História Meu serial killer - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Princesa_Br

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felps, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellps
Exibições 30
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Lua- Era pra Juh fazer esse cap mais ela sumiu então vamo começar a ter vergonha

Capítulo 6 - Six chapter


         Rafael Lange pov on

   Eu estava em meu quarto ouvindo uma música qualquer, acho que era Bts save me, uma banda que eu amo, sem perceber estava cantando também (chupa eu sei cantar coreano ou sei la de que pais eles são)

  Nan sumswigo sipeo, I bami silheo
Ijen kkaego sipeo, kkumsoji silheo
Nae ane gathyeoseo, nan jugeoisseo
Don't wanna be lonel
Just wanna be yours

Wae iri kkamkkamhan geonji niga oepsneun I goseun
Wiheomhajanha manggajin nae moseup
Guhaejow nal nado nal jabeut su eopseo

(N vou fazer a musica toda, doidera, s eu amo Bts)

Sou interrompido por alguém abrindo a porta...

       Felipe Z pov on

Dou um jeitinho de entrar pela janela e entro no quarto de sua mãe que não estava lá, começo a escutar alguém cantando, era uma voz doce que vinha do quarto de Cellbit, ..... ele estava cantando, ele canta muito bem. Deixo minhas armas na cozinha e fui andando até seu quarto sem fazer nenhum barulhinho sequer,  adentrei a porta onde o mesmo dançava e cantava mas percebeu a o barulho e olhou para a porta com uma cara de assustado em me ver, e tentou falar algo mais não adiantou, ele não sabia oque falar, apenas me aproximei de sua cama onde ele estava em pé segurei seu queixo com um pouco de força

- Porque mentiu? - perguntei

- E-eu - ele tenta falar mas, não teve oque falar e apenas corou e tentou correr para a porta mas não conseguiu

- Nananinanão! Minha putinha não vai escapar, você foi muito malvado - sua cara de medo se tornou de pânico me aproximo de seu ouvido e cochicho - você vai sair sangrando dessa vez - ele empalidece

    Eu o empurro para a cama ficando em cima dele o beijando, ele tenta sair dali mais eu o seguro.

          Rafael Lange pov on

Ai não! E agora? Não posso negar porque pode vir coisa bem pior.

Ele começa a tirar minha blusa, e em seguida passa a mão em meu corpo e eu me arrepio, ele percebe e solta uma risada, ele começa a distribuir chupões e eu solto um pequeno gemido

- Aawn - gemo baixo e ele ri

Ele me olha por um segundo e morde o lábio inferior e ataca meu pescoço mordendo o mesmo e eu gemi mais uma vez

- P-para aawwnn - digo

- Não to com vontade, e eu nem começei e você ja esta gemendo como uma puta - fico calado

Ele para de morder meu pescoço e começa a tirar minha calsa e logo após a sua, vejo seu membro já ereto, e eu coro muito. Ele começa a passar a mão por minhas costas descendo ate minha bunda a apertando

- Anh - gemi mais uma vez e ele retira sua cueca e em seguida a minha

Eu coro um pouco, sem avisar ele começa a me penetrar com força e eu mais uma vez gemo mais dessa vez eu estava quase a chorar mas, eu estava gostando...

Logo depois os gemidos de dor eram gemidos de prazer, eu realmente gemia feito uma verdadeira puta

- Aaawnn - gemidos ficavam cada vez mais altos

- Cellbit eu vou - ele não consegui falar e despejou seu líquido dentro de mim

Ambos estavam suados e muito cansados, me sentei na cama e vi um líquido vermelho nela, olhei para Felipe e ele apenas disse

- Eu te avisei - ele levanta veste suas roupas e sai do quarto

Tento me levantar mas dessa vez eu sentia muita dor muita mesmo. "Rastejo" ate o banheiro e tomo meu banho, me visto e troco meus lençois deito na cama e durmo


Notas Finais


Lua- 0-0
Luna- Q porcaria foi essa Lua?
Lua- Num sei também
Luna- 0-0
Lua- 0-0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...