História Meu "ruivo" pervertido - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Exibições 72
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - A foto


Fanfic / Fanfiction Meu "ruivo" pervertido - Capítulo 19 - A foto

Rosalya e Alexy me arrastaram por várias lojas até encontrarem um vestido preto para mim em que eu me sentisse confortável. Conversando bastante durante esse tempo.

 

 

Voltamos para a escola cansados depois de fazermos tantas compras e eles foram para o dormitório. Castiel estava no saguão cochilando. Me aproximei dele vagarosamente e ele me puxou para cima dele.

 

– Me fez esperar muito.

 

– Foi mal...

 

– Onde estava?

 

– Procurando um vestido com a Rosa e o Alexy.

 

– Para a festa, amanhã, certo?

 

– Sim.

 

– Entendi – tentei sair de cima dele, só que ele me puxou de volta – Eu te disse que estava entediado.

 

– E daí?

 

– Quer mesmo saber?

 

– Eu tenho 16!

 

– E eu 17.

 

– Castiel... Nem namoramos.

 

– Eu preciso namorar para fazer isso? – ele sorriu.

 

– Você é mesmo idiota.

 

– Se não quisesse também, já teria me batido.

 

– Eu te odeio.

 

– Eu sei.

 

– Posso ir para o meu quarto? – perguntei.

 

– Não.

 

– Abaixa essa camisa pelo menos – falei desviando o olhar do corpo dele.

 

– Ah não. Ta muito calor.

 

– Anda logo – falei impaciente – Eu vou pro meu quarto.

 

– Ah mas não vai.

 

– Fala logo o que você quer.

 

– Você sabe.

 

– Já falei não – ele colocou as mãos na minha cintura e foi levantando minha blusa – Dá pra parar?

 

– Você é chata... – ele finalmente me deixou sair e eu me levantei.

 

– Isso é um saguão, não um motel.

 

– São 2 horas, já teve o toque de recolher. Ninguém virá aqui.

 

– Outro dia.

 

– Sério?

 

– Sim. Eu te levo pra minha casa.

 

– Fernanda?

 

– Você que pediu – falei percebendo o que eu estava dizendo – E-esquece...

 

– Espera – ele segurou meu braço – A proposta é séria?

 

– Nem namoramos ainda...

 

– Você e Nathaniel já...

 

– NÃO PRECISA LEMBRAR – acabei gritando.

 

– Toquei no ponto fraco? – ele disse rindo e eu me irritei. Levantei a mão para dar um tapa nele, mas ele segurou – Foi mal.

 

– Você pede desculpa, depois de ser um idiota?

 

– Não posso?

 

– Poder pode, mas...

 

– Eu vou dormir – ele se levantou – Quer um beijo de despedida? – ele perguntou rindo e meu rosto ficou vermelho – Não precisa ficar assim – ele se curvou na minha direção e me beijou rapidamente – Não vou deixar as coisas fáceis, anã – ele sussurrou no meu ouvido e foi em direção ao dormitório masculino.

 

– IDIOTA – gritei e ele olhou para mim abrindo um sorriso.

 

Voltei para o meu quarto e me deitei na cama ainda com raiva dele. Rosalya e Lisa estavam conversando sobre uma tal série "Supernatural". Fingi estar dormindo para não ter que falar com elas.

 

 

***

 

 

Acordamos mais cedo do que o de costume no dia seguinte e fomos até o ginásio arrumar a decoração. Estava estranhando Castiel ainda não ter vindo me perturbar.

 

– Nanda, o bolo – Rosalya falou.

 

– Eu vou pegar – falei.

 

– Rápido.

 

– Relaxa, vou pegar a moto do Castiel.

 

– Ok.

 

Fui até o quarto de Castiel pedir as chaves da moto, mas ele estava jogado na cama dormindo. Hesitei algumas vezes antes de acordar ele.

 

– ACORDA – gritei e ele abriu os olhos sem vontade.

 

– Ah, você, é com você mesmo que eu quero falar – ele se sentou na cama ainda sonolento.

 

– Pode falar depois?

 

– Não. Me explica isso – ele pegou uma foto dentro do bolso dele. Havia eu e Nathaniel dormindo no acampamento do ano anterior (foto nas notas finais)

 

– Isso foi ano passado, se não sabe – falei – E eu era namorada dele.

 

– Por que ele ainda tem isso?

 

– Eu vou saber?

