História Meus 7 Guardiões - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, G-Dragon, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, D.O, Dahyun, G-Dragon, Jackson, JB, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Lay, Lu Han, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, Suho, Tao, Tzuyu, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Romance
Visualizações 52
Palavras 657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Magia, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus amores desculpa a demora , é por que meus pais tiraram meu celular, por causa das minhas notas mas agora eu tô de volta beijo e BORA PRA FIC.

Capítulo 2 - *13 anos depois*


Fanfic / Fanfiction Meus 7 Guardiões - Capítulo 2 - *13 anos depois*

Eu estava brincando com minha amiga no jardim feliz como sempre, o nome dela é Miana, mas eu a chamo de Mia ele tem a minha idade, mas eu sou 4 meses mas velha, minha vida é estranha nunca vi meus pais, eu vivo com meu avô e o mais estranho meu avô não me coloca na escola,mas eu sei lê e escreve, sempre me diz que na hora certa ele me dirá toda a verdade, que verdade é essa? . Esqueci de me apresentar meu nome é Kim (s/n) Cheng e tenho 13 anos, eu e mia caímos no chão rindo pra caramba aí eu escuto meu avô gritar.

(S/v): MENINAS VENHAM ALMOÇAR!!!

Nós duas: JÁ VOU.

Nos olhamos e rimos juntas, nos levantamos e corremos pra minha casa, entramos, fomos pra cozinha, sentamos na mesa e começamos a come.

Eu: Tá uma delícia vô.

Mia: Verdade tá ótimo.

(S/v): Obrigada meninas,mas (s/n) o que tem naquele seu caderno?

Nessa hora eu gelei pois meu avô não deixava eu nem escrever, desenhar ou ler.(tô ferrada).

Eu: É-e um caderno de desenho vô.

Meu avô parou de comer e me olhou sério.(tô fudida).

(S/v):Eu já disse que não quero que você desenhe.

Eu: Mas vô o senhor sabe que eu amo desenhar.

(S/v): NÃO ME INTERESSA, não quero ver você desenhado.

Eu:AH qual é vô , por que você faz isso comigo, qual é o preblema em eu desenhar que coisa.(falo quase gritando).

(S/v): Não levante a voz pra mim mocinha.

Eu: EU LEVANTO SIM , SABE POR QUE ? POR QUE VOCÊ NÃO ME DIZ A VERDADE , SE ME DISSESSE EU ENTENDERIA .

Eu saí da mesa com muita raiva , subo as escadas enquanto eu escuto mia me chamando da cozinha, eu tava com tanta raiva que ignorei ela entrei no meu quarto e tranquei a porta , deitei na cama e comecei a chorar.

Eu: Por que ele faz isso, eu queria tanto desenhar, ler, escrever, ir pra escola estudar como a mia.

Derrepente escuto um barulho vindo do porão, desço pra ver o que é, mas quando eu abro a porta do porão e logo a luz não vejo mada, só vejo várias telas, latas de tinta e pincéis, eu abri um sorriso peguei uma tela e pincel e comecei a desenhar, não vinha nenhuma ideia na cabeça até que penso em garotos, os garotos dos meus sonhos, não sei porque mas a alguns anos eu tive um sonho com 7 garotos me protegendo e uma mulher atrás de mim, nunca soube o que esse sonho significava mas nem liguei, comecei a desenhar 7 garotos em uma sala iluminada(foto da capa) quando terminei eu abri um sorriso enorme, não sabia que eu podia desenhar desse jeito, como eu tava feliz dei o nome do quadro de Meus 7 Guardiões.

(S/v): (S/N)!!! ONDE VOCÊ TÁ?

Escuto meu avô gritar e como o flash guardei o quadro num baú e tranquei com cadiado, pra meu avô não ver, subi pro meu quarto sem meu avô ver e ele entrou.

(S/v): fiquei preocupado com você.

Eu: Eu ainda tô chateada com você.

(S/v): Querida eu só queria sei bem é pra lê proteger.(fala me abraçando).

Eu: Mas o que tem de mal em eu desenhar .

(S/v): Vamos fazer o seguinte,no seu aniversário de 17 eu conto tudo a você, ok? 

Eu: Tudo bem, mas você vai me conta viu?

(S/v): haha, ok, mas até lá não desenhe nem leia nem escreva ok? Fassa desejos simples com borboletas, flores, bichinhos ok?

Eu: Tudo bem , não vou te desepiciona.(dou um beijo em sua bochecha).

Mia: (s/n) vamos brincar naquele balanço de peneu que seu avô fez? 

Eu: Vamos logo.

(S/V) ON*

Fico feliz em ver minha neta feliz, não quero ver ela triste, mas tem algo que sempre me atormenta eu sinto a presença daquela mulher infernal que me fez mal, eu sinto que ela tá viva, mas seu quadro foi queimado na casa, não acho que ela sobreviveu, mas só quero esquecer e viver o resto da minha vida junto com minha neta .


Notas Finais


Oi lindinhos e lindinhas espero que tenham gostado da fic até a próxima beijos( como Felipe Neto: um beijo na teta esquerda).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...