História Meu querido irmão (Eunkook) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Friend
Personagens Eunha, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, SinB, Sowon, Suga, Umji, V, Yerin, Yuju
Tags Bangtan, Bts, Drama, Eunha, G-friend, Imagine, Imagine Bts, Incesto, Irmãos, Jeon Jungkook, Jung Eun-bi, Jungkook, Sexo, Sociedade
Exibições 144
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura .

Capítulo 20 - Amor carnal


Fanfic / Fanfiction Meu querido irmão (Eunkook) - Capítulo 20 - Amor carnal

Jungkook POV 

Estava lendo um livro completamente entediante... meus hyungs tinham saido, apenas Eunha e eu estávamos em casa... normalmente iríamos assistir alguns filmes e pedir pizza, mas está ficando difícil para mim... eu sei que escolhi esperar mas é tão torturante apenas vê-la e não tocá-la como eu realmente quero. Eu entendo que ela está passando por um processo de "restauração" mas eu não consigo me controlar.... Me toco todo dia...no banheiro da BigHit, no meu quarto, já cheguei a fazer isso dentro do camarim antes do show... é muito difícil. 

Eunha: Pinóquio... - fui desperto dos meus pensamentos, mas apenas respondi sem olhá-la . 

Jungkook: Oi... - fingi estar concentrado no livro e não olhava para ela.

Eunha: E-Eu... - quando ela disse aquilo me permiti a olha-lá uma vez... e sim eu engasguei quando a vi vestindo aquela roupa, subiu na hora e eu não conseguia falar nada. - posso deitar com você? 

Não, não , não 

Jungkook: U-uhum. - falei receoso colocando um travesseiro entre as pernas.

Ela veio em minha direção e simplesmente...deitou em cima.... EM CIMA.

Jungkook: Eunha, por favor... - pedi tentando fazer com que ela não percebesse a minha ereção, mas ela percebeu.

Eunha: Fico feliz que te deixo assim. - ela sorriu de canto.

Jungkook: E como não deixaria... - Pensei alto e ela deu um risada se sentando na cama e me fitando por alguns segundos.

A blusa que ela usava era social, os botões de cima estavam soltos deixando um decote a mostra, sua boca estava entreaberta, seus lábios úmidos, os fios negros de seu cabelo permaneciam bem bagunçados e seu olhar era fixo na minha boca enquanto se aproximava vagarosamente.

Ela me beijou, só que não como de costume, era muito quente e lento, nunca tínhamos nos beijado assim...logicamente retribui com as mãos no seu pescoço com medo de descer de mais, era melhor deixar bem em cima... mas para minha surpresa ela sentou no meu colo, colocando uma perna de cada lado do meu corpo, em uma atitude rápida ela tirou as minhas mãos de onde estavam e colocou nas suas coxas e interrompeu o beijo.

Eunha: Pinóquio, tudo bem... não precisa se controlar...ao menos que não queira. - aquilo foi a carta verde para mim.

Inverti as posições deitando em cima dela e passando minhas mãos sobre suas pernas...elas iam subindo até chegar nas suas nádegas, as apertei com força e ouvi um gemido dela...não precisa ser muito carinhoso pois ela não era virgem, mas não queria ser violento, queria aproveitar cada segundo perto dela.

Interrompi o beijo e desci meus lábios até o seu pescoço... ela gemia a cada toque meu... a marquei bastante naquela região e logo tratei de tirar a camisa, estava suado e aquela peça me incomodava...ela mordia o lábio inferior para conter qualquer som, eu não gostava disso.

Jungkook: Não. - deu um beijo no seu colo. - se contenha - dei outro - por favor. - ela não disse nada apenas gemeu como resposta.

Comecei a desabotoar sua blusa e quando encarei a langerie preta... Meu Deus...

Estava prestes a arrancar aquele sutiã, quando ela inventeu as posições com uma experiência que eu não sabia que ela tinha, ela percebeu e veio até meu ouvido e sussurrou. 

Eunha: Não fique tão surpreso, me deixa com mais vontade ainda... Daddy.

Eu estava enlouquecido com aquelas palavras... ela sabia o que estava fazendo mesmo sendo a segunda vez que ela fazia isso...seu estilo era de dominadora e o meu também, por isso não vou deixar assim.

Ela estava beijando meu abs, eu me sentei, a peguei pela cintura e a deitei de volta. 

Jungkook: Nisso. - suspirei no seu ouvido. - quem manda sou eu.

Assim que terminei de falar rasguei seu sutiã pela frente e comecei a beijar seus seios, ela gemia como uma gatinha e arqueava as costas.

Eunha: J-jun-k-k-Kook... 

Eu fazia uma trilha de beijos até chegar na sua virilha. Passei a mão por cima do pequeno pano encarando seu rosto que mostrava uma expressão de prazer imenso.

