História Meu Protetor - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Carter Woodwork, Eadlyn Schreave, Kile Woodwork, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave
Tags Eadlyn, Kile
Visualizações 43
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores já que eu sou tão boa com vcs vou enviar mais um capítulo pra vcs amores meus então me desculpe a demora é que eu não vim na minha vó pq minha tia foi posar lá mais aqui estou então bora ler

LEIAM AS NOTAS FINAIS

Capítulo 7 - Dormindo de conchinho


Fanfic / Fanfiction Meu Protetor - Capítulo 7 - Dormindo de conchinho

-Kile e melhor nos irmos tomar banho eu tenho teto-solar e deve esquentar um pouco no banho então é melhor tomarmos banho rápido- falo subindo as escadas para meu quarto e ele vem atrás de mim  

-Boa idéia só vou pegar minha mochila que está lá encaixo na sala na mochila tem roupas minhas- ele fala descendo as escadas e eu o impido o puxando com a mão. ele fica confuso 

-Como assim você tem roupa na mochila por acaso sabia que ia dormir aqui- pergunto o encarando  

 -Não é que eu passei na loja antes tinha que compra roupa nova- ele fala e eu solto o braço dele  

 -Acho bom- nos dois rimos  

 -Se você quiser eu posso ir embora- ele fala erguendo as sobrancelhas  

 -Não você vai ficar aqui e vai rápido pegar suas roupas enquanto eu tomo banho- falo e vou até meu quarto e tomo um banho rápido e visto uma camisola vermelha com um decote em "V" e um pouco mostrando os peitos e ia até uns 7 dedos acima do joelho.

 Visto meu roupão e saiu do quarto e vejo o kile sentado na minha cama e com os braços cruzados. Eu tiro meu roupão e jogo em una cadeira. Seu olhar fica mais grande e o queixo dele cai 

 -Tá babando aqui- falo mostrando com o indicador na boca. Ele me olha com um olhar  

 -maldade Eadlyn. Fazendo isso com um pobre rapaz- ele fala se levantando e indo em minha direção com um sorriso malicioso e se aproxima e me dá um beijo. E eu já me afasto dele. 

 -Ei o que pensa que está fazendo você não pode me beijar sem mais sem menos. vai tomar banho. Que você tá fedido- falo tampando o nariz com os dedos  

 -eu fedido capaz. Mas mesmo assim eu vou. Você não vai resistir tão facilmente Eadlyn- ele fala com um sorriso de lado e eu reviro os olhos. E ele entra no banheiro.  

Depois de uns minutos sentada na cama encostada na cabeceira lendo um livro. Vejo Kile saindo do banheiro com um shotes e sem camisa. Meu queixo caiu vendo o abdômen dele que era lindo e como o corpo dele era músculoso.

 -Tá babando aqui- ele Faz a mesma coisa que eu e eu fico brava. Pois eu coloquei aquela roupa pra atentar ele. Mas ele também estava me atentando. Isso me deu uma raiva. Respirei fundo -Tá onde eu vou dormir- ele pergunta 

-Aqui  

 -Por que- Ele pergunta cruzando os braços  

 -Porque- penso- Você não vai dar risada- pergunto O olhando seriamente  

-Não vou 

 -Tá mas se você der risada eu te Mato- respiro fundo- eu tenho medo de dormir sozinha quando tá trovoando- falo na lata e ele se segura pra não rir- Ei falei pra você não rir

 -Mas eu não tô rindo. E sim eu vou dormir com você. Mas eu quero comer tô com fome 

-Claro- falo me levantando e indo até ele é dando um beijo no canto da sua boca e colando nossos corpos 

 -Para com isso Eadlyn- ele fala me afastando com as mãos. E vejo sua ereção  

 -O que você não gosta- pergunto me afastando dele e saindo do quarto. Quando sinto alguém me puxar e que essa alguém era o kile e me prende contra a parede e começa a me fitar  

 -Mas é claro que eu gosto- ele fala me beijando e me puxando para mais perto dele. Dou um geito e troco nossas posições  

-Ei você não queria comer- falo descendo as escadas e indo para a cozinha. Ele vem logo atrás de mim  

 -O que vamos comer- ele pergunta  

 -Miojo- falo mostrando o Miojo para ele   Alguns minutos depois que terminamos de comer nos subimos para o quarto. 

 -Eu não acredito que você me fez comer Miojo- ele fala se deitando na cama e colocando os braços atrás da cabeça  

 -Mas você comeu- falo ficando por cima dele e começo a beijar o rosto dele e colocando a mão sobre seu abdômen  

-Ei pare com isso- ele  fala me olhando com certo desejo 

-Eu sei que você gosta e por sinal muito- ele ia falar algo mas antes que ele falasse eu beijei ele ferozmente.

  Ele coloca as mãos em minha cintura nos aproximando mais.o beijo foi muito bom como se precisaremos disso para viver. Quando nossas respirações estavam faltando separamos nossos lábios  

 -Você E como uma droga pra mim- ele fala passando a mão na minha bochecha. Eu fico surpresa com o que ele fala. 