 

– Você anda falando com ele, não?

 

– Castiel, é só uma foto que a Rosalya tirou – falei.

 

– E POR QUE NÃO JOGOU FORA? – ele gritou.

 

– Você tá bem?

 

– Esquece, pega a chave e não volta aqui – ele jogou a foto na minha cara e se cobriu novamente.

 

Peguei a chave da moto e saí do quarto sem falar mais nada. Guardei a foto no bolso da minha blusa e peguei a moto.

 

Fui até a confeitaria sem muita enrolação e logo voltei para escola. O pessoal já havia acordado e estavam todos ajudando na decoração. Alexy, Armin e Nathaniel já haviam montado a mesa do DJ, Rosalya e Lisa estavam na cozinha fazendo os petiscos, Kim, Violette e Íris estavam arrumando as mesas, Lysandre e Charles estavam trazendo o material de som e Kentin estava montando o palco com ajuda de alguns alunos do terceiro ano.

 

Fui até a cozinha deixar o bolo com elas e fiquei observando-as fazerem os petiscos.

 

– Precisam de ajuda?

 

– Da última vez que tentou fazer comida a panela explodiu – Rosalya falou.

 

– Por que não ajuda os garotos com o material de som? Você é forte, acho que vai ajudar melhor – Lisa falou sem tirar os olhos da massa.

 

– Ta bom... – saí da cozinha e fui até o pátio.

 

Lysandre e Charles carregavam algumas caixas com instrumentos. Me aproximei deles.

 

– Precisam de ajuda?

 

– Fernanda? – Lysandre disse surpreso.

 

– Eu?

 

– O que à traz aqui? – ele continuou confuso

 

– Eu acabei de oferecer ajuda.

 

– Sério? Sinto muito, eu estava distraído.

 

– Lysandre, você pode levar essa caixa sozinho? – Charles perguntou.

 

– Ah, claro.

 

– Fernanda, vem comigo – segui Charles até o porão. Haviam ainda várias caixas ali para levarmos para o ginásio – Pode levar aquela caixa de fios? – ele perguntou e eu a peguei do chão – Castiel está exagerando, não está? – ele perguntou enquanto pegava uma caixa com algumas partes da bateria.

 

– Um pouco... Ele deu um escândalo por causa de uma foto do ano passado.

 

– Você e Nathaniel dormindo juntos?

 

– É.

 

– Eu lembro desse dia – ele riu – Rosalya tirou várias fotos escondidas.

 

– Que?!

 

– Ops... – ele sorriu – Castiel logo vai ficar bem, ele só está com ciúmes.

 

– Eu espero... – levamos as caixas até o ginásio.

 

Fizemos mais 3 viagens com as caixas, até esvaziarmos o porão. Quando acabamos eu resolvi ir falar com Alexy. Os meninos já haviam terminado de montar a mesa e estavam sentados no chão, conversando.

 

– Olá – falei me sentando do lado de Alexy.

 

– Já terminaram de trazer as caixas?

 

– Sim.

 

– Teremos que montar os instrumentos depois que terminarem de montar o palco – Nathaniel falou.

 

– Que saco! – Armin falou – Por que eu aceitei isso?

 

– Vai ter comida depois, relaxa – Alexy falou.

 

– Onde está o Castiel? – Armin perguntou.

 

– Dormindo.

 

– Aquele idiota, nem ajuda a namorada – Nathaniel falou.

 

– Não sou namorada dele.

 

– Achei que eram – Alexy falou surpreso.

 

– Pra falar a verdade, ele está irritado por cauda de uma foto – falei.

 

– Que foto?

 

– Essa foto – tirei a foto do meu bolso e joguei no meio da roda.

 

– Mas... Não é do ano passado? – Armin perguntou.

 

– Fala isso pro Castiel – falei me deitando na perna de Alexy.

 

– Onde ele conseguiu essa foto? – Nathaniel perguntou.

 

– Rosalya tirou várias fotos escondidas de nós dois – falei.

 

– Ah, entendi.

 

– Quer ficar com ela?

 

– Pode ser – Nathaniel falou guardando a foto no bolso da calça.

 

– Você não vai falar com Castiel? – Alexy perguntou enquanto brincava com meu cabelo.

 

– Pra que? Ele tem sido um idiota.

 

– Mesmo assim.

 

– Eu falo com ele na festa. Não estou com paciência para ouvir os gritos dele.

 

– Como quiser... 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...