História Meu Super Babá - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Beadles, Hailee Steinfeld, Justin Bieber, One Direction, Zayn Malik
Personagens Christian Beadles, Hailee Steinfeld, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Hentai, Romance
Visualizações 292
Palavras 2.436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leiam as notas finais!

Boa leitura🍃💓

Capítulo 34 - Capítulo Trinta e Quatro


Fanfic / Fanfiction Meu Super Babá - Capítulo 34 - Capítulo Trinta e Quatro

Entramos no colégio e fomos direto para o auditório. Lá já estava o chato do Rodney e a Carmen, todos os alunos estavam impacientes com a demora.

Entramos e ficamos encostados na parede do fundão.

- Alunos, alunos atenção aqui. - Carmen falou no microfone. - Bom, na parte da tarde terá aula normal, a noite terá umas "brincadeiras". - fez aspas com os dedos. - Então é isso, cada turma pra sua sala. - reviro os olhos. Só isso? Me poupe.

- É a treva.

- Que brincadeiras serão essas a noite em? - Z sorri malicioso.

- Se fosse o que você ta pensando até seria coisa boa. - Ryan lamenta.

- E como seria. - Justin fala olhando pra mim. Levanto a sobrancelha e desvio o olhar sorrindo. Esse homem não tem jeito.

Entramos no fluxo de alunos indo pra suas salas, chegamos na nossa e nos acomodamos nas nossas cadeiras já marcadas.

As aulas foram um completo tédio como sempre, e como eu não teria aula como a velha chata - vulgo Jade- não fui dá um oi pra Carmen novamente.

Finalmente todos os tempos acabaram, saímos da sala e os professores nos acompanhavam como se fossemos crianças. Chegamos até o gramado atrás da escola e vi várias coisas tipo de gincana.

- JOVENS, JOVENS OLHEM AQUI! - Rodney gritou e todos o olhamos. - Nós queremos que todos troquem de roupas e vão a cantina comer algo. As 19hs quero todos aqui de novo, entendido? - ele ficou esperando nós respondemos.

- Sim. - gritaram, mesmo eu.

É até que não ta sendo tão mal, ainda por que eu escutei umas conversinhas ai pela escola que vão aprontar alguma.

Bem feito, nunca coloquei jovens juntos, sempre vai dá merda.

Fico me perguntando onde está Justin, olhei ao redor mais não o encontrei. Dei de ombros e segui em direção aos banheiros.

Nos trocamos no banheiro do colégio e logo depois fomos pra cantina comer. Nós paramos na porta e do nada vi um dos meninos esmurrar a cara do outro. Mas o que?

Os outros também entraram no meio da briga, não estava entendendo nada, mais ficamos paradas vendo aquilo tudo e se você quer saber o Justin e os meninos, sim eles também estavam no meio, um cima do outro igual uns loucos. Céus, isso ta uma zona.

Vi Rodney entrar do outro lado da cantina e sua cara de perplexo quando viu foi até engraçada.

- Parem. - deu um grito firme e todos os meninos pararam do mesmo jeito que estavam, um em cima do outro e machucados - alguns. E alguns com camisas rasgadas. Meu deus. - QUE PALHAÇADA É ESSA AQUI AFINAL? VOCÊS NÃO SABEM SE COMPORTAR COMO GENTE?

- POR QUE? A GENTE É ANIMAL POR ACASO? - Justin retrucou com raiva. - VOCÊS SÃO UNS DEMENTES, ONDE JÁ SE VIU COLOCAR UM MONTE DE ADOLESCENTES DENTRO DE UMA ESCOLA, PERCEBEU QUE ISO NUNCA IRÁ DÁ CERTO? AH MAIS SE NÃO PERCEBEU ESTÁ PERCEBENDO AGORA. - ele saiu da cantina pisando duro.

Nunca o vi daquela forma, falando tão firme e grosso. Mais ele tem razão isso nunca que vai dá certo. Mais o que tinha dado nele?