 -Eu penso a mesma coisa- Falo dando mais um beijo nele  

-Poise as mulheres não conseguem resistir ao meu charme- ele fala trocando as nossas posições. Reviro os olhos  

 -Não é ao contrário. Eu que sou tudo isso. Você tem sorte de me ter- falo e ele mé da um beijo calmo 

-Então você é minha- ele pergunta com um sorriso malicioso nos lábios

-Mais ou menos. Você pode me beijar e essas coisas 

-Uh vou usar isso depois 

-Usar como pergunto- erguendo as sobrancelhas

-Agora você não vai saber mas depois saberá- reviro os olhos  

 -Tá. mas agora eu quero dormir- eu falo Tirando ele de cima de mim e virando de lado- boa noite  

 -Ei o que você está fazendo- ele pergunta se esticando para me olhar  

-Tentando dormir- falo fechando os olhos. Ele me dá um beijo e eu me afasto- Ei eu quero dormir  

 -Tá- ele revira os olhos. E deita do meu meu lado e me abraça. Então ficamos assim de conchinho até acabar dormindo                


               […] 


 Acordo com uma coceira no meu pescoço abro os olhos para ver e o kile estava beijando meu pescoço

-Bom dia Eady

-Bom dia Kile- eu falo sorrindo. e ele me dá um beijo calmo

-dormiu bem- ele pergunta  

-Sim dormi. E você dormiu bem- pergunto 

 -Sim eu dormi

-Que bom. E aliás você merece uma recompensa por ter dormido comigo- falo ficando emcima dele

-E qual seria a recompensa- ele pergunta erguendo as sobrancelhas

-Você já vai descobrir- falo e dou um beijo ferozmente. Eu explorava cada canto da sua boca, e ele fazia o mesmo. Parecia uma batalha de dança. Somos interrompidos do nosso beijo por Nenna. Abrindo a porta

-Bom dia Eadl…- ela fica chocada com a cena com o queixo caído. Eu começo a ficar vermelha- é melhor eu ir fazer o café da manhã- ela fala fechando a porta

-Acho que a Nenna nos pegou no Fraga- nos dois rimos

-Verdade. Mas eu tenho que ir agora- ele fala se levantando

-Ah. por que você não fica pra comer- falo me levantando e indo em direção à ele. E passando os braços por seu pescoço. E dou um beijo nele carinhoso

-Isso não vale. Chantagista- rio

-eu chantagista. Capaz, nunca que eu seria 

 -Posso usar o banheiro- ele pergunta

-Claro mas eu vou primeiro- falo correndo para ir ao banheiro e sinto uma mão me segurando 

-Ei eu que vou primeiro- fala me segurando pela cintura e me beijando. E depois me solta e entra no banheiro- hahaha eu ganhei- ele fala rindo

-trapaceiro- falo irritada e sento na cama- ele dá risada bem auto para que eu possa escultar. Reviro os olhos.

 Ah mais isso não vai ficar assim ele vai ver com quem se meteu. Depois de ter esses pensamentos faço uma raio de cavalo auto e desarrumado, pego um vestido curto com um decote exagerado e não coloco sutiã. Sento na cama, com as pernas uma emcima da outra. Vejo o kile saindo do banheiro. Ele olha pra mim de queixo caído. Me levanto e dou um beijo em seu pescoço e me aproximo do ouvido dele 

-Eu consigo tudo que quero woodwork- cochicho no ouvido dele e mordo o rótulo do ouvido dele. Ele se treme um pouco com a sensação. Quando ele ia me beijar eu saiu correndo em direção ao banheiro entro e tranco a porta. E começo a rir 

 -Ah Eady assim não vale- ele fala indignidade. E gargalho para ele poder ouvir Coloco outra roupa e depois de uns minutos me ajeitando eu saiu do banheiro. Kile estava com os braços cruzados e se levantando e vindo em minha direção. Dou uns passos para trás e ele continua se aproximando, eu acabo encostando na parede e ele me prende em seus braços. Tento sair mas ele me segura

-Ah Eadlyn você não vai conseguir sair de meus braços- ele fala me beijando intensamente e eu retribuo

-Mas como você te Tanta certeza disso- pergunto com uma voz delicada 

-primeiro: porque eu sou muito forte Segundo: você não conseguiria sair Terceiro: mesmo que você conseguisse você iria querer sair- ele fala me beijando. Eu coloco a mãos sobre seu pescoço

-Tá mas você não teria que ir trabalhar- pergunto erguendo as sobrancelhas. Olhando para sua roupa de polícial 

-Odeio você Schreave- ele fala se afastando de mim

-Também te odeio agora vamos também tenho que ir trabalhar- falo puxando ele para fora do quarto e já estando na porta da casa- Tchau woodwork- falo dando um beijo rápido dele 

 -Tchau Eady- ele fala e sai 

 -Você fez algo com ele- Nenna pergunta se aproximando de mim 


Notas Finais


PESSOAL LEIAM ATE O FIM AS NOTAS FINAIS Oi pessoal vcs viram cm a eadlyn está kkkkkk está bem mais diferente pq causa dele

Eu queria fazer uma pergunta pra vcs. Vcs querem que a Eadlyn tenha uma amiga além a Nenna tipo uma amiga de trabalho seila tipo isso pra ela não ter só a Nenna o que vcs acham me falem aí nos comentários e tem mais uma coisa vcs querem que eu faça capítulos especiais tipo de a eadlyn como era antes de se reencontrar com o kile só pra vcs terem uma idéia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...