História Meu Vizinho - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Luhan, Sehun
Exibições 23
Palavras 295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem qualquer erro e aproveitem
Kisses de Lay.
😚😚😚😚😚😙😙😙😙

Capítulo 36 - Pensamentos.


Fanfic / Fanfiction Meu Vizinho - Capítulo 36 - Pensamentos.

P.O.V Kai.

Eu queria tanto tira-lo da minha cabeça.Esquecer seu sorriso,seu corpo,sua personalidade,mas não conseguia.Ele sempre insistia em ficar na minha mente.

Tudo que fazia era com o D.O em meus pensamentos.Estava fazendo isso agora.

Passava os canais da tv e comia uma embalagem enorme de sorvete criando esperanças de que esqueceria ele até o final do pote.

Aquele garoto Mexeu comigo em apenas um dia.Aquilo era frustante e triste.Em um dia ele se enjôo de mim e me abandonou.

"Deixa de ser dramático Kai"

Aqueles sentimentos Idiotas estavam me deixando estranho e sensível.Eu odiava isso.

Odiava o simples fato de não ser o suficiente para ele,odiava o fato do meu coração doer ao pensar que ele me esqueceu e odiava o fato de gostar de alguém e não ser correspondido.

Quando o D.O achou que eu o droguei eu me senti devastado pelo simples motivo dele não confiar em mim.Aquilo foi como mil facadas fortes no meu peito.

O Sorvete acabou e não.Não havia esquecido aquele garoto de cabelos negros e sorriso amável.

Eu poderia estar odiando ele de todas as formas possíveis,mas a merda do amor não permitia eu odiar aquela criatura que eu queria cuidar com tanto carinho.

A campainha tocou e amei isso, porque minha própria mente estava me sufocando.

Ele estava lá.Com o uniforme do colégio.Cabelos bagunçados e reparação ofegante como se tivesse corrido.Seu olhar mostrava desespero e tristeza.Engoli seco e coloquei minhas mãos dentro da calça de moletom enorme que vestia.

-Oi Kai-Ao mesmo  tempo que sentia a vontade de bater a porta na sua cara eu também desejava que ele continuasse a falar-Precisamos conversar.

Estava nervoso,mas deixei ele entrar.Não pude evitar um sorriso irônico.

-Não precisei te drogar para te trazer aqui-Ele me olhou e eu abaxei minha cabeça,sorrindo triste.Aquelas palavras que o D.O falou para mim ainda doíam no meu coração.


Notas Finais


Tretas!
Espero que eles se resolvam logo.
(Briguem na cama moços...Oq?)
Kkkk
Até o próximo capítulo.
Kisses de unicórnio.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...