Eu corri atrás do mesmo, foi difícil alcança-lo, pois minhas pernas ficaram curtas pelo jeito.

- Justin para. - falei assim que o alcancei. Ele parou e se encostou na parede respirando fundo.

- Oi. - fala com a voz rouca.

- O que foi aquilo lá na cantina?

- Eu me irritei, esse cara é um babaca, isso nunca vai dá certo, eu passei em uns corredores e vi 50 pessoas só fazendo armadilhas e ele vai cair em um monte. Vai ficar com mais raiva ainda e a Carmen vai ficar com mais confusão pra cima dela.

- Pior que é verdade, será que ninguém falou isso pra ela? - fala revoltada já com essa baboseira.

- Pelo jeito não né.

- Bom mais já que eles quiseram assim, eles vão ver as consequências. - falei chegando mais perto de seu corpo e lhe dando um selinho, acalmando sua tensão.

- E você vai aprontar alguma?

- Claro se eu não fizer isso eu não me chamo Olivia Moore. - falo jogando o cabelo pro lado.

- E o que você esta pensando em fazer? - pergunta fazendo carinho em minha cintura.

- Surpresa, eu tenho que ir beijo.

Fui até uma das salas aonde estavam todas as meninas possíveis, me sentei na mesa do professor e todos continuaram como estavam; umas sentadas nas mesas, outras em pé e etc.

- Então alguém teve ideia. - falo chamando atenção delas pra mim. Uma delas levantou a mão. - Fale.

- Tem que ser de madrugada.

- Concordo e de preferência uma coisa que deixe todos acordados. - Naty fala.

- Inclusive os queridos diretores. - outra menina fala revirando os olhos.

- Sabe que eu tive uma ideia, mais não sei se vão gostar. - falo.

- Conta ai. - Elo diz.

Contei tudo pra elas que estava pensando, elas gostaram. Ótimo.

Já eram 19hs em ponto, fomos direto pro gramado. Chegando lá vi 5 meninos na frente, tinha uma placa de chegada e uma placa de partida, caixas de som, microfone... Eu estava completamente de boca aberta com o que vejo. Fomos até Justin, Z, Chris, Ryan e Chaz que estavam encostados só observando.

- O que é isso? - questiono assim que chego próximo o bastante perto dos meninos.

- É pequena, ta parecendo até aquele acampamento chato que nós fomos quando tínhamos 9 anos. - Z revira os olhos.

- É mesmo, aquelas gincanas tipo assim. - concordo.

- Isso ta um saco. - Elo bufa.

- Alguém vai beber água comigo? - Naty pergunta.

- Eu vou. - Elo e Naty saíram.

- Preparado pra amanhã? - pergunto pra Ryan.

- To tentando me preparar. - suspira.

- Preparar pra que? - Justin pergunta me puxando e abraçando-me pela cintura.

- Amanhã vocês verão.

- Sério. - falou beijando meu pescoço.

- Seríssimo. - falo acariciando sua nuca e sento sua pele arrepiar. Ri disso.

- Eu morro de cócegas.

- Eu percebi. - digo rindo.

- Cadê a Elo e a Naty? - Chaz pergunta guardando seu celular.

- Foram beber água e vou atrás. - soltei de Justin.

- Eu vou junto. - Z abraçou minha cintura de lado e fomos pra dentro do colégio.

Entramos na escola e vi Elo e Naty virem rindo de algo.

- O que aconteceu?

- Você não sabe, o Rodney acabou de levar um banho de tinta marrom. - Elo fala rindo.

- Como assim quem fez isso? - Z fala já rindo.

- As meninas do segundo ano, colocaram um balde de tinta em cima da porta da sala da diretoria.

- Tem alguém vindo. - falei quando escutei passos e uma sombra.

- Vem.

Nós nos escondemos do lado dos armários. Vi Rodney passar com tanta raiva que nem nos viu ali, quando ele passou nós rimos que nem retardados. Mano isso ta ficando muito bom.

