História Meu Querido Híbrido... {Correção} - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Fluffy, Jikook, Lemon, Mpreg, Namjin, Surubangtan, Taeyoonseok, Yaoi
Exibições 3.029
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Adivinha quem ficou com fogo no cu enquanto escrevia a história...

Exatamente... EUU

Alerta de LIMÃO (+18)

Hoje eu acho que vou postar mais dois caps.... Mano que fogo no cú e esse????

Hoje eu simplesmente acordei e falei: Quero escrever...

Espero que gostem da história e do limão...

EEEI HOJE É UM DIA ESPECIAL :D

Chegamos nos 121 favoritos ♥♡
Mano isso significa muito para mim porque tipo eu não esperava nem 2 favoritos nessa história, Obrigado por tudo.

♥♡♥♡Vocês são foda ♡♥♡♥

Bjus

:3

Capítulo 15 - Aniversário da Pink Princess♥ Cio (+18) Parte 2


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Híbrido... {Correção} - Capítulo 15 - Aniversário da Pink Princess♥ Cio (+18) Parte 2

P.O.V Jin

Eu acordei e percebi que eu estava nú, olhei para o lado e ví Namjoonie dormindo e ele tambem estava nú. Me lembrei de mais cedo quando nós tinhamos feito... Vocês sabem o que agente tinha feito... E dei um sorriso

Me sentei na cama e senti uma dor insuportavel entre as pernas, olhei para a cama e percebi que o lençol estava sujo de sangue. Segui os rastros e percebi que era eu que estava sangrando.

Quando eu me levantei, senti uma dor muito forte no meio das pernas e caí, eu gemi muito alto e acabei assustando o Namjoonie.

-Pequeno, você está bem?- perguntou o mais velho.

-Jin está com muita dor no meio das pernas e Jin está sangrando.

Quando eu terminei de falar, uma pequena poça de sangue se formava em baixo de mim.

-Nossa! Você realmente ainda está sangrando.- disse Namjoonie surpreso.

Ele me carregou ate o banheiro e me sentou no vaso, enquanto eu estava sentado ele foi ligar a banheira. Quando a mesma estava cheia ele me botou dentro dela e logo em seguida ele entrou, ficando por trás de mim.

-Desculpa Pequeno, eu acabei te machucando.- ele falou com um tom de voz triste

-Não se desculpe Hyung, o Jin gostou...... E obrigado por ajudar o Jin no cio.- Logo em seguida eu peguei a sua mão e entrelacei os nossos dedos

Ficamos na banheira por um bom tempo... Para ser mais especifico, passamos horas dentro da mesma, trocando carícias e conversando.

-Jin eu te amo- falou o mais velho todo corado.

-Eu tambem te amo Hyung- falei em um tom de voz fofo.

Logo em seguida eu senti ele começar a me dar uns beijinhos no meu pescoço, esses beijinhos foram ficando cada vez mais selvagens, e depois de um tempo ele começou a me dar uns chupões e umas mordidas.

- Nam-Namjoonie pare, an-antes que agente a-acabe fazendo....

Logo em seguida ele se retirou na banheira.

-Fique aí, já volto- falou o mais velho.

Ele demorou um pouquinho, quando ele voltou, ele voltou com uns 3 pacotes daaqueles "bom-bom" que era ruim, e então eu perguntei:

-Namjoonie, por que você pegou os Bom-bons?

Ele me ignorou e voltou para a banheira, ele voltou a dar os chupões e depois de um tempo, ele colocou as suas mãos na minha bunda, e fez com que eu ficasse sentado em cima do seu membro, mas ele não estava me penetrando.

Ele colocou suas mãos nos meus mamilos e ele começou a "Brincar" com eles. Meu membro estava começando a ficar duro, não demorou muito para que eu sentisse alguma coisa me cutucando lá em baixo, dei umas reboladas em cima do seu membro, Namjoonie não agentou e começou a gemer desesperadamente.

- Jin, vire-se de frente para mim.- falou o mais velho.

Então eu obedeci, vire de frente para ele e comecei a rebolar lentamente em cima do seu membro, eu estava torturando o Namjoonie.

Ele pegou um pacote do "bom-bom" ruim e abriu, logo em seguida ele o colocou na sua glânde e começou a descer o mesmo sobre a extensão do seu membro, que estava totalmente ereto.

-Jin... eu vou penetrar você agora.

Ele colocou as suas mãos nas minhas nádegas, e posicionou o seu membro na minha entrada, o que me fez gemer.

