História Meu querido inimigo - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Jimin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Xiumin
Tags Bts, Colegial, Exo, Harem, Romance
Visualizações 65
Palavras 1.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, rsrs.. Desculpe a demora e bem.. Acho que vou mudar a sinopse da história ksbsksk pq a história não vai ser toda na escola '-' enfim... Era so isso mesmo, quis fazer um lado do kai sendo fofinho :3 era so isso mesmo e mannnn 41 favoritos!! Se é pouco? É mas como dizem.. Pra pobre ter pouco é ter muito :3 :v agora chega de enrolar e boa leitura! 😘💜

Capítulo 15 - EP 15


Fanfic / Fanfiction Meu querido inimigo - Capítulo 15 - EP 15

"KAI? a voz a mãe do jongin realmente me assustou e com certeza isso vai da merda!"


    - Oque vocês estão fazendo aqui? - falou mãe do jongin me olhando com bastante raiva. 


    - eu chamei ela pra sair. - jongin parecia nervoso mas mentiu um um pouco. 


     - NO HORÁRIO DA ESCOLA? OQUE ESSA MINI PROJETO DE PUTA TA FAZENDO AQUI COM VOCÊ EM LOJAS CHIQUES? - a mãe de jongin so faltou me engoli com os olhos de tanta raiva que ela estava. 



    - Projeto de puta? Olha o respeito! Não fale assim da MINHA namorada! - falou jongin 


    - NAMORADA?! VOCÊ SABE MUITO BEM QUE VOCÊ TEM QUE NAMORAR COM UMA MULHER RICA E NÃO UMA QUALQUER! - falou a mãe de jongin indo pra cima de mim so que jongin ficou na minha frente. 


     - JÁ PAROU PRA PENSAR QUE EU NÃO LIGO PRA PORRA DE DINHEIRO? EU QUERO APENAS SER FELIZ DO MEU JEITO, EU QUERO VIVER A MINHA VIDA! NÃO A DE VOCÊS!. - falou se virando pra trás e me abraçando. 


    - A VIDA QUE EU QUERO PRA VOCÊ É OTIMA! CHEIO DE LUXURIA E TAMBÉM A EU E O SEU PAI GANHAMOS DINHEIRO COM ISSO! - falou a mãe do jongin. 


      - a vida que a senhora quer pra mim não é ótimo! E nunca foi. Quero viver a minha própria vida e também quero ser feliz com alguém que eu goste e não uma que senhora pensa que vai melhorar a minha vida por causa de dinheiro. - falou jongin me dando beijo na cabeça. 


    "Fiquei em silêncio o tempo todo... Ele estava me defendendo e se declarando ao mesmo tempo, não acredito que o jongin fosse assim.. Vejo que ele realmente gosta de alguém, e esse alguém sou eu."


 - Jongin... Eu vou embora.. Não quero causar problemas para você... - falei saindo do abraço dele.


    - você não esta me causando problemas.. A minha mãe que esta causando, não se sinta culpada. - jongin acariciou meu rosto com o polegar.


     - QUANDO VOCÊ CHEGAR EM CASA VOCÊ VAI VER! - a mãe do jongin saiu furiosa.


     - me desculpe pelo ocorrido... - falei de cabeça baixa.


     - calma... Eu que tenho que se desculpa... Não é culpa sua da minha mãe ser assim. 



     - bem... É melhor você ir pra sua casa, eu não quero causar mais problemas.



    - eu não quero ir pra minha casa.. Vamos aproveitar um pouco aqui, podemos esquecer oque houve aqui e se divertir ? - falou jongin super animado.


    - OK.. Mas depois eu não quero que a sua mae me chame de todos os tipos de xingamentos.- falei rindo e ele me beijou.


     - da pra parar de me beijar? - ele deu um sorrisinho sacana e me deu um selinho de denovo.


    - da não. - ele riu e segurou minha mão e fomos passeiar nas lojas.


      Continuamos entrando nas lojas e depois a gente ficou olhando algumas crianças dançando no meio do centro. 


     - Eu nunca tinha passado o dia assim com nenhuma menina que eu realmente gostasse.. - falou jongin me abraçando de lado.


    - deve ser porque você é um galinha, um babaca, um imprestável e é um coração de pedra, deve ser por isso que você nunca tinha passado um dia legal assim com uma garota. - falei rindo e ele me olhou incrédulo.


    - nossa... Muito obrigada por esses lindos elogios. - falou jongin voltando a sua atenção pras crianças que estavam dançando. 


     Meu celular começou a tocar e eu me assustei ao ver o número do ... Sehun?


