História Meu Querido Primo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, V
Exibições 52
Palavras 1.607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ecchi, Fluffy, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ok, me organizei melhor... os dias de postagem vão ser: Terça, Quinta e sábado. Os outros dias vão ser com a minha outra fanfic... espero que gostem :v

Capítulo 2 - Meu Primo


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Primo - Capítulo 2 - Meu Primo

Juri: Bem, era so isso... espero que se deem bem~ Beijos~


*Chamada encerrada*

*Voltado a situação normal*


Ele simplesmente entrou ali.... AINDA POR CIMA, SÓ DE TOALHA! Eu fiquei meio de boca aberta... e fui corando aos poucos. Até que ele decidiu falar


Tae- Você... *ele se aproximou* Quem é você?

- E-Eu sou... a Hyuna... *falei me afastando*


Enquanto eu tentava fazer isso, ele me empurrou contra o a pia e colocou seus braços em minha volta, fazendo assim, com que eu não conseguisse sair dali


Tae- Hm.... eu não te conheço.... como você veio parar aqui?

- É.... sabe.... e que eu... *falo chegando mais perto da pia*

Tae- O que foi?

- S-Se você se vestir.... eu poderia até tentar te explicar a situação....

Tae-Ata, ok então *ele se afasta* daqui a pouco eu volto


Ele se retirou da cozinha... provavelmente foi colocar uma roupa. O que tinha acabado de acontecer? Aquele, provavelmente, seria o filho da tia.... seria o meu primo?

Eu decidi voltar para a sala... sentei na mesa, ainda pensando em tudo o que havia acontecido... passou-se alguns minutos e eu ouvi o barulho de uma porta se abrindo 


Tae- Melhorou? *ele fala se sentando na mesa, logo a minha frente*

- S-Sim... *sorri*

Tae- Então... quem é você?

- Como eu falei antes... meu nome é Hyuna

Tae- Como você veio parar aqui?

- Bem... graças ao emprego do meu pai, eu tive que me mudar... então eu estou aqui, na casa da minha Tia

Tae- Acho que agora eu entendi *ele se levanta e vem até a minha frente* Se levante

- E-Eh? Ok....


Eu fiz o que ele falou.... ele era bem maior que eu, mas o mesmo ficou apenas me observando... colocou seu dedo na sua bochecha, fazendo um bico com a boca (até que é fofo)


- O-O que foi? *falei preocupada e nervosa*

Tae- Eu realmente não te conheço... você falou "tia", então você é minha prima?

- Bem... acho que sim, então você... é meu primo? 

Tae- Sim~ *ele sorriu* É um prazer te conhecer *ele estendeu a mão*

- É um praz...-


Quando estendi a minha mão para pegar na dele, o mesmo, me puxou e me envolveu em um abraço 


Tae- Vamos ter uma ótima convivência juntos, priminha~ *a última palavra, ele falou em um tom muito sensual*

- O-Ok... *meu coração começou a bater aceleradamente*


Ele me soltou  e perguntou se eu queria algo para comer, eu disse que sim... afinal, minha vida é resumida nisso. Eu fui para o sofá e liguei a televisão.... não estava passando nada de interessante, mas pelo menos, ajudava a diminuir o nervosismo 

Eu estava distraída pensando no tempo, até que senti uma força do meu lado


Tae- Eu fiz ramen, você quer? *ele me oferece um garfo*

- Sim, obrigada *sorri*


Eu e ele comemos na panela mesmo... fiquei me perguntando se aquilo não estava quente demais para ele segurar... mas ja que ele não estava reclamando, fazer o que né


Tae- Ei~ *ele me chama*

- Hm? O que foi?

Tae- Você realmente gosta desse tipo de programa? *ele fala olhando pra TV*

- Ah... não gosto não....

Tae- Então por que você está assistindo isso? *ele olha para mim, com expressão de não havia entendido*

- Eu não gosto de ficar no silêncio... então eu apenas liguei, mas estou sem o mínimo interesse

Tae- Você sabe jogar no Xbox?

- Mas é claro!

Tae- SÉRIO?! Tem uma fase no Mortal Kombat que eu não consigo passar... e é em dupla, você pode me ajudar?

- Sim! *sorri*


Mudamos de canal e então ligamos o Xbox... colocamos o jogo e então começamos a jogar, a fase que o Tae estava era muito difícil! Mas conseguimos vencer... avançamos para outras fases, chegando na fase final


Tae- Última fase... vamos nessa!

- Fighting!


Começou... estava bem difícil e, se não conseguíssemos ganhar, voltariamos tudo do início. Mas, FELIZMENTE, conseguimos ganhar


Tae- Nós conseguimos....

- Sim....

Tae- NÓS CONSEGUIMOS! *ele pulou em cima de mim e me abraçou* Obrigado! Eu nunca iria conseguir se você não estivesse aqui! *ele sorri*

- "Graças a nós dois", é melhor assim, ok? *eu retribui o abraço*

Tae- Claro 

Juri- Ora, ora... ja estão se dando muito bem não é?

- T-Tia?! *eu tomei um susto ao me virar para trás, então me afastei rapidamente de Tae*

Tae- Mãe? Quando a senhora chegou aqui? 

Juri- Como assim "que horas"? Estavam tão concentrados ai que nem perceberam que eu havia aberto o porta? *ela riu*

Tae- Quando você fez isso? *ele riu também*


Vendo eles dois sorrirem, eu acabei fazendo o mesmo...até que a Tia começou a falar


Juri- Tae... você se esqueceu que havia combinado com seu amigo, de você ir para a casa dele hoje, para fazer um trabalho?

Tae- EITA! É MESMO! *ele se levanta rapidamente* Eu me esqueci!

