História Meu Protetor - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Carter Woodwork, Eadlyn Schreave, Kile Woodwork, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave
Tags Eadlyn, Kile
Visualizações 40
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente chorei escrevendo esse capítulo muito e muito. É triste ver Eadlyn e Kile brigado, então espero que gostem. E gente quanto mais comentários vcs fazem mais rápido eu mando os capítulos só pra vcs saberem tá então bora ler né kkkk

Capítulo 20 - Eu não queria ter te amado


Fanfic / Fanfiction Meu Protetor - Capítulo 20 - Eu não queria ter te amado

Um mês depois 

Quarta-feira 

Estava no trabalho fazendo umas pesquisas no meu computador. Quando batem na minha porta 

-Entre

-Oi Eadlyn, eu tenho uma idéia de nos conseguimos colocar uma loja em Sumer- Marid fala entrando no meu escritório com uma planilha na mão. Me levanto rápido e vou até ele 

-Como- pergunto indo para perto dele. Nos estamos vendo para colocar uma loja em Sumer, mas não estava dando certo pois os únicos lugares que tinham para construir a loja não era muito frequentado

-tem um lugar que está para vender e é grande, e fica no centro- ele fala e eu me animo

-Posso ver- pergunto 

-Claro- ele fala me dando a planilha. Mas quando eu ia ler sou interrompida por Marid me presionando contra a parede- sempre quis fazer isso- ele sussurra no meu ouvido e me beija

Como assim tento me soltar mas não consigo ele me segura forte. Quando ia fazer algo esculto uma voz que eu amo. Marid para de me beijar e olha para ele 

 -Eu não acredito, Eadlyn como você foi capaz de fazer isso comigo- Kile pergunta se aproxima

-Kile não é...

-Não me venha com essa de, não é o que você está pensando, você é igual a qualquer uma- ele sai da minha sala

-Kile espere- falo saindo da sala, mas Marid segura meu braço

-Eadlyn, ele não merece você- ele fala e eu me Souto dele bruscamente

-Me solte- falo com raiva e vou correndo até o kile- KILE ESPERE- grito quando vejo ele no elevador, mas quando eu ia entrar o elevador se fecha- NÃO- Não tem outro elevador então vou pela escada

 Vejo que estou com salto alto e me xingo mentalmente. Tiro o salto alto e carego em Minha mão enquanto Desço as escadas desesperadamente. Por que tem que ser quatro andares, por que. 

Lágrimas escorrem pelo meu rosto. Não conseguiria perder kile. Por que isso acontece comigo, por que, eu odeio minha vida. Término de descer as escadas ofegante e vejo Kile do lado de fora abrindo a porta do carro. Corro até ele e seguro seu braço 

-Por favor kile não faz isso- falo com a dor e a tristeza sobre mim, minha voz estava fraca

-Não Eadlyn, eu não quero ser o trocha de ninguém- ele fala tirando seu braço bruscamente

-Kile, você não é trocha de ninguém- falo com a voz embargada

-Não sou mesmo, se você acha que vou ficar com você depois que fez isso comigo, você está muito enganada- fala com raiva. Eu não acredito ele não pode estar achando que eu quis beijar o Marid 

 -Kile, o Marid me beijou a força, se você tivesse esperado um pouco você teria visto que eu teria feito algo- falo e acarició seu rosto- Kile eu te amo e nunca faria isso- Kile tira minha mão do seu rosto

-Não fale que você me ame, porque quem ama nunca trai o outro

 -Kile eu te amo, e eu já te falei eu não quis beijar ele, por favor me entenda, olha vamos conversar com calma por favor- peço com as lágrimas caindo

-Não tem nada pra conversar, aliás acabou- ele fala seco

-Não kile, não acabou, eu te amo me entenda, isso só foi um mal entendido

-Não Eadlyn, isso não foi um mal entendido, sabe eu nunca queria ter te amado, ter conhecido você, ter confiado tudo a você Eadlyn, agora vê se me esquece- ele fala rude e tira o nosso anel de namoro e joga no chão como se fosse um nada ou um lixo- adeus Eadlyn- fala e entra no carro e dirije em alta velocidade