   *Ligação on//*


    Sehun: Cade você? 

   

  Eu : estou no centro.. Por que? 


   Sehun: você esta perdendo provas. 


    Eu : eu sei. 


     Sehun: então por que você foi embora com o jongin? 



   Eu: eu estou de suspensão e o jongin me convidou pra vim aqui no centro, nada de mais..


    Sehun: HM... Tenho que desligar, chegou professor na sala.. Bjs amore.



   *Ligação off//*



    - quem era? - falou jongin 



     - o sehun. 


   - vocês tem alguma coisa? - falou jongin 


     - não. Entre eu e o sehun so tem amizade. - 


     - ata.. Não iria suportar a menina que gosto tendo algo com o meu melhor amigo. - ele deu uma piscadinha. 


      - haha. - fingir um sorriso falso e voltei a ver as crianças dançando. 


     - vamos naquela lojinha de flores? - falou pegando na minha mão e me levando ate a lojinha. 


      Tinha cada florzinha bonita e eu tava admirada com tanta florzinha maravilhosa.

   


     - você quer essa? - jongin tirou a minha atenção das flores e eu olhei pra ele que estava com uma rosa na mão. 


    - sim! Ela é linda! - peguei a flor da mão dele e comecei a acaricia a flor. - Tão linda!  


     - sério isso? - falou jongin rindo. 


   - sério oque? -falei ainda apreciando a flor. 


    -Que você esta venerando essa flor? Tinha que ser S/n mesmo - ele pegou a rosa. 


    - ei! Me devolve minha rosa! - falei tentando pegar a flor. 


     - eu vou pagar a rosa! Ouxe.. Que menina apressadinha. - falou ele indo ate o caixa e pagando a rosa. 


    - agora eu vou deixar a senhorita em casa. - falou jongin sorrindo. 


   - OK! - dei um abraço nele. 


     (...)


   - eu posso ficar na sua casa? - falou jongin na porta da minha casa. 


   - oque aconteceu agora? - olhei pra ele que parecia esta bem triste. 


    - minha mãe quer me bater - ele fez uma careta. 


    - entra.. - dei espaço pra ele entrar e Fechei a porta. 


    - oque esse miserável ta fazendo aqui? - falou chanyeol assustando eu e o jongin. 


   - isso não é da sua conta e mesmo assim não sou obrigada da explicações de mim pra você. - falei ríspida e segurei a mão de jongin. 


    - tudo isso por que eu e os meus primos fizemos aquilo? - chanyeol respirou fundo. 


   - Sim! Agora eu vou pro meu quarto com o MEU namorado. - falei dando um risinho e puxei jongin ate meu quarto. 


     - oque houve? - perguntei trancando a porta e indo se sentar na cama. 


    - é que a minha mãe queria praticamente me matar por esta gazetando aula com você. - ele coçou a nuca e logo em seguida se sentou na minha cama. 


   - Eu tenho a leve impressão que a sua mãe me odeia.. - comecei a rir e ele riu junto. 


   - ela te odeia muito! - ele riu mais ainda. 


   - por que tanto ódio? O que foi que eu fiz pra ela? - parei de rir e quis ouvir atentamente sua resposta. 


   .- minha mãe quer que eu case com uma mulher milionária... A gente ta indo a falência e eu sou a "Única salvação" como eles dizem.... Em manter a gente na luxúria. - bufou jongin. 


   - entendi.. Desculpa falar mas sua mãe é uma cretina. - falei olhando ele que apenas concordou com a cabeça. 


  - desculpe ta dizendo isso.. Vejo que você ficou sentido. - dei um sorriso falso e fiquei encarando o nada. 


   - tudo bem.. Você esta dizendo a verdade, so que é tão ruim reconhecer que a sua própria mãe é desse jeito.- ele falou meio sem graça 

  


    - é... Você quer dormir aqui hoje? - falei acariciando sua nuca. 


   - eu posso? - falou jongin dando um grande sorriso. 


   - mais é claro que pode! -falei me sentando em seu colo me posicionando entre seu membro.. 



   - Não faz isso s/n... Eu estou no meu momento romântico! - ele resmugou mais começou a dar leves chupões em meu pescoço. 


   Toc toc~


  - eu não acredito.. Quem é? - gritei. 


   - sou eu o xiumin! - falou xiumin. 


   - oque você quer? Hein. Me deixa em paz! - falei voltando a beijar jongin. 


    - seu pai ta aqui em baixo! - falou xiumin. 


    "meu coração foi a mil, eu sei que ele me abandonou mais que eu ainda amo ele, eu amo!"





Notas Finais


#somostop :p kansksksnnsjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...