História Meus 7 anjos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 74
Palavras 577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


é

Capítulo 1 - O garoto popular (Taehyung) Parte I


Fanfic / Fanfiction Meus 7 anjos - Capítulo 1 - O garoto popular (Taehyung) Parte I

Estava em minha sala de Aula, quando chega o Taeyhung, ele era simplesmente muito lindo, e perfeito, mas como todo garoto perfeito, tem um monte de garotas enchendo o saco dele, como sempre.

Nunca gostei de meus poderes, sempre quis que eles nunca existissem, minha amiga sempre fala que deveria ser ‘=-”DEMAIS’’ e que se tivesse ela iria agradecer a Deus todos os dias”. Mas acho que ela não sabe como é a tortura na hora de dormir. Demônios te rodeando, te atacando em todos os momentos, querendo te matar.

Voltando ao assunto do Taeyhung, o problema é que, com os meus poderes sei de quem ele gosta, e é DE MIM. Posso até achar ele fofo, super gatinho e tal, mas não gosto dele. É a mesma coisa do que você achar o Justin Bieber Bonito, e não gostar dele, de suas musicas. Mas ele sempre vinha puxar o saco, mas quero admitir, amava quando ele dava atenção pra mim e aquelas Gazelas olhavam com cara feia pra mim, porque eu não era muito popular, e é raridade um garoto popular gostar de você.

Um dia desses a líder de um grupinho veio falar comigo

- QUEM VOCÊ PENSA QUE É GAROTA? O TAEYHUNG É MEU, VOCÊ NÃO PELO VISTO VOCÊ PRECISA AUMENTAR SEU GRAU DOS ÓCULOS!- Ela disse com muita, mas muita raiva em seus olhos.

- Eu não fiz nada, a culpa não é minha. Uma dica pra você: seja gentil com as pessoas, vai que algum idiota enxergue você como uma boa pessoa?

-NÃO PRECISO DE SEUS CONSELHOS, TODOS OS GAROTOS DA ESCOLA BABÃO POR MIM, VOCÊ NÃO ENXERGA? PARA DE DAR UMA DE SANTINHA, E DEIXA O TAEYHUNG EM PÁZ!

Nesse momento, um do garotos do time de basquete veio e começou a me bater, mesmo sendo uma garota, que sempre esteve quieta no seu canto, sei que é inacreditável, mas realmente aconteceu...Agora vocês pensem...Não existe um tipo de Lei Da Maria Penha? Nem sabia se tinha ou não. Agora você me pergunta: Ánastázia, porque você não usou seus poderes pra se defender? A resposta é simples: não queria causar problemas pro garoto. Eu sei, fui idiota de não ter usado meus poderes, mais me preocupo com as pessoas. Vocês não tem ideia de quanto sou poderosa, e também o quanto iria machucar aquele garoto. Ele apena estava iludido, ele não tinha nada a ver com aquilo.

De repente, sinto o garoto parar de me bater, e quando sinto coragem e segura para abrir meus olhos, vejo lá, me defendendo, o Taeyhung.   

-TAEYHUNG, OQUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO? VAI MESMO AJUDAR ELA?- Ela disse gritando mais alto ainda.

-Vou sim, ela é minha melhor amiga!

-COMO ASSIM?VOCÊ ESTÁ BEM TAEYHUNG? ELA NÃO TE CHANTAGEOU NÉ?

- Claro que não, e mais uma coisa! Nunca olhei pra você, e nunca vou olhar!

Ela saiu brava.

-Ánastázia, você está bem?- Ele disse com um olhar carinhoso.

-Claro que não né Taeyhung!Viu como eu estou? Respondi, chateada, e ao mesmo tempo brava e tensa.

-Meu deus, você realmente não está bem.- ele disse rindo, com cara de preocupado, mas quase sempre ele me olhava assim.

-Desculpe, não queria que você ficasse assim. Não precisava me defender, ia saber lidar com isso sozinha.

-Vi muito bem que você sabe se defender.Vem, vou te levar pra minha casa.

-Porque?

-Você está muito machucada, não quero que você fique desse jeito sozinha na sua casa. Vamos?

-OK...


Notas Finais


É minha primeira fanfic, espero muito msmo que gostem <3
qualquer sugestão pode me enviar por email [email protected]
ou nas resposta msmo!
Desculpe pelos erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...