Juri- Ainda bem que eu te lembrei viu... você deveria se apressar, falta pouco tempo para vocês se encontrarem

Tae- OBRIGADO MÃE! *ele saiu correndo para dentro do quarto*

Juri- E agora... eu vou tomar um banho e ir dormir... Hyuna *ela me chama, olhando para mim*

- Hm?

Juri- Você vai dormir esse tempo junto com o seu primo... 

- Ah... ok... PERA, QUE?!

Juri- Exatamente o que você ouviu

- M-MAS POR QUÊ?! *perguntei surpreendida*

Juri- Não tem espaço no meu quarto... então não tem como você dormir la

- Mesmo assim... isso é um pouco repentino demais....

Juri- Se você não quiser, pode dormir em cima do sofá *ela riu*

- Ah.... *suspirei* a senhora é muito malvada as vezes...

Juri- Hehe, eu sei~


Ela se retirou da sala, eu me sentei no sofá... e esperei o Tae para me despedir dele. Passou-se alguns minutos... então ele saiu de dentro do quarto e foi até porta, onde eu o segui


- Até mais *falo sorrindo e encostando na porta*

Tae- Até mais 


Ele me puxa pela cintura e me da um beijo na testa, fazendo meu coração acelerar e meu rosto corar levemente


Tae- Até depois, priminha *ele pisca para mim e sai*


Eu apenas fecho a porta, pego as minhas coisas e vou para o meu quarto.... apenas joguei as malas ao lado de uma cama e me joguei na mesma.

Meu coração estava acelerado... e a minha respiração também, por que aquele simples beijo na testa, me deixou assim? Eu não estava entendendo


- Eu não entendo.... mas é muito bom *sorri*


Acabei dormindo


~No outro dia~


Eu acordei, fiz a minha higiene e sai do quarto... pelo visto, não havia ninguém na casa... eu encontrei um bilhetinho da Juri em cima da mesa:


Juri: Bom dia, Hyuna~ Como você está? Acordou bem? Espero que sim... kkkk. Enfim, eu queria dizer que hoje eu vou chegar bem tarde em casa... (talvez nem volte hoje). Eu deixei comida pronta para você dentro da geladeira... basta esquentar, era so isso mesmo~ Beijos

Ps: Espere o Tae, ok? E se puder, divida a sua comida com ele~ Tchau


Bem... era apenas mais um final de semana comum, então eu entrei dentro do quarto e, fiquei la até anoitecer


~De noite~


Eu decidi ir até a sala para esperar o Tae... o tempo se passou, mas ele não havia chegado


- Ah... quanto tempo ele ainda vai demorar? Hm... acho que vou tomar um banho 


Me levantei e fui até o quarto, havia um banheiro la dentro, então eu tomei banho ali mesmo. Depois do banho, eu fui me vestir no quarto mesmo... enquanto eu colocava o sutiã, percebi que o mesmo não fechava no segundo botão (N/T: Meninas vão entender...)


- Ah... isso de novo? Aish... que chato~ *fiz bico, me olhando no espelho*


Bem.... eu nunca fui de achar meu corpo muito bom... mas a maioria das meninas tem inveja de mim. "Você tem seios tão grandes... e também sua bunda..." Bem, eu ja ouvi muitos comentários assim... e também, por causa disso, eu consigo sentir muitos olhares de garotos em mim... além de outras coisas... ah... melhor não lembrar disso. Esses são alguns dos motivos para eu não gostar do jeito que eu sou


Alguém abre a porta


Tae- Cheguei~ priminh...- 

- BATA NA PORTA ANTES DE ENTRAR! *joguei um travesseiro nele, fazendo-o ficar calado*


Ele deu alguns passos para trás, sendo o suficiente para eu fechar a porta na sua cara


Tae- Ei! Hyuna! Abra a porta~ por favor *ele bate na porta*

- Não! *falei gritando* Não ouse entrar aqui até eu falar que pode! 


Após eu ter falado tal coisa... não ouvi mais barulhos vindo da porta... então supuz que ele havia ido embora. Eu acho que eu fiquei arrependida depois de ter feito isso... o nível de nervorsismo me atacou... não por ele ter entrado de repente (isso também) mas... não queria que ele me visse daquele jeito.

Eu vesti uma blusa grande (do meu pai) pois, não estava encontrando o meu pijama... então sentei na cama e fiquei esperando o Tae aparecer, o que não aconteceu.

Ja que ele não estava aparecendo, decidi sair do quarto para procurá-lo. Quando cheguei na sala... vi ele deitado no sofá, provavelmente dormindo.


- Tae... *chamei ele e o balancei* Vamos... você tem que dormir dentro to quarto

Tae- Nyaa...~ Me ajude a levantar~

- Ah... *suspirei* Você não tem jeito *ri*


Eu o ajudei a levantar, colocando um de seus braços apoiado no meu ombro, assim, levando-o até a sua cama. Eu o deitei la, pretendia voltar para minha cama.... mas o mesmo me puxou, colocando seu braço por cima de mim, impedindo que eu saísse.


- T-Tae?! *falei um pouco corada*

Tae- O que....? *ele fala com voz de sono*

- Eu preciso voltar para minha cama....

Tae- Você não pode! *ele me apertou mais* Vai ficar comigo hoje...


Eu não sei o porque... mas eu decidi perguntar para ele


- Tae....

Tae- Hm?

- Por que você não voltou mais para o quarto depois daquela hora?

Tae- Você falou que não era para eu entrar até falar que podia.... eu apenas esperei....


Quando ele falou isso... senti meu coração palpitar e meu corpo inteiro, ficar relaxado ao seu lado


- Entendi *sorri e o abracei o mais forte possível*











Notas Finais


Espero que tenham se divertido :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...