História Meu Vizinho - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Luhan, Sehun
Exibições 34
Palavras 405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Outro capítulo.Hoje tô inspirada kkk
Espero que gostem e desculpe qualquer erro.
Kisses de unicórnio.
😘😘😘😘😘

Capítulo 31 - Acabou...


Fanfic / Fanfiction Meu Vizinho - Capítulo 31 - Acabou...

P.O.V  Luhan.

Estava deitado na cama do Sehun enquanto desenhava no meu caderno.Eu estava feliz.O Chen gostou muito da ideia da minha hospedagem.

Eu não queira voltar para aquele lugar que eu um dia eu chamei de Lar.

A companhia tocou e como o Sehun não estava em casa porque foi ver o D.O e o Chen foi ao supermercado fui atender.

Desci rapidamente as escadas e abri a porta.A felicidade se esvaiu ao ver meu pai com aquele terno ridículo e com um sorriso irônico no rosto.

-Oi Filho.

Como um pai consegue ser tão cruel com o filho?.Esta pergunta que eu sempre quis fazer ao meu Pai.

-Oi pai-Forçei um sorriso-Deseja algo?

-Você vai voltar para casa.Arrume suas coisas.

-Eu não vou.Eu não quero ir-Gritei e ele pegou meu cabelo com força deixando seu rosto próximo do meu.

-Olha aqui seu moleque insolente, eu sou seu pai e você ainda tem 17 anos,ou seja eu mando em você e eu to mandado para ir para casa agora-Me jogou no chão com força e eu gemi de dor com o impacto.

-Eu não vou!Eu te odeio e se você me levar de volta eu fujo como todas as vezes-Riu e me pegou pela camisa deixando meu corpo na sua frente.

-Se você ousar fugir eu vou te bater até sangrar quando te achar seu moleque desgraçado-Consegui sorrir.Ele nunca me acha-Mas se caso eu não te achar eu vou bater no seu amiguinho Sehun.

O sorriso da minha face sumiu e o desespero apareceu.

-Não pode fazer isso,é crime!

-Com o dinheiro que eu tenho eu posso matar o Sehun e nada irá me acontecer-Senti minha garganta formar um nó-Agora,você vai para casa comigo e se você fugir ou se encontrar com esse seu amigo de merda eu bato em ti até te levar para o hospital como da última vez.-Naquele ponto meus olhos estavam encharcados e meu peito doía-E se você fugir e eu não te encontrar...Bato no Sehun até deixa-lo inconsciente.Você entendeu?-Assentiei e ele me jogou de volta ao chão-Pegue suas coisas e vamos embora.

Subi as escadas quase caindo de tanto desespero e peguei tudo oque eu tinha no quarto do Sehun.

O seu cheiro estava por todo o lugar e  aquilo me fez chorar mais ainda.Porque a vida tinha que ser tão difícil?

Peguei uma camisa sua e guardei na bolsa.Queria algo para me lembrar do garoto que balançou meu coração.

Eu sentia tanta dor que o ar me faltou quando encarei aquele homem repugnante que me esperava na porta.Acabou...


Notas Finais


Desculpa por esse sucessivos capítulos tristes,mas é importante para a história.(Acreditem)
Comentem por favor e até o próximo capítulo.
Kisses de Lay😊😊😊😊😊😙😙😙😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...