História Amor no Apocalipse - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 16
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Luta, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus bolinhos, espero que gostem ,desculpa os erros ok?

Então bora pra FIC.

Capítulo 2 - (Eu não acredito nisso)


(Uma semana depois)

Acordei meio tonta, eu estava num quarto, mas quando eu vi que os meus irmãos e meus pais não estavam lá, começei a me desesperar, comecei a chorar e gritar.

Eu: LUCAS, JIMIN, PAI, MÃE, CADÊ VOCÊS, PAI , MÃE, JIMIN, LUCAS.

LC: Dá pra ficar calada?

Eu: Lucas? (Corri pra abraça-lo), que bom que tá aqui comigo, pensei que eu estava sozinha.

LC: Eu nunca ía deixa você sozinha.

Eu:( Me afastei do abraço) Cadê o Jimin? E a mamãe e o papai? Onde eles estão? O que aconteceu?

LC: Calma sn, bom... Depois do acidente, você desmaiou, eu acordei poucos minutos depois, eu procurei o Jimin, o Appa e a Omma, mas eles sumiram, então eu trouxe você pra cá.

Eu: (Eu já tava chorando do fato dos meus pais) Quanto tempo eu apaguei?

LC: Uma semana.

Eu: Uma semana?

LC: Sim, enquanto você não acordava, eu fui numa delegacia, peguei armas, facas, comida e roupas, podemos sobreviver juntos.

Eu: Não, não não, nós vamos procurar o Jimin e os nossos pais.

LC: SN é muito perigoso, o que acontecendo lá fora é um apocalipse.

Eu: Um apocalipse?

LC: Sim, apocalipse zumbi.

Eu: Mesmo assim, vamos procura-los.

*Depois de muito tempo descutindo com Lucas, resolvemos saí daquele esconderijo, só que quando eu vi a cidade, tudo estava destruído, corpos no chão, fumaça, fogo, eu estava em choque, com medo, eu nunca pensei que isso iria acontecer, eu não acreditei quando uma manada de zumbis vieram na diração do Lucas e da minha.*

Eu: Eu acredito nisso.

LC: corre sn, só corre.

*Eu tava correndo muito com uma bolsa pesada nas minhas costas, eu tava no meio da floresta ,acabo tropeçando em um corpo, eu não acreditei no que vi, era o corpo do meu pai, ele tava cheio de sangue, e com a barriga aberta, como se tivessem arrancado suas tripas, mas foi isso que aconteceu, eu me agachei de joelhos e comecei a chorar.

Eu: Pai? PAI, NÃO ME DEIXA, PAI POR FAVOR VOLTA, NÃO ME DEIXA SOZINHA, PAAAIII.(Derrepente sinto uma mão no meu ombro, com o medo me viro assustada)

LC: Relaxa sou eu.

Eu: Lucas, onde você... Você foi mordido?

LC: Não, não fui.

Eu: Como não, olha seu braço, tem uma mordida, isso tem cura não é?

LC: Não sn, não tem, sinto muito.

Eu: Tudo bem Lucas, vamos ficar juntos.

LC: Não sn, você Vai ter que ficar sozinha.

Eu: O quê? Pôr que?

*Me entregou uma arma*

LC: Precisa me matar, entes que seja tarde.

Eu: O quê? Você ficou louco? Eu não vou matar você.

LC: Por favor sn, não quero machucar você, se eu me transformar, eu não vou ter controle.

Eu: Não Lucas, não, não posso fazer isso.

LC: Por favor sn.

Eu: (suspirei) Ok.

*Apontei a arma pra sua cabeça, e fiquei me tremendo, eu não posso matar meu irmão, já perdi meu pai, minha mãe e o Jimin, não quero ficar sozinha, não sei me defender, fechei meus olhos, e só ouvi um disparo de tiro, mas eu não atirei !!! Como? Só abri meus olhos e vi meu irmão jogado no chão, com a cabeça sangrando, uma manada de zumbis vieram atrás de mim, comecei a correr que nem louca, mas acabei caindo em um buraco, era uma armadilha, torci o pé e bati a cabeça, minha visão ficou turva, só ouvi disparos de pistola antas de apagar.*

Continua...


*Foi pequeno eu sei também, só eu estou com um pouco sem criatividade, então espero que tenham gostado um beijo e tchau.*








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...