- Na-Namjoonie....com cuidado, por favor...

Logo em seguida ele colocou as mãos na minha cintura e começou a me empurrar para baixo, fazendo com que o seu membro me penetrasse.

-AAAH.... NAMJOONIE..... ESTÁ DOENDO.- Eu gemi

Quando eu terminei de gemer, ele começou a me masturbar, era uma masturbação lenta, que estava me torturando. Por um instante eu me esqueci da dor, e quando me dei conta ele estava totalmente dentro de mim.

Ele fazia os movimentos para cima e para baixo no meu membro bem devagar, eu não estava mais aguentando.

- Mais rápido Namjoonie....- Gemi

O mesmo começou a aumentar a velocidade, eu me senti no paraiso. Depois de certo tempo eu acabei gozando e toda a minha porra voou na cara do Namjoonie, eu estava arfando muito.

Ele se aproximou e selou os nossos lábios em um beijo, ele pediu passagem com a lingua e eu cedi, era um beijo selvagem e sexy. Nossas linguas estavam em uma disputa deliciosa por espaço e eu estava sentindo o leve gosto azedo, devido que o meu gozo voou na cara do mesmo.

No meio do beijo senti Namjoonie colocar as suas mãos nas minhas nádegas e começar a fazer movimentos, para cima e para baixo com a sua virilha, fazendo o seu membro entrar e sair de dentro do meu ânus.

Eu gemi muito durante o beijo. E então nos separamos pela famosa falta de ar, quando nos separamos ele deu uma estocada muito forte, que acertou o meu ponto doce.

-Aaah Namjoonie- eu gemi alto, pois eu não esperava pela estocada.

Ele então começou a aumentar a velocidade, nossos corpos se chocavam violentamente. Os unicos barulho que dava para ouvir era dos nossos corpos se chocando, dos nossos gemidos e da água a banheira agitada.

Ele parou de me penetrar, percebi que ele estavam cansado então eu coloquei as minhas mãos no seu peitoral e comecei a quicar, logo em seguida eu fiquei gemendo o seu nome:

- Nam-Namjoonie...

Eu fiquei assim por um tempo até que o mesmo começou a gemer, depois ele colocou colocou a mão nas minhas nádegas me ajudando a quicar, depois de um tempo nós fomos aumentando a velocidade, até que o mesmo gozou.

Ele retirou o seu membro de dentro mim e em seguida tirou a camisinha e jogou ela no chão do banheiro, ele abriu outra e colocou no seu membro.

Ele ficou de joelhos na banheira e falou:

-Jin fique de quatro, agora.

Eu obedeci, e sem nenhum aviso ele me penetrou com força, ele começou a me estocar com toda a sua força, eu estava com muita dor.

-Nam-Namjoonie pa-pare está doendo.- eu falei

Ele me ignorou e continuou a me estocar com força, eu abaixei a minha cabeça e vi o sangue escorrendo pela as minhas pernas, eu não podia fazer nada, além de ficar gemendo para ele.

Depois de certo tempo, toda aquela dor estava se transformando em prazer, e eu queria mais.

-Nam-Namjoonie, mais fundo...

Ai eu vi ele perder toda a sua sanidade, ele me puxou, me colocou no seu colo e me penetrou com tudo. Ele acertou o meu ponto doce novamente, então eu pedi:

-Namjoonie, acerta aí de novo....

Ví o mesmo começar a me estocar com toda a força, logo depois ele começou a me masturbar no ritmo das estocadas, não demorou muito para que eu me desmanchasse na sua mão pela segunda vez.

Quando ele já ia gozar, ele retirou o seu membro de dentro de mim, tirou a camisinha e gozou em cima de mim, eu senti aquele liquido leitoso e quente escorrer pelo meu corpo.

Logo depois ele me abraçou e disse arfando:

-Obrigado Jin... espero que façamos isso mais vezes

Eu respondi:

-Eu tambem espero Hyung...

Ficamos na banheira o final da tarde todinha e só saimos dela quando já era de noite...

Quando fomos sair da banheira, ele me carregou até a cama e me deixou lá, em seguida ele voltou com uma toalha e me enxugou. Logo depois nós nos ajeitamos na cama nós literalmente desmaiamos de cansaço.




Notas Finais


Pediram Limonada sem agua e sem açucar, espero que eu não tenha errado os pedidos...

Até mais tardee..

Hoje vai aparecer Taeyoonseok...

Bjus...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...