- Adorei. - falei enquanto caminhávamos para o gramado novamente e dessa vez quem ia brincar lá de levar uma colher com ovo até a chegada eram; Justin, Chaz, Ryan e Chris. Quando eu vi eu não aguentei, comecei a rir e as meninas também enquanto eles nos olhavam incrédulos.

- Meninas shiu. - Z fala baixo.

- Eu... Não consigo

Depois que nos recuperamos, nós olhamos novamente pra eles. Eles estavam na linha de partida e logo começou a "corrida".

- Vai Justin. - eu gritei ainda rindo.

- Huh vai Chris. - Elo gritou e eu vi Naty começar a gritar pro Ryan.

Ficamos igual malucas gritando, e quem ganhou foi claro. Justin. E logo depois veio correndo até nós.

- Parabéns. - falo lhe dando um beijo.

- Depois de se acabar de rir, você dá parabéns nossa! - Z revira os olhos.

- Cala a boca, mais foi engraçado.

- Mais esqueçam isso, nós precisamos de uma ajuda.

- Depende. - Justin me aperta mais em seus braços.

- É simples... - Elo fala.

- A pode ser. - Chris dá de ombros.

Ficamos conversando por horas e vendo as brincadeiras. Já eram 23hs fomos todos para a cantina comemos e depois foi os meninos para um lado com o Rodney e nós fomos para o outro com a Carmen.

- Vocês iram dormir aqui. - Carmen diz quando chegamos em uma sala cheia de colchões no chão. Ok isso ta pior do que eu pensava.

- Como assim? - falo olhando em volta.

- Amanhã vai acordar uma em cima da outra. - Naty nega.

- Vocês tem que ver isso como uma diversão. - Carmen sorri. Diversão?

- Dormir no chão? - ela ta louca.

- Meninas se ajeitem ai que eu vou ali levar o resto das meninas da outra sala e quando eu voltar, quero todas deitadas e dormindo. - ela fala autoritária e sai.

Aff, parace que ela ta falando com criança.

Nós nos deitamos, eu, Naty e Elo deitamos juntas no colchão uma do lado da outra, e logo todas as outra estavam fingindo dormir. Demorou um tempinho e vi a porta se abrir de novo, clareou o quarto um pouco e a Carmen entrou. Suponho que olhou pra todas nós pra confirmar que dormimos. Feito isso ela saiu, fechando a porta.

Esperamos uns 20min, meu celular vibrou levemente no meu bolso e eu peguei-o vendo que recebi uma mensagem do Justin.

" Ele foi pra sala dos professores, agora é com vocês.

Bjo

XxBieber"

Me levantei e acendi a luz, todas me olharam e logo estavam de pé, abri a porta lentamente e estava um escuro danado pelos corredores.

Credo isso ta me dando medo.

- Ta muito escuro. - fala uma menina ruiva.

- Gente tem lanternas aqui. - Elo falou pegando uma mochila cheia de lanternas.

- Tem pra todas, cada uma sabe o que fazer. - falo olhando pra elas.

- Então vão e com cuidado pra ninguém ver vocês. - Naty avisa entregando as lanternas pra elas.

Saiu uma de cada vez, e uma pra cada lado, só sobrou eu, Naty e Eloisa.

- Eu vou me trocar. - falo.

- Nós também.

- Ou a gente se diverte ou nós se ferra.

- Ou então nós nos ferramos mais se divertindo.

Saímos do quarto fechamos a porta e fomos para um banheiro, nos trocamos. Estávamos vestidas toda de preto, estávamos até de touca.

- Cara eu fiquei linda toda de preto.

- Ai deus. - revirei os olhos.

- Vamos logo.

- Boa sorte. - falo ao sairmos do banheiro e ir cada uma para um lado.

Fui para a sala dos professores e a porta estava aberta, dei uma olhada e o folgado estava com os pés em cima da mesa, bebendo algo e lendo uma revista, estava tudo escuro só tinha um abajur acesso. Empurrei um pouco a porta, fiz careta assim que a porta fez um barulho de leve mais audível. Rodney olhou desconfiado mais logo voltou a ler. Entrei engatinhando na sala escura e é óbvio que estava, se ela não tivesse escura por que eu estaria de preto avá.

