História Meu professor meu pecado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 127
Palavras 1.210
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Único capítulo


Fanfic / Fanfiction Meu professor meu pecado - Capítulo 1 - Único capítulo

Meu nome e Manuela Corrêa tenho 16 anos e sou filha de um dos maiores empresários Bruno Corrêa, minha mãe Letícia Corrêa e sua sócia. Estou eu aqui me arrumando para mais um dia de aula.
Tomo meu banho, me visto com uma blusa de botões, a saia do uniforme e minha botinha,termino de me arrumar e desço para tomar café com meus pais. Encontro minha mãe e meu pai ambos tomando café, sento e me sirvo
-Bom dia-falo
-Bom dia querida-responde mamãe
-Bom dia filha- fala papai desviando seu olhar do jornal em sua mão
Termino de comer um sanduíche e me despeço saindo de casa. Ando por 10 minutos chegando em frente a escola entro Priscila minha bff uma das poucas que eu confio nessa escola de falsos
-BOM DIA PUTA-grita ela quando me ver
-Bom dia piranha- respondo quando chego perto dela
Conversarmos mais um pouco logo escutando o sinal bater avisando para irmos para sala . Meu primeiro horário e de inglês ou seja meu professor tentação.
Entro na sala acompanhada de Priscila e sentamos bem no fundo. Nosso professor Diego entra imper GOSTOSO na sala atraindo atenção de todas meninas (bando de putas)
-Good Morning ! -fala ele com aquela voz grossa dele
-Bom dia professor-responde todos
-Hoje vamos fazer um teste-avisa ele deixando todo mundo surpreso
-Professor mais nem estudamos- Fala a piranha da Julia tentando ser sexy
-Eu sei mais só tem coisas que eu já passei e não se fala mais nisso vamos todos calados que eu vou começar a distribuir -Fala fazendo todo mundo cala e ele começa a distribuir, chegando perto da minha mesa aonde estou conversando com Priscila ele fala
-Senhorita Manuela quero que se sente perto da minha mesa-Fala e me direciono até lá
Os minutos passam as pessoas começam a sair eu enrolo só para sentir o perfume que aquele homem exalava.
-Vamos senhorita Manuela só tem você aqui-Fala me tirando do transe
-Professor tá meio difícil eu faltei aula passada-disse vendo o mesmo se levantado e vindo em minha direção
-E por que faltou aula passada?-Perguntou já perto de mim
-Ginecolista- falo olhando para seus olhos -Estava muito assada-Expliquei
-O desculpe não sabia-falo tentado se desculpa
-Professor sabe por eu fiquei assada?-perguntei e ele negou -Porque você me deixa molhada e isso a machuca - Falei fazendo cara de sofrimento
Ele se distancia um pouco de mim após o sinal bater e eu indo em direção a porta, paro ao ouvir sua voz
-Você acha que vai sair daqui após dizer que eu te deixo excitada? - pergunta
-Não sei, talvez afina de contas você tem namorada-falei falando namorada debochadamente
-Tenho só que você me atrai de um jeito que me deixa de pinto duro-fala passando a mão por cima de sua calça social
-Diego não me provoque, quando eu começa não vou parar-falei o vendo abrir um sorriso de matar
-Vem quente que eu quero você rebolando em meu pau-fala vindo e minha direção atracando meus lábios com um beijo quente, selvagem e cheio de malícia.
Aquele homem ainda  vai me matar , claro que eu não sou mais virgem e se ele me quer eu vou dar pra ele o que ele quer.
-Diego a porta-falo me separando sem ar.
Vejo ele ir até a porta e tranca-lá logo depois vindo em minha direção e me pegando no e  colocando em cima da mesa .
-Vou te comer até você não sentir mais suas pernas-Fala tirando minha calcinha e introduzindo um dedo em meu sexo
-Ohh Diego isso-falo logo que ele introduiz o segundo e depois terceiro dedo.
Ajudo no movimento do vai e vem de seus dedos, depois de um tempo para e tira minha blusa beijando o vão dos meus seios arracando o sutiã e meus seios saindo para fora. Uma hora ele chupa o direito outra o esquerdo que ficava rigido a cada sugada mesmo, amando aquilo também tinha que me aproveitar de seu corpo desço a mesa logo abaixando em sua frente tirando sua calça junto com a cueca vendo seu pau saltar pra fora (e que pau)  começo a chupar sua glande e acaricia seu bolas  e sua mão e meus cabelos em um rabo de cavalo
-Ohh isso Manuela, chupa vadia-fala com aquela cara de safado dele
Chupo e lhe mastubo com a mão descendo e subindo em seu mastro até seu gozo sair em minha boca e engulo tudo. Diego me puxa para cima me beijando e deitando em cima de sua mesa, abrindo minhas pernas começando a chupar minha vagina , que língua era aquela mano cada chupada me levava a loucura, coloco minha mão em sua cabeça empurrado ela para ir mais fundo em minha buceta fazendo chupar cada vez meu clitóris,  gozo em sua boca.
-Que gosto bom loirinha, espero que nunca mais fique assada com esse líquido tão gostoso seu-fala labendo os lábios
Tira da carteira que estava me sua calça um pacotinho de camisinha aonde ele abre e coloca em seu pau sento devagar para não machucar e começo a me movimenta acelerando a cada estocada. Diego acelera e gemo seu nome não me importando se iam escutar lá fora
-Is..so Die..go -começo a rebola vendo sua cara de aprovação
Quando vejo que estou quase chegando em meu ápice Diego que estava em pé comigo em seu colo senta na cadeira e quico em seu colo . Enquanto quico meu peitos balançam e ele começa o chupa-los aumentando minha excitação .
-Ent..ão bom te ma...mar e te ver quic..ando em meu pau ao mesm..o te..mpo- fala ofegante dando uma palma em minha bunda que logo ficaria vermelho
Sinto ápice chegar me desmanchando em sua rola e logo depois ele .
Saio de cima dele começando a me vestir e ele o mesmo pois logo o sinal bateria avisando o fim do intervalo.
-Espero que nunca mais falte minha aula senhorita Manuela-fala abotoando a calça
-Espero que nunca mais me deixe molhada necessitando de sua boca em minha vagina.-falo antes de virar e ir até a porta
-Meu pau espera estar dentro dela de novo-viro olhando em sua cara de safado
-Dependendo de mim fodo com você até na escada da escola- abro a porta mas saio assim que escuto
-Até logo Manu-saio sorrindo e vejo Priscila e Elaine vindo em minha direção
Elaine e namorada de Diego e a nova chifruda do pedaço.
-Viu meu Namorado?-pergunta ela dando envase no Namorado
-Não, deve tà comendo alguma professora por ai- Falei soltando meu veneno-Licença que eu vou terminar de curti meu intervalo- Passo para ela indo em direção a Priscila
-Advinha quem é a nova chifruda do pedaço - Falo olhando para porta da sala aonde Elaine beija a boca de Diego tentado fazer ciúmes- Coitada Pri beijando a boca que minutos atrás estava em minha buceta para me fazer ciúmes- rio junto com Priscila
-Manu você não tem jeito,quando quer uma coisa sempre luta para consegui e o professor não foi diferente- Ela fala e olho de novo para Diego que me manda uma piscadela, sorrio e nego com a cabeça. Isso ainda tem muita coisa para acontecer e uma dessas coisas e usufrui do meu professor querido.

Meu professor meu pecado


Notas Finais


Espero que tenham gostado,comentem ,favoritem quero saber a opinião de vocês, esses imagine foi inspirado em mim que só louca para que isso aconteça comigo e meu querido futuro professor de inglês. Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...