História Meu querido professor! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Enzo, Hayley Marshall, Jenna Sommers, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Lexi Branson, Malachai "Kai" Parker, Marcellus "Marcel" Gerard, Matt Donovan, Olivia "Liv" Parker, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Tags Amigos, Amor, Aventura, Damon, Decisões, Medo, Paixão, Sexo, Vida, Yanna
Visualizações 41
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Agradeço os favoritos e os comentários, espero que vocês gostem desse capítulo e desculpe algum erro, beijos ate as notas finais! ❤😘

Capítulo 7 - Medo!


Fanfic / Fanfiction Meu querido professor! - Capítulo 7 - Medo!

Pov Yanna.

Quando acordei estava em um lugar diferente e minha cabeça doía muito, estava tudo escuro meus olhos eram tapados por um pano preto e eu so conseguir escutar a voz de uma pessoa...

- tirem o pano do rosto dela- fala a pessoa.

Eles tiram e eu sinto meus olhos lacrimejarem, meu corpo falhar e lágrimas escorrerem por meus olhos.

- Mãe por que? O que eu te fiz?- perguntei tentando me soltar.

- vocês ja sabem o que fazer torturem ela e a meia noite Mason ela é toda sua de todas as formas-  ela sorri maldoso e sai.

- NÃO POR FAVOR... NÃO FAZ ISSO COMIGO! 

Levo uma tapa no rosto e caio deitada na cama, Mason tira minha calça e eu tento bater nele e o mesmo prende minhas mãos na cabeceira da cama ele passa o canivente em minha pernas e eu gritei em desespero..

- você pode gritar o quanto quiser ninguém vai te ouvir-  ele fala e as lágrimas caíram..

Ele me vira de costas batendo fortemente em minha bunda e eu apenas abafei os gritos nos travesseiros, não queria apanhar no rosto de novo e muito menos ser morta, eu so queria morrer... Se for pra ser magoada que me matem! 

- NÃO faz isso com ela- fala meu pai e eu sento na cama.

- PAI ME AJUDA, ME TIRA DAQUI!- pedi e Mason bate em meu rosto de novo.

Meu pai entra no quarto e quando vem me soltar apenas escuto dois tiros e eles acertam meu pai que cai morto no chão. 

- NÃO. .. NÃO-  gritei desesperada. 

Arrastaram o corpo dele para longe e o Mason me joga na cama ficando no meio de minhas pernas.

°°¬°°

Pov Caroline..

Achei estranho Yanna não entrar olhei para Lena que me olhou desconfiada e o que pensamos ser não era, Damon entra na sala e quando vê a banca de Yanna vazia me encara cconfuso. Ele da a aula dele e depois de uns tempos a aula acaba..

Pov Damon.

Assim que cheguei em casa vesti uma camisa social preta e uma calça jeans preta, minhas botas e fui almoçar, Stefan tinha ido ora casa de Elena! Peguei um localizador e digitei o número de Yanna e obteve uma resposta estranha! Uma casa no meio do nada toda velha que era no mínimo cinco horas daqui,  pego as chaves do carro e entro no mesmo dirijo rápido demais, nem parecia que pra mim era so uma adolescente. 

Quando chego são exatamente quase seis horas saio do carro e escuto alguem gritando..

- PARA ISSO MACHUCA.. ALGUEM ME AJUDAA. 

Essa voz é da Yanna, adentrei a casa sem querer saber o que estava ali, entro e me deparo com a mãe dela sorrindo feito uma louca, dois homens me pegam pelo braço e me levam ate o quarto dela e a mesma tinha o rosto roxo, a perna cortada e seus olhos lacrimejaram..

- isso vai ser bom- fala Jennifer. 

Olhei para ela com nojo e os capangas dela me solta.

- você senhor Salvatore vai fazer uma coisa se quiser tirar ela daqui-  fala Jennifer.

- o que seria?'- perguntei. 

- você vai estuprar a sua queridinha aluna- fala Jennifer.

Olhei para Yanna que balança a cabeça negativamente a blusa dela estava rasgada e a calça dela no chão. 

- vamos logo- ela fala com uma arma em minha cabeça.

Respiro fundo e fico no meio das pernas de Yanna que começou a chorar aquilo... Desci e fui beijando o pescoço dela ate subir em seu ouvido.

- vai ficar tudo bem- falo soltando ela. 

A mesma continuou imóvel e eu tiro do meu bolso uma arma e atiro num capanga eu sei que seria eu contra outros.

- seu idiota- grita Jennifer sacando uma arma e atira em mim so que eu desvio.

Pov Yanna.

Peguei minha calça e mesmo com medo e fraca coloquei, vendo tiros para todos os lados vejo que Damon matou todos os capangas e quando ele pensa que estava livre um capanga aparece e atira nele e o mesmo cai no chão. .

- NÃO-  gritei indo ate ele.

Toquei no pulso dele e não tinha batimentos.

- não,  não.  Você não pode morrer- falo e pego a arma.

Olho para o capanga e atiro nele e nisso chegam policiais e Stefan leva seu irmão para o hispotal e me leva também! 

Continuaa!


Notas Finais


Gostaram?
Ate o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...