História Meu Querido Servo - Yaoi - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~GretaHouse

Postado
Categorias Originais
Tags Yaoi
Exibições 305
Palavras 297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi Gente essa é minha primeira fanfic e que é tudo eventado e se tiver algum erro de pt me perdoem

Capítulo 1 - Prólogo


No interior da floresta, se encontrava Scoot deitado encima de uma árvore. O assassino estava entediado e quando viu passear um garoto loiro acompanhado de uma raposa pouco pensou e logo decidiu matá-lo. Seu sadismo interior implorava por sangue e há dias não havia feito nem uma vítima.

― E aí garoto? Para onde vai? ― Pergunta Scoot com a intenção de brincar com a comida antes de devorá-la. ―Conheço aqui melhor que ninguém, podendo oferecer um atalho.

O menino para, mas não responde. Esse ato faz a borbulhar a fúria Scoot que rapidamente desce da árvore e o ataca com a intenção de desferir um soco.

O moreno é bloqueado pelo outro que lhe acerta um chute fazendo com que caia no chão.

―Não sou obrigado a responder ninguém. ―Diz o loiro ferozmente.  Scoot, porém não é um bandido qualquer e logo se levanta. Ele vê seu adversário prestes a disparar uma flecha.

Com um sorriso felino, ele impede o ataque cortando a flecha ao meio. E cerca de segundos depois ele tem o garoto encostado em uma árvore com uma katana na garganta e os olhos fechados.

Assim como planejado. Ou quase, pois o assassino não conseguia sentir o medo, apenas a resignação da morte.

Isso era interessante!

Afasta-se brusco do garoto que sai da árvore e o olha firme.

― Espera você não vai me matar?― Indaga soando incrédulo.

― E por que mataria? Eu gostei de você. ― Responde Scoot guardando a katana.

O loiro olha surpreso e se curva, deixando seu atacante um pouco confuso.

― O que você está fazendo?

―Na minha terra se o vencedor não matar o perdedor, este último vira seu servo.

―O seu povo é estranho. ―Responde pensando na ideia de ter um lacaio.

―Eu concordo mestre. 


Notas Finais


Aqui fala a co-autora, estarei ajustando os capítulos, espero que aprovem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...