Empurrei una cadeira e logo empurrei a outra e me escondi do lado do armário. Ele se levantou rapidamente, visivelmente assustado.

- Quem está ai? - perguntou olhando em volta.

Eu passei rápido pro outro lado e ele viu e se assustou mais ainda. Abri a ultima gaveta do pequeno armário que tinha e ele saiu correndo. Gargalhei. Ótimo, missa cumprida, agora é com as meninas.



Justin Bieber

Fiquei escutando música no celular um bom tempo, os meninos pareciam estar 21° sono, mais me deu a maior vontade de ir ao banheiro. Levantei-me sem acordar os outros ainda com os fones de ouvido, sai da sala olhei e estava uma escuridão total, fui andando pelo corredor sem nem prestar atenção em nada.

Fui andando cantando baixinho uma música que saía pelos fones.

- Cause I want you don’t know what’s come over me...

Vi alguém sair de um dos corredores quase correndo, coloquei a claridade do celular na pessoa e vi que era, Rodney.

Ele parou em minha frente sem perder a pose e me encarou sério, mais mesmo assim dava pra ver que ele estava com medo.

- O que o senhor esta fazendo aqui essa hora? - pergunta Rodney.

- Você ta bem? - pergunto.

- Você não me respondeu.

- Que foi? Não pode mais ir no banheiro. - levando uma sobrancelha.

- Eu vou com você e depois direto deitar. - manda.

- Eu sei ir no banheiro sozinho. - retruco.

- Não discuta.

Ele se virou e saiu andando na minha frente e eu não entendi nada, senti algo puxar minha calça e olhei pra baixo e vi Naty que estava toda de preto. Ah, ta agora eu entendi. Ela fez sinal pra que eu fosse e assim eu fiz, ele ficou na porta do banheiro esperando.

Abri a porta de leve e não tinha mais ninguém lá, senti alguma coisa me puxar pra um dos corredores. Era Elo.

- O que, que você ta fazendo acordado cara?

- Eu queria ir no banheiro. - falo dando de ombros.

- E como ta o Rodney?

- Quase se mijando de medo. - rio junto com ela.

- Ótimo, agora vai dormir.

Eu sair sem nem pestanejar, cheguei na sala e não estava o Chris e nem Chaz e Ryan. Eita ferrou, sai da sala de novo e fui atrás deles.



Olivia Moore

Aquilo estava divertido, até a hora que eu encontrei o Ryan no meio do corredor quase entrando em uma das salas.

- Ta maluco, sai dai. - falo baixo puxando-o para um canto.

- Que foi? Porque você ta assim? - pergunta me analisando confuso.

- Nada não, entra em nenhuma sala.

- Ta bom.

Sai puxando ele e vi Rodney vindo em nossa direção mais não tinha nos visto, puxei ele e nos escondemos em outro canto.

- Eu cansei dessa palhaçada quem está ai? - continuou o silêncio. - Ae, então ta bom. - vi que ele pegou um pequeno controle e apertou um botão, acendendo todas as luzes do colégio. Merda, fudeu. - E AGORA A PESSOA VAI APARECER OU EU VOU TER QUE PROCURAR?

Ryan lançou-me um olhar apavorado, continuei parada do mesmo jeito que eu estava, não me mexeria pra nada.

Droga.




Notas Finais


Então gatinhas(os), quero pedir desculpa por demorar a postar. Eu falei que iria postar no outro dia do que postei, mais não deu.
Eu faço faculdade de design gráfico, então requer de mim muita inspiração e competência. Então semana passada foi cheia pra mim, vários desenhos pra fazer como trabalhos, vários trabalhos pra entregar, então fiquei realmente sem tempo pra escrever.
Espero que me entendam, irei postar o próximo assim que possível!!
Somos 170fav, obgd amores! Amo vcs de verdade❤

Bjo!
Até o próximo!
Mereço comentários?!❤🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...