História Meu segundo amor... - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~Bruninhexx

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais, Plagg, Tikki
Tags Adrienette, Ladrien, Ladynoir, Marichat, Miraculous
Exibições 43
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, sorry, eu dormi a tarde toda! Mas eu vou postar esse agora e a Loka mais tarde!, bjs #Bruni_Postando

Capítulo 17 - Um pulo no passado


Fanfic / Fanfiction Meu segundo amor... - Capítulo 17 - Um pulo no passado

Pov's Bruna

Eu não acredito que vou ter que contar essa história toda de novo... ok, lá vai...

- Então... foi assim:

Eu estava namorando fazia um ano e eu fui fazer uma surpresa na casa do meu namorado, só que eu cheguei pela porta do fundo e vi ele beijando uma menina, se não me engano, seu nome era Bianca, e eu nunca mais voltei para lá e quando cheguei em casa fiquei chorando por uma semana, até que nos mudamos para cá

- é......... issoo...... foi..... muito........... triste....... - dizia minha irmã enquanto comia pipoca - vc não tá chorando já é um avanço!

- vc comprou pipoca tbm? - eu pergunto

- ouvir essa história é a mesma coisa de ir ao cinema, mesmo sendo curta

- tá - pego o balde de pipoca dela e começo a comer também

- EI! - ela me olha com uma cara feia

- vc não acha que já comeu demais? - eu olho para ela com uma cara assustadora, terrivelmente assustadora que meus olhos ficaram vermelhos

- t-t-t-t-t-t-t-tá bom, p-p-p-p-p-pode comer!

- nossa, vc sabe ser assustadora quando precisa - disse a Alya tremendo de medo, junto com os outros

- nossa, vc não viu nada, desde que ela ganhou os mir - antes dela terminar de falar eu dou um pulo para cima dela e tampo sua boca, ela caiu no chão e eu tbm - errrr... quer dizer... desde que ela... veio para cá! *sussurrando: vc acha que eles perceberam?* - eu não respondo, só balanço a cabeça negativamente enquanto coloco a mão na testa e fecho os olhos

- poxa... - faço um olhar triste enquanto olho pro chão

- q foi? - a Mari pergunta

- a pipoca... - eu aponto para a pipoca que estava caída no chão - vamos lá comprar outra? a gente pode ir no shopping também!

- ótima ideia! - disseram as meninas, os meninos só fizeram um olhar indiferente

- tá... - os meninos falaram com um ar desanimado - mas bem rápido!

Caminhamos até o shopping rindo, conversando e contando piadas até que chegamos no shopping, mas já estava tarde, então o Adrien chamou a limousine dele e a gente chamou a nossa, a nossa era 2x maior que a dele e ficaram impressionados. Nathalie estava na limousine do Adrein, quando ela saiu de lá e nos viu, ela deixou a prancheta cair e arregalou os olhos

- o-olá, senhoritas Agreste! - demos um sorriso - quando chegaram aqui? a mãe de vcs está aqui tbm? - a Serena fez um olhar nervoso, que a assustou - vamos Adrien!

ele saiu e então nós chamamos as meninas para fazer uma festa do pijama, o Nino também estava lá e então falamos para ele chamar o Adrien depois. entramos na limousine e todos foram para suas casas. ainda no caminho, a Serena me perguntou:

- eu sei pq vc não chorou, é pq tu tá apaixonada né? - ela sabe que não pode me intimidar

- não. - eu falo bem claro e sem gaguejar, eu a convenci mas acho que não convenci a mim mesma

Chegamos em casa e depois de algumas horas as meninas e os meninos chegaram, nós fomos para o meu quarto e até a Loka ficou deslumbrada

- não lembrava que seu quarto era assim...

