gostei de você, desde aquela "cena" que você fez, na primeira vez que te vi.  _ sorri _ E se você acha que a gente se conheceu antes de eu ser seu professor, bom... Acho que não tem muita chance de isso ter acontecido, porque posso ser japonês... mas o maior tempo da minha vida, eu passei na Coréia do Sul. Enfim... Sinto que... Te conheço a bastante tempo, e fico mais a vontade quando estou com você... Do que com qualquer outra pessoa. Ai, ai... Nunca vou esquecer aquela cena na sala de aula,  no meu primeiro dia. _ me zoa, jogando a cabeça pra trás, e colocando a mão em seu peitoral. 

Ele ri e eu bato em seu ombro, de leve. Sorrio, querendo xingá-lo. 

- Ok, ja vou indo. Tchau, minha pequenina. _ ele pega a minha nuca e me beija. _ Ja vai também em seguida, né? 

- Nops. Vou ficar em casa hoje, minha irmã ta se sentindo mal. 

Ele assente com a cabeça, compreensivo. 

- Melhoras à ela. 

Me beija de novo e logo vai embora. 

===========================


- Seja sincera comigo, Bia. _ a encaro seriamente. 

- O-ok... _ diz sentada na cama, ja um pouco melhor, com um copo de água na mão. 

- Você transou com o seu namorado, certo? _ questiono. 

Ela assente e deixa seu copo na mesinha. 

- Usaram proteção, né...? 

Silêncio. 

Suspiro. 

- É que nas vezes que estamos transando, esquecemos de usar... De tanta excitação do momento, nee-chan... _ se explica, vermelha.

- Você tem ideia do que esta falando?! Você pode ser responsável em algumas coisas, mas pode ter certeza que "nisso", você não tem juízo. 

Coloco a mão na testa, de mau humor. 

- Quantas vezes mais ou menos, vocês transam a cada semana...? 

- Umas... Ah, não sei nee-chan. Várias vezes. 

- Quando começou a se sentir mal? 

- Ah... Faz um tempinho ja, sinto umas tonturas de vez em quando e vomitei aqui no quarto, mas hoje foi a primeira vez. Mas acho que não é o que você está pensando, deve ser só uma virose, nee-chan. 

*Minha intuição diz que não, mocinha. Argh, só o que me faltava. Minha irmã, com 14 anos, grávida... Oh, Kami. Vou virar titia*

Olho para ela e levanto da cama. 

- Vou comprar um teste de gravidez, deite e descanse novamente, até eu voltar. Entendido?? _ falo séria, e ela assente, com um pouco de medo. 

Quase nunca fico assim. 

======================= 

Chego em casa com o teste e umas camisinhas, que comprei na farmácia. 

*Não proibirei de transarem, mas que irão usar algum tipo de proteção de agora em diante, ah vão sim...*

Subo e vou direto ao seu quarto. Encontro-a tirando um cochilo. Observo. 

*Oh, minha irmã safada e sem juízo...* Sorrio meio triste. 

Acordo-a dando o teste em sua mão, e ela logo vai ao banheiro. 

Espero uns minutos. 

Escuto um grito de repente. Corro até lá sem pensar duas vezes e a encontro no chão, chorando. 

- O que aconte--

Ela me olha com os olhos marejados de lágrimas e entendo na hora. 

*Puta que pariu... Fudeu...*




Notas Finais


Agradeço por lerem até aqui *u*
E até o próximo \°u°/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...