História Meu vicio - Capítulo 22


Escrita por: ~

Exibições 62
Palavras 398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amoresss tá pequeno mas é só pra vocês não ficarem sem 😘 ótima leitura

Capítulo 22 - Por que não me falou sobre ela ?


Um mês depois as coisas estavam melhores, quer dizer um pouco em relação ao Arthur sim. Meus pais haviam se separado, pois estava rolando muita briga, e tambem eles discordavam sobre o Arthur, então meu pai se mudou e estou com minha mãe e Julia faltava um mês para meu aniversário, Arthur estava dando aula em outra escola. Ele já não morava mais com a Isa, e ela iria casar daqui a 3 dias, eu já tinha visto meu vestido, eu iria entrar com o Arthur.

    Domingo : 17:00

  
      Eu estava indo pra casa do Arthur, como ele estava de mudança, ajudei ele a arrumar as coisas, não estava tudo pronto, mas grande parte estava. Subi as escadas, toquei a campainha, lá estava ele todo sujo, de tinta, entrei e beijei. Eu estava com um short jeans, e uma blusa solta branca. Pegamos os rolos de tinta e começamos a pintar, ele jogou um pouco de tinta em mim, era cinza claro.- quer apanhar?.- eu disse rindo.- vem.- ele disse .- eu pulei em seu colo, e caímos, começamos a nos beijar, a campainha toca.-chamou mais alguém?- não.- ele respondeu levantando.- eu me levantei tambem.- mãe.- uma mulher que aparentava ser nova, com cabelos pretos, e olhos verdes, magra e bem chique.- o que você está fazendo aqui?.- eu vim te ver não pode.- ele ficou meio sem graça, ela entrou .- essa aqui é a Malu minha namorada.- eu ajeitei o cabelo e estendi a mão para ela.- bem nova ela, né.- eu estava super sem graça, com vontade de me enfiar em um buraco.- é sim.- ele respondeu seco, meu deus quanta frieza.- então mãe a senhora pode ir, estamos ocupados.- tudo bem já vou indo.- ela disse e foi indo em direção a porta.-tchau ...- Marina.- ela disse seria.-mariana prazer eu disse rindo simpatica.- tchau Arthur.- ele estendeu a mão e ela saiu. Fui em direção a minha bolsa pegar um cigarro, fui em direção a janela, quando sinto os braços de Arthur me enlaçar.- por que você nunca me falou dela?.- não achei necessario.-ela é sua mãe.- eu disse meio incredula.- acredite, você não vai querer saber, é complicado.- tudo bem, eu quero saber.- eu disse ele então pegou um banco que estava lá e sentou, eu sentei em seu colo e ele começou a falar, da historia dele...

       Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...