- mas vc nem entra no meu quarto mesmo, né, então... - dei de ombros - eu vou colocar meu pijama!

fui ao banheiro e coloquei meu pijama, era uma camisola rosa da mesma cor da minha blusa casual e cheia de detalhes

- como estou? - cheguei e percebi que o Enzo o Lucas e o Nath também estavam- quem convidou vcs?

- o Nino! - responde o Nath e eu olho para o Nino com aquele mesmo olhar de morte, ele arrepia todo

- olha, e-e-e-e-e-e-e-eu achei que n-n-n-n-n-não tinha problema! - ele diz gaguejando tipo assim, muito!

- e não tem, só podia ter avisado para a gente antes, né?! - a Loka diz com o mesmo olhar que o meu - tá, vamos brincar de verdade ou desafio? - concordamos com a cabeça e sentamos em roda

- deu Loka para a Bruna - diz a Mari

- verdade ou desafio?

- verdade!

- é verdade que vc tá gostando de alguém? - todos me olham mas eu continuo calma

- sim. - falo friamente

- ah eu sabia! quem é o sortudo? - a Alya perguntou e todos me olham de novo

- a pergunta já passou. - digo mais friamente ainda - eu rodo! - rodei e deu - eu pergunto para a Alya!

- eu escolho desafio - eu sorrio para ela arrepiantemente (Bruna: essa palavra existe? / Loka: não sei!)

- te desafio a beijar o Nino e postar no Ladyblog - digo pegando meu celular e colocando para gravar - se não vai ter que pagar uma consequencia muito pior!

 - t-tá b-b-b-om! - ela beija ele e eu posto no Blog dela - satisfeita? - ela diz e depois roda a garrafa - mari pergunta para... o Lucas

- verdade ou desafio?

- desafio!

- eu te desafio a contar por que vc traiu a Bruna! - Nath e Enzo olham para mim - vcs não estavam lá quando eu contei

- e-e-eu não trai ninguém! - eu olho para ele com um olhar de fúria, levanto da roda e

- eu vou pegar alguma coisa para comer. - digo friamente

- levanto e vou até e desço até a sala, mas percebo que minha mãe conversava com alguém e percebo que era meu pai! volto correndo e deito na cama de cara com o travesseiro - acho que não superei isso ainda...

- o que foi, Bruna? - disse Loka preocupada

- o "papai" do Adrien está conversando com a nossa mãe lá na sala - depois disso todos me olham assustados - não acreditam? vão lá ver

- não é isso, pq meu pai tá aqui?

- eu recebi uma carta hoje de manhã, falei para a Loka uma coisa, mas na verdade era outra - ela me olha e senta na cama do meu lado, junto com todos - na carta estava escrito que era para eu me preparar que vamos receber nosso pai e nosso irmão aqui em casa, ou seja, a mansão Agreste agora vai ser essa...

- eu vou morar aqui? qual vai ser me quarto? quando eu vou me mudar? e o Rafael? tá sabendo disso?

- eu não ligo, só sei que não to com vontade de pensar... eu vou... - olho para o Enzo, o Nath e o Lucas - eu vou contar uma coisa para vcs três, mesmo não confiando muito em alguém... - olho para o Lucas - eu sou a Bunny Girl - todos olham para mim assustados, me transformo e pulo da janela - eu preciso ficar sozinha agora - vou pulando bem alto até chegar na torre, onde a Nine sai da minha tiara e entra na minha bolsinha, quando vejo, percebo que uma borboleta preta entra no meu anel que eu tanto amo!

- vejo que vc está triste e chateada com muita gente que te traiu, então vc vai poder se vingar das pessoas, vai agir normalmente e terá o nome de Fille Anonyme, então faça o mal, mas sem deixar que te percebam!

Continua...


Notas Finais


Se tiver algum erro, é pq eu ainda to com sono, vcs sabem, pessoas não raciocinam direito com sono '-'
A Loka vai continuar essa aventura e ninguém vai perceber que a Bruna foi akumatizada, ela vai voltar normalmente para a casa e ainda vai fazer o mal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...