Caiu de joelhos no chão e começo a me derramar em lágrimas. Pego o anel que ele tirou e seguro contra o peito 

-Eu não vou desistir de você- sussurro 

Me levanto e vou até minha sala. Quando chego lá começo a arrumar minhas coisas vou me demitir. Depois de terminar de arrumar minhas coisas vou até a sala do Marid e bato na porta 

-Entre- entro e vejo Marid vendo alguns papéis- Ah é você Eady- ele fala se levantando e vindo até mim, ele é surpreendido com um tapa na cara- Por que fez isso- pergunta passando a mão aonde eu bati

 -Porque você me beijou, eu te odeio sabia- falo com ódio e com raiva 

 -Ah é você gosta daquele, polícia de merda- fala e meu sangue ferve mais ainda

 -Esculto aqui, ele não é nenhum polícia de merda, e sim eu amo ele amo com todo meu amor, tudo nele eu amo, TUDO, ainda mas como ele me toca quando estamos na cama- o provocó e sorrio. A raiva dele só aumenta- e aliás eu me demito- falo e saiu do escritório dele antes que ele fale alguma coisa

 Pego minhas coisas e saiu da empresa

-Eadlyn, o que aconteceu- Celena pergunta vendo a caixa que eu carregava com minhas coisas

-Marid me beijou a força e kile me viu- falo baixo- e ele pensou que eu trai ele 

 -Oh amiga vem cá- ela fala me abraçando e eu desabo em choro

-eu amo ele Celena, eu amo demais, você sabe como é ruim escutar da pessoa que você ama que ela nunca quis te amar- falo com a voz fraca- e ele jogou o anel de namoro como se fosse um lixo- falo mostrando o anel dele que eu coloquei no meu dedo

-Olha se ele fez isso ele não te merece- ela fala e eu a olho

-Não, eu o amo e quero ficar com ele, ele me fez sorrir nos momentos tristes, ele me fez acreditar quando estava dando tudo errado, e nada parecia dar certo ele me apoiava, me ajudava nem que isso o prejudicasse- deixo mais lágrimas cairem- eu morreria por ele- falo e vou até meu carro entro nele e começo a dirigir até minha casa

 Chego em minha casa entro e subo até meu quarto, entro e começo a chorar, chorar como nunca chorei, eu o amo amo com todo meu corpo. Eu estou ligada à ele, preciso dele ao meu lado me beijando me amando me consolando. 

 -Kile eu preciso de você- sussurro com lágrimas 

Volto a chorar, estava até pensando em me matar. Mas não vou fazer isso, talvez tudo se resolva, talvez eu volte com ele. Eu penso assim pra não fazer algo que me arrepende

 -Eadlyn, o que faz aqui- Nenna pergunta abrindo a porta do quarto- Eady o que aconteceu- Nenna pergunta se sentando ao meu lado e acariciando meu cabelo 

 -o.. Mar..rid me bei..ijou a força e o k,kile viu- falo soluçando e desabo no choro 

-Calma Eadlyn, vou fazer um chá, e você vai se acalmar e me contar direito- ela fala e eu assento. Ela sai do quarto

 Nenna trouxe um chá para mim. Contei tudo para ela e ela me acalmou, falou para mim esperar um tempo e depois conversar, quando ele se acalmar. 

  Não como nada, não tenho vontade, até que kile esteja comigo.

Esteva vendo nossas foto juntos, dele me beijando e uma que eu tirei dele dormindo. Sorrio vendo as fotos, preciso fazer alguma coisa pra ele voltar para mim. Tive uma idéia para ele voltar para mim, e farei isso logo   


Notas Finais


Gente capítulo triste chorei escrevendo e espero que tenham gostado agora boa noite tô morta de canseira


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...