História Meu segredo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Menção Jikook, Menção Vkook, Namjin, Sugahope, Sugamin, Taegi, Vsuga, Yoonmin, Yoonseok
Exibições 92
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ANTES DE QUALQUER COISA SÓ QUERIA AGRADECER PELOS 30 FAVS <3

Okey, outra coisa é que eu não gostei muito desse capítulo. Achei um pouco forçado e sem informação.... e pequeno

Sorry pela demora.

Revelem os erros e Boa Leitura ~

Capítulo 6 - "Taehyung me beijou."


6.

Não acredito nisso! Não podia...  tinha tudo para dar certo! Mas ele foi lá, pegou meus sentimentos, amassou e jogou no lixo!

Não aguentei respirar o mesmo ar de Taehyung e saí do cômodo. Abri a porta e dei de cara com Suga Hyung, mas não queria falar com ele. Precisava de um momento para tentar pensar nisso tudo! Saí correndo de lá com os olhos já com a vista turva de lágrimas e fui porta a fora do dormitório. Só queria achar um buraco e nunca mais sair de lá. O que não foi possível já que trombei com alguém.

- Aí... - Resmungo com um pouco de dificuldade por causa do choro.

- Jungkookie?

- J-Jimin?!

- O que aconteceu? Por que está chorando?

Não respondi, apenas o abracei. Só precisava de um pouco de carinho.

- Calma. - Jimin disse baixinho enquanto fazia um carinho nos meus cabelos - Vem!

Ele me puxa pelo punho e me leva para o telhado. Estava de noite, deu para ver o céu cheio de estrelas. A lua estava cheia, grande e brilhante. Linda!

- Costumo vir aqui para pensar. - Jimin olhava atentamente o céu - Me acalma e espero te acalmar também. - Agora Jimin me encarava com seu lindo sorriso que fazia com que seus olhos virassem risquinhos.

É, conseguiu! De alguma forma, aquilo me acalmava. Inspirei o ar e o soltei dando um mini sorriso. Andei até a grade e me apoiei. Jimin veio ao meu alcançe.

- Então, o que aconteceu?

Parei um pouco e segurei a vontade de chorar. Fiquei em silêncio na dúvida se contava ou não a Jimin. Não conseguiria segurar  aquilo por muito tempo e também, Jimin sempre me ajudou.

- Olha,  se não quiser contar eu...

- Não, tudo bem. Eu conto.

Houve um silêncio. Jimin apenas esperava uma minha resposta. Dei um longo suspiro, eu não iria chorar. Olhei-o nos olhos.

- Taehyung me beijou.

Apoiei minha cabeça na minha mão e tentei - ao menos - dar um sorriso forçado, mas saiu mais como um sorriso triste. Jimin me olhava com um olhar totalmente surpreso. Qual seria sua reação?

- E...  o que aconteceu? Você não gostava dele?
(N/A: Mas que pergunta mais idiota. O garoto tá chorando cara... chorando!!!)

- É, eu gostava. Ele foi um idiota comigo. - Desviei meu olhar do dele.

- O que ele fez?

- Me enganou. Iludiu. Brincou comigo. Chame do que quiser. - Já estava começando a ficar irritado. Tudo que sentia agora, era raiva. Taehyung não merece minhas lágrimas.

- Como?

- Taehyung não sente nada por mim! Não ultrapassa da linha de amizade (N/A: Cof Cof Friendzone Cof Cof). Me beijou por pura luxúria e desejo. - Cospia as palavras com raiva e um pouco de mágoa. Suspirei. - O pior nem é isso. Ele não me contou! Fingiu que nunca tinha acontecido!

Jimin cerrou seus punhos.

- Por isso estava chorando?

- Não. Conseguiu ser pior...

~FlashBack~

Tínhamos acabado de chegar de viagem. Estava feliz, pois havia lembrado, perante a viajem, do beijo que Taehyung me derá. Não sei o que houve na festa, mas Taehyung pareceu corresponder meus sentimentos.

