História Meu verdadeiro amor(NamKook) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B, EXO, G-Dragon, Got7
Personagens BamBam, G-Dragon, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, P.O., Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Youngjae, Yugyeom, Zico
Visualizações 53
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Podemos conversar?!


JIN ON

Bom eu estava indo para minha casa depois de mim ter indo na casa do meu namorado em que eu não vou revelar quem é agora, e quando eu estava passando enfrente a casa de uma certa pessoa que eu ainda não  sei,  sabendo que ele é  meu vizinho, eu não pudo acreditar no que vi,  aquele menino que eu tinha matado esta vivo,  como eu lembro muito bem que era ele,  como ele estava vivo? E o que mais me surpreendeu foi com a fala dele, quando ele estava ajuelhado na frente da barriga do meu vizinho. 

Zico-E filho,  vc acha que o papai tinha morrido,  mais não ele ta aqui vivinho- essa fala fez com que o meu vizinho rise de sua fala. 

Foi ai que eu parei e pensei. 

"Se eu tivesse matado ele,  eu teria estragado a vida de duas pessoas,  sabendo que uma nem nasceu ainda, e quando crescer vai crescer sem um amor de um pai,  eu ia fazer a maior merda do mundo inteiro."

Eu sai de onde eu estava quando eles entraram e fui correndo para a casa do nam para falar a ele o que nois íamos fazer merda se eu tivesse matado ele. 

Cheiguei quase morrendo e toquei e campanhinha, logo depois apareceu um menino de cabelos pretos e olhos quase da mesma cor,  um pouco menor que eu mais nem tanto. 

???-Posso ajudar? 

Jin-Sim,  por acaso a nam esta..-Fui intenrronpido por nam. 

Nam-Mor quem ta ai?- Ele aparece atras do menino.-Ah oi Jin,  o que vc quer?-Fala ficando de frente para o menino. 

Jin-Eu preciso conversar com vc asós.

Nam-Kook vc poderia dar licença pra gente-Fica de frente para o Kook. 

Kook-Tudo bem.- Ele entro dentro da casa e logo nam fecha a porta. 

Nam- tudo bem pode falar. 

Jin-Eu matei a pessoa errada. 

Nam- Como assim vc matou a pessoa errada?Jin eu te dei a foto dele e o endereço certo,  como vc matou a pessoa errada? 

Jin-Nam eu juro pra vc que eu matei ele,  mais alguma coisa ta errada nisso,  eu olhei a foto milhoens de vezes para ter certeza,  eu não sei como isso aconteceu. 

Nam-Ta,  eu vou ver o que aconteceu,  e depois eu falo quando vc vai o matar. 

Jin-Nam eu não vou matar ele. 

Nam-Pq? 

Jin-Nam eu não vou matar ele,  pq ele vai ser pai. 

Nam-De quem? 

Jin- Do namorado dele,  meu vizinho. 

Nam- a,  então  ta eu vou deixa isso pra lá. 

Jin-Nam ne promete que não vai  matar ele,  pq se não VC vai estragar a vida de duas pessoas e uma nem é  nascida, e se vc mata ele,  o filho dele vai nascer em um amor de um pai,  vc entende isso? 

Nam-Tabem Jin eu não vou o matar,  eu só  preciso bater um papo com ele,  mais não  se preocupe com isso,  e sim eu sei como é  isso. 

Jin-obg,  tchau nam,  me chama mais vezes pra eu e meu namorado, e o seu sair mais vezes. 

Nam- Tabom, tchau- Então  fui embora. 

NAMJOON ON

eu não  acredito que ele ia ser pai e do mesmo jeito ele tranzou com meu namorado,  aahh mais eu vou bater um papo com ele,  entro dentro de casa e vejo kook sentado no sofá assistindo teve,  e me sento ao seu lado,  e o mesmo se senta no meu colo e coloca sua cabeça  na curva do meu pescoço. 

Kook- Nam? 

Nam-Pode falar. 

Kook- Quem era aquele na porta? 

Nam-Ele era um ex meu, mais agora é só  amizade,  não  se preocupe eu não sinto mais nada por ele,  porque eu amo outra pessoa, e nunca vou lagar dela- Ele se vira pra mim(Ainda em meu colo)e começa a me beijar,  era um beijo calmo e com um pouco de safadesas e mãos  bobas.

Kook-Um amigo meu me chamou para ir ao shopping, vc deixa eu ir?- Fala se separando do beijo.

Nam-Claro, qual é o nome dele?

Kook- O nome dele é Jimin.

Nam- Pode sim, eu também tenho que resolver uns negócios aí.

Kook-Então ta, eu já vou indo- Ele saiu do meu colo e foi para o quarto,me levanto saio e pego minha moto e vou para a casa de Zico resolver uns assuntos.

Chego e toco a campainha e logo ele abre a porta.

Zico-Oi Nam, tudo bem?

Nam-Sim....Zico podemos conversar?!

Zico-Claro entre- me deu passagem para entra e pude ver sua casa e era muito bonita, me sento no sofá e lego ele se senta ao meu lado.- Então o que quer conversar?

Nam-Pq vc tranzou com meu namorado, sabendo que vc aí ser pai?

Zico-Nam....-suspira-Eu tenho um trabalho que o dever dele e ajudar ômegas no cio, e na hora que seu namorado tinha entrado no cio, eu tive o ajudar, mais eu juro pra vc que não está rolando nada entre a gente, até pq eu já tenho uma pessoa que eu amo muito, e nesse momento será duas- Ele solta um sorriso bobo.

Nam- Olha vai ser difícil eu falar isso mais....Obrigado por ter o ajudado, e na próxima vez me liga ta?

Zico-Tabom....me desculpa realmente, e eu tambem não fazia a mínima ideia que o kook era seu namorado.

Nam-Tudo bem, mais não quero que se repita.

Zico- De boas.

Então eu fiquei conversando com ele por um tempo e percebo que já estava meio tarde, então dou tchau para ele e volto pra casa, sabe?até que ele não é do jeito que pensei, ele é até legal, chegando em casa não vejo kook, ele já deve ter ido no shopping com seu amigo, então tomo banho e me deito na cama, como eu estava muito cansado eu logo dormi.

Acordo mais não abro os olhos, cinto braços, rodearem minha cintura e logo olho por cima do meu ombro e persebo que era o Kook, então eu me viro pra ele e o abraço, e logo dormi novamente






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...