Eunha: Kook...

Tirei sua calcinha e substitui minha mão por minha língua, enquanto passava a mão por todo o seu corpo.

Penetrei um dedo, ela gemeu mais alto...Penetrei dois e seus gemidos aumentavam... quando foram três ela deu um gritinho e arqueou as costas... eu estava explodindo por dentro, mas queria que ela aproveitasse cada segundo das preliminares. 

Iniciei um movimento de vai e vem, meus dedos praticamente não entravam, aquilo me deixava bem preocupado porque se nem meus dedos entravam imagina meu precioso? 

Tentei alargar o máximo mas não deu muito certo porque ela estava prestes a gozar mesmo com apenas cinco minutos de estímulo com a minha língua e meus dedos.

Ela ficou de quatro e me mandou ajoelhar na sua frente... entendendo o que ela queria fui mais rápido do que pretendia.

Ela passou a mão por cima e deu alguns selares sem retirar minha calça. 

Jungkook: P-Por fa-v-or... não f-faz is-s-so.... - implorei e ela sorriu logo retirando aquela peça desnecessária.

Meu membro saltou e bateu no seu rosto, ri junto com ela logo passou a me masturbar com a mão enquanto dava pequenos beijinhos na glande.

Jungkook: E-Eunha,  p-p-por f-favor. - eu implorava e ela abocanhou sem dó a metade já que o resto não cabia...iniciou os movimentos de vai e vem com a mão e com a boca.

Dessa vez eu que gemia loucamente, ela era boa demais, era o melhor boquete que havia recebido. Eu olhava para cima enquanto meu suor escorria pelo meu rosto até chegar ao meu ápice. Gozei em seus seios, pois não queria que ela engolisse e ela não parecia gostar muito de engolir.

Jungkook: De quatro. - disse autoritário e ela logo virou me dando a melhor visão do mundo... aquela entrada rosinha e delicada, que me enchia de desejo.

Dei um beijo nas suas costas e coloquei um pouco, como imaginei o resto não entrava, mesmo ela estando encharcada. 

Fui até a estante do Tae e peguei um lubrificante para ver se entrava.

Coloquei e com muita e muita força, acabou entrando tudo. Gememos juntos e alto... esperei um pouco para que a entrada dela se acostumasse com o tamanho e eu não tivesse que colocar mais lubrificante.

Comecei com estocadas lentas, mesmo sendo torturante para mim era bom iniciar dessa maneira.

Jungkook: Você é tão apertada Eunha. - e realmente era. 

Eunha: Pin-óqui-O... a-ah..

Jungkook: G-geme , geme p-pra m-mim...

Eunha: D-da-ddY... mais r-ra- piripi-do - Meu Deus se eu morrer agora não tem problema nenhum. 

Logo acelerei o ritmo, com estocadas fortes e rápidas, um tanto violento, mas estilo romântico nunca foi o meu...

Os nossos corpos se chocavam fazendo um barulho muito alto, suas nádegas estavam vermelhas de tanto eu apertar e bater, seus peitos pulavam por causa do ritmo.

Estava pronto para ter meu segundo orgasmo assim como ela. Como estávamos sem camisinha sai de dentro dela antes de gozar e comecei a me masturbar.

Eunha: Anal Pinóquio - disse ofegante assim com eu.- anal.

Não era minha primeira vez fazendo anal, mas sabia que era a dela, mas como ela pediu não contive.

A coloquei sentada no meu colo com suas pernas para cima, as segurei e subia e descia com seu pequeno corpo. Fui com toda a minha força para que entrasse então continuei com a mesma durante mais 2 minutos até atingirmos o orgasmo juntos. 

Nos deitamos ofegantes e suados, o quarto tinha um cheiro incrível de sexo... ninguém nunca tinha me satisfazido daquela maneira...

Eunha: Mesmo sendo apenas mina segunda vez... foi a melhor da minha vida. - disse fitando o teto assim como eu. 

Jungkook: Mesmo não sendo minha primeira, segunda ou terceira.-ri com minha fala - foi a melhor da minha vida. - disse olhando para ela que logo me olhou sorrindo, aquele sorriso de coelho que me encantava. Dei um beijinho no seu nariz.

Eunha: Vamos tomar banho? - assenti e levantei com bastante dor nos quadris mas fiquei de pé, ela caiu no chão e não conseguia levantar, ri com isso.

Jungkook: Vem cá... - a peguei no colo ela sorriu,  caminhei até o banheiro do seu quarto para não corremos o risco de sermos pegos pelos hyungs.

Tenho certeza, eu nunca vou deixá-la.




Notas Finais


Finalmente não é kkkk

Não sei escrever muito bem sobre isso então me perdoem se ficou meio ruim...

Agora eu vou ali me enterrar no buraco de vergonha.

Espero que tenham gostado 😄

Beijos de luz 😙 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...