História Meu Querido Inimigo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Aurora de Martel, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Klaus Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Marcellus "Marcel" Gerard, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Visualizações 21
Palavras 818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - 2 de Abril de 1847


Quanto mais o cavalo corria,mais dor Davina sentia,a noite descia tranquila como se uma crueldade não tivesse acontecido.Davina escutou um barulho na floresta,oque assustou o cavalo,fazendo-o se levantar do chão e Davina praticamente o abraçar.Depois tornou a correr por mais dez minutos,Davina notou quando ultrapassaram a fronteira.Nessa parte,o fez parar,desceu do mesmo e o viu voltar correndo.

Davina caminhou até a entrada de uma gruta que fora indicada por Stiles,estava tão cansada e dolorida que nem notou quando tropeçou em uma pedra e desceu rolando um pequeno morro,chegando perto da água,havia feito um corte superficial no seu tornozelo,e soltou um pequeno gemido de dor.Estava suja e sentia fome,bebeu de sua água e se levantou do chão,voltando para a parte de cima da entrada.Se encolheu no chão,e esperou o dia amanhecer.

Não conseguiu pregar o olho,com medo de que alguém a encontrasse.O dia amanheceu,e em minutos.Um cara alto,pele pálida,cabelos castanhos e olhos da mesma cor apareceu ali,fazendo Davina recuar.

-Hey,está tudo bem,meu nome é Theo e eu vou lhe ajudar,como ordem de sua mãe.

Davina assentiu e aceitou a mão estendida.Ele a colocou sob o cavalo e logo subiu no mesmo,pediu que Malia o abraçasse e ela o fez.Cavalgaram por exatos 8 minutos,em um silêncio terrivel.Rodearam o enorme castelo medieval até a porta dos fundos.

-Você vai ficar sob os cuidados de Alia,é uma bruxa,mais lhe garanto que vai ficar bem.-disse rindo fraco e sendo acompanhado por Davina.

Entraram na porta de madeira,aquela era a cozinha do castelo,era muito bem decorada e era muito elegante,fora o espaço que aquele cômodo era.Na frente do fogão,tinha uma mulher de cabelos loiros quase brancos e encaracolados,iam até sua cintura.Ela tinha olhos verdes e uma expressão azeda no rosto,fora que parecia ser uma mulher bem mais velha.

-Só me traz problemas para eu resolver,Theo.

O garoto revirou os olhos e depois riu,Davina estava acanhada demais para fazer qualquer outro gesto a não ser ficar parada ali.

-Cuide dela,Alia.-disse saindo dali,deixando-as sozinhas.

-Está esperando oque?Me siga.-disse ríspida e dura,indo até um corredor.

Davina,sem outra alternativa,seguiu-a no extenso corredor,onde lhe foi mostrado a lavanderia,e logo o quarto.Tinha uma pequena cama de solteiro num canto,uma cômoda perto da janela,e uma pequena porta que dava para um pequeno banheiro.Não era grande coisa,mais agradou Davina.

-Fique ai,tem alguns vestidos para você ali.-Apontou para a cômoda.-E tem peças intimas também,agora me deixe em paz,ah e amanhã a quero de pé as 0H horas,me entendeste?

Davina assentiu,Alia saiu do quarto e ela enfim pode respirar em segurança.Trancou a porta do quarto e foi até o banheiro,onde tomou um banho rápido,vestiu as peças intimas e um vestido verde musgo.Saiu para fora do quarto pois sentia uma fome gigantesca.Chegou na cozinha e Alia estava de pé,mexendo nas panelas.Olhou no relógio ao lado dela e notou que marcava 11:55.Foi até a mesa e pegou uma maçã,lavou a mesma e logo a devorou,jogou o bagaço fora e tornou a voltar a cozinha.

-Você irá ajudar Thamy a servir os Reis.-disse apontando para uma morena de olhos escuros e sorriso doce.

-Tudo bem.-disse,sentindo suas pernas amolecerem.

-Como te chamas?-perguntou,tinha um doce sotaque.

-Davina Claire,e tu?

-Thamy Foxer.

-Calem-se.-Ela arrumou os pratos em bandejas e colocou em cima de um carrinho.-Se o senhor Parker perguntar,tu és empregada nova.

Davina,timidamente assentiu com a cabeça,e foi sob um carrinho,enquanto Thamy iria em outro,logo Davina estava a seguir,empurrando-o.

-Estais nevosa?-perguntou,rindo.Assentiu.-Não te preocupes,também estive nervosa no primeiro dia.

Logo,pararam frente a duas enormes portas de madeira escura e talhada.Thamy deu leves batidas,e uma voz grossa,disse que está estava aberta,Thamy a abriu e Davina se deparou com uma enorme mesa,tinha diversas cadeiras e poucas eram preenchidas por pessoas,na ponta havia um homem muito bonito,de cabelos escuros e com aparência sedosa,olhos azuis cinzentas que fitavam-na e chegavam a lhe devorar,causando-a certo receio.Na sala ainda havia um toca disco,uma lareira,e janelas muito grandes.Fizeram a reverência e Thamy o perguntou.

-Podemos servir a comida agora,senhor?

O homem assentiu,ainda de olho em Davina que timidamente fora servindo os pratos,acabou que ela teve de servir o rei,que não lhe tirava os olhos de seus movimentos de forma alguma.

-Podem se retirar,e você Malachai,cuidado para não ter a baba escorrendo.-disse um homem de cabelos negros,olhos azuis e um sorriso sarcástico.

Davina e Thamy sairam dali,Davina ainda sentiu ser acompanhada pelos olhos flamejantes do rei.

-Ele é belo,não é?

-Sim,muito.

-Porém,desde que a esposa morreu,carrega tal carranca para tudo quanto é lado e jamais se envolverá com uma mulher.

-Faz quanto tempo?

-6 anos,no nascimento da princesa Clare.

-Nossa,e a princesa?Não há vi na mesa...

-É por causa de que ela fica numa torre,somente dela,e praticamente não sai deste castelo.Imagina que triste és a vida desta menina...

-Sim,deve ser muito dolorido não poder sair e brincar no imenso jardim.

Thamy e Davina calaram-se ao chegarem na cozinha,por medo da repreensão de Alia.Mais Davina foi incapaz de retirar aqueles olhos azuis acinzentados coberto por mistério o resto do dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...