História Meu último suspiro - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Park Jimin
Exibições 40
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me perdoem pelos erros como sempre e pelo capítulo pequeno, como falei isso vai ser só o básicio para conhecer um pouco da personalidade dos garotos.

Capítulo 6 - Capítulo 6 - Kim Namjoon


Fanfic / Fanfiction Meu último suspiro - Capítulo 6 - Capítulo 6 - Kim Namjoon

Quando você e Jimin se viram veem que quem estava lá era o Doutor Jin.   

- Ainda não está na hora de sair para o jardim. - Diz o doutor Jin meio bravo. Olha de cima a abaixo para Jimin. - E nem de fazer novas iscas. - Fala se referindo a Jimin, 

- Só estávamos conversando. - Diz Jimin encarando Jin quase o comendo pelos olhos. 

- Que seja! Para dentro, os dois! - Fala apontando para a porta. 

- Aish... - Jimin fala em um tom baixo. 

Ele pega na sua mão e leva você até a porta da frente. 

- Bom, eu tenho que fazer algumas coisas mas, eu passo por lá depois. - Diz Jimin se referindo a seu quarto e logo dá um sorriso de canto. Vocês entram na clínica e cada um segue o um lado. Você pega o elevador até o andar dos quartos. A porta do elevador se abre e você caminha olhando para o chão, quando acaba batendo em alguém. 

- Vou considerar que isso foi sem querer.. - Uma voz do "além" diz isso, 

Logo você levanta a cabeça e ver um cara alto, cabelos loiros, ele usava uma calça jeans comum e uma blusa branca (foto detalhada na mídia). 

- Me desculpe, mas, realmente não foi minha intenção. - Você diz e volta o olhar para o chão. 

- HAHA, eu sei disso, eu nunca te vi por aqui, e pelo oque aprece você está insegura demais para estar aqui a tanto tempo. Eu me chamo Kim Namjoon, mas pode me chamar de Namjoon, ou crie um apelido para mim, eu gosto disso! 

Assim que acaba de falar ele percebe que você ainda olha para o chão e levanta seu queixo calmamente com suas grandes mãos. 

- Olho nos meus olhos! Não gosto de quem não olha em meus olhos. - Diz em um tom mais firme. 

- Me desculpe. - Você dá um sorriso de canto. 

- Você está porque se perdeu no caminho de volta pra casa ou oque? - Pergunta Namjoon se encostando na parede.

- Me diga você .. - Você o olha com um olhar desafiador. 

- Acham que sou psicopata ou algo do tipo... - Logo aparece um olhar triste em seu rosto. 

- Você não parece ser. - Você diz chegando mais perto dele. 

Logo ele abre um grande sorriso mostrando as suas "covinhas". 

- E não sou! 

Ele pega você pelo braço e lhe leva a um dos quartos. Nesse quarto havia algumas cartas no chão e em cima da cama, também havia um vaso de flores margarida em um jarro de vidro em cima da cômoda. 

- Me perdoe pela bagunça, eu recebo essas cartas pelos meus "fãs" - Faz sinal de aspas com o dedo. - Mas na verdade eu nem entendo o porquê eles gostarem de mim. - Continua 

- Você deve ser especial, não sei... - Você diz em um tom de indecisão. 

- é, talvez.. - Fala Namjoon tentando pegar ás cartas no chão. 

- Precisa de ajuda - Você pergunta. 

- Não, aliás, tenho que fazer isso de um jeito ou de outro se não o doutor cara de pau me mata. - Fala se referindo a doutor Jin 

E logo vocês dois começam a rir. 

- Bem, eu tenho que fazer algumas coisas, ainda nem desfiz minhas malas, podemos nos falar depois? 

- Claro. - Namjoon abre um grande sorriso e acena para você. - Até mais então. 

- Até mais. 

Você saí do quarto e anda até o seu, a porta já estava aberta mas havia alguém em cima de sua cama 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, qualquer sugestão ou critica botem nos comentários, beijos de luz!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...