Fui até o quarto da causa de minha euforia e bati a porta. Ouço um entre é o faço. Tae estava jogado em sua cama mexendo no celular. Suas malas abertas e suas roupas espalhadas.

- Oh, Jungkookie! 'Que foi?  - Tae me encara por uns segundos e volta sua atenção ao celular.

- Uh...  eu queria falar com você sobre algo. - Me aproximo. Tae se mexe ficando numa posição melhor e me dando espaço para sentar.

- E o que seria?  - Ele deixa seu celular de lado.

- Sabe Tae...  Eu me lembrei de uma coisa que rolou na festa. -  Abaixei a cabeça encarando a fronha da cama como se fosse a coisa mais interessante do universo.

- Lembrou é?  - Parecia nervoso - E lembrou de que?

Respirei fundo tomando coragem e o olhei.

- Disso. - Me inclinei e o puxei pelo ombro nos aproximando. Rapidamente tomei seus lábios para mim. Foi apenas um selar já que Taehyung não me deixou aprofunda-lo. Me empurrou com certa força nos afastando e levantado.

- O que você está fazendo?  -  Tae estaca um pouco nervoso e surpreso. Talvez com raiva, mas não me abalei com isso.

- Quando me beijou naquela festa, entendi que gosta de mim. Então, vim lhe dar uma resposta. - me levantei e fui em sua direção ficando a um braço de distância - Eu te amo, Tae.

- Aí meu Deus...  - Tae falou baixo. Como um sussurro - Olha, kookie, desculpa mas... Não posso corresponder seus sentimentos.

Fiquei estático. Como assim não pode? Então por que ele me beijou? Eu estou confuso.

- Que? Eu não... Porque você...

- Eu não sei! - Ele bufou de frustração e coçou a nuca em um sinal de desconforto - Olha  eu estava bêbado! Foi um acidente!

Acidente? Me beijar foi um acidente? Me iludir?  Tudo isso foi um acidente?

Acidente foi eu. Por ter conhecido e me apaixonado por ele.

- Jung...Kook? -  Tae estava com a mão na bochecha e os olhos arregalados.

Quando vi, estava com a mão levantada.  Espera. Eu... Eu bati no Tae? Sim,  eu bati nele, mas, ele... ele mereceu, né?

- SE FOSSE POR ISSO, PREFERIA TER MOFADO NAQUELE SOFÁ!

-  Eu...

- E AGORA,  DEPOIS DA SUA MANCADA, EU TENHO QUE SOFRER?

- Jeon eu...

- NÃO ME CHAME ASSIM!  Aproveite Taehyung e SOME DA MINHA VIDA!

~FlashBack~

- E foi isso.

Jimin parecia querer arrancar sangue de suas mãos de tanto que as apertavas. Pensei que ele sairia correndo atrás do Taehyung e batesse nele ou até mesmo me xingar e brigar comigo por ter batido no Taehyung - eu me arrependo disso -. Mas no final, ele desfez Deus punhos e me encarou com um sorriso. Não sabia o que viria a seguir, mas, num ato de surpresa, ele me puxou pelo braço e me abraçou. Fazendo um carinho em meus cabelos, Jimin deu um beijo nos mesmos.

- Taehyung é mesmo um idiota. Desculpa Kook. - ele se afastou e me encarou - Deveria ter ficado ao seu lado naquele dia. Estou me culpando agora.  Se não fosse por isso você...

Tapei sua boca com meus dedos e lhe dei um sorriso. Dessa vez, sincero.

- Obrigado, Jimin.

¬///¬

- Tae?  O que aconteceu?

- Longa história hyung...


Notas Finais


E foi isso que aconteceu :'3
Deu até pena :'3

Sorry pela demora. Foi por pura preguiça de pegar meu caderno, um lápis e escrever >^<

Nem eu sei o que me espera no próximo, mas de uma coisa é certeira : A TRETA TÁ FORMADA!!

Beiju e até o próximo ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...