História Meus irmãos Bangtan - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Park Jimin
Exibições 421
Palavras 1.553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiieeeeee *-*
Estamos chegando em 120 favoritos :o VOCÊS SÃO DE+ *-* <3

Capítulo 31 - Se entregue pra mim...


 Alguns meses se passaram, eu e Mark continuávamos firmes. Eramos nós contra o Mundo, Yoongi se lembrou, mas ainda me sinto mal, eu estou distante dele, ele não troca muitas palavras comigo, não somos mais próximos como eramos antes. Eu e Mi *-* continuávamos melhores amigas, seu relacionamento com Namjoon estava dando super certo, passei de ano, eu e Mi iriamos estudar juntas de novo, infelizmente Sunny e Jay Park iriam estudar na mesma sala que nos. Meu ódio por Sunny só aumentava, depois que ela beijou Mark na minha cozinha, á força, minha paciência acabou por ali. Eu havia arrumado um emprego, das 11:30 até as 16:00, o salário era bom, trabalhava em uma cafeteria, era garçonete, um emprego temporário, Mark me ajudou a comprar um carro, já tinha minha carteira, como eu teria 18 anos na Coréia e 17 no Brasil, estava tudo certo. Mark cuida muito bem de mim, minhas dores do lado direito da barriga pararam. Era apendicite, por um momento Mark achou que eu estava grávida, não que não seja uma boa ideia, mas eu ainda não estou pronta pra ser mãe. Misty continua comendo mais e mais, ficando cada vez mais fofa, Jimin as vezes vem me visitar com os meninos. Eu mudei depois que Sunny fez aquilo com Mark, me tornei uma pessoa fria, vingativa, ignorante, eu estava pouco me fodendo pro que as pessoas falam de mim.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

 Acordei 6:00, meu primeiro dia de aula no último ano seria hoje. Mark trabalha de manhã então, ele sempre vai com seu carro pro serviço e eu com o meu carro pra escola, afinal, minha casa não era nada perto da escola. Fiz minhas higienes e vesti meu uniforme, Mark já estava de saída:

- Tchau meu amor, boa sorte com o primeiro dia na escola, se algum pirralho tentar a sorte contigo, um chute nos bago e um soco no nariz resolve! - ele disse me dando um selinho e saindo do apartamento.

- Bom dia minha princesa... - disse fazendo carinho na Misty. - Você deve star com fome né?! - coloquei comida na vasilhinha dela.

 Mark trabalhava das 6:30 até 13:30 então ele cuidava de Misty á tarde.

 Já eram 7:20. Peguei minha mochila, meu celular, dei um beijinho na Misty, peguei a chave do meu carro e tranquei a casa. Mark tinha uma cópia da chave.

 Cheguei na escola e estacionei o carro, todos me olhavam, Mi e Kook combinaram de me encontrar na frente da sala. Saí do carro e peguei minha mochila. Apertei o botão da chave, aquele que faz o carro trancar as portas automaticamente sabe? Tipo ~Clic Clic ~

 Corri pra frente da escola e recebia olhares e cochichos como: * aquela é a garota que afrontou o Jay Park* * A namorada do Tuan* * A irmã dos populares* * A vagabunda que roubou o meu Mark* e coisas do tipo. Mas também tinha os comentários dos meninos: * Nossa que gostosa* * Porra como o Tuan tem sorte* * Ela ainda vai ser minha*. Como sempre, nem dei importância, guardei a chave do MEU carro na minha bolsa, eu tinha compartimentos '' secretos'' digamos assim, ninguém sabia deles. Cumprimentei Kook e Mi com um abraço e um beijo na bochecha. Estávamos indo pra sala quando alguém me para e se enfia na minha frente:

- Nossa, continua gostosa né? - Jay Park havia me parado e estava fitando meu corpo.

- E você continua idiota né não? - disse e ele deu risada. Mi e Kook estavam parados me esperando assustados - gente, eu encontro vocês na sala, podem ir. - disse

 Ele não estava sozinho, ele estava com um garoto alto, bem bonito por sinal, mas Mark ganhava dele * se controla ______S/N*

- Essa ai é a menina Jay? - ele perguntou andando em volta de mim.

- É sim Sehun, bonita né não? - Park perguntou.

- Sim, muito bonita por sinal... - esse tal de Sehun disse passando a mão em minhas coxas.

- O caralho me solta porra - disse dando um tapa da cara dele e saindo dali. Bom, tentando pelo menos.

 Eu estava saindo quando alguém puxa meu braço fortemente.

- Eu pedi pra me soltar seu babaca - disse olhando pra Jay Park.

- Você mudou bastante né? Está ainda mais marrenta, vamos ver aonde essa marra toda vai parar, talvez... Na minha cama - Jay Park disse rindo safado.

- Seu vagabundo me solta caralho - disse dando um soco em sua cara - eu mudei, estou mais forte também se ainda não percebeu, seu idiota. - disse rindo.

- Uma garota tão bonita não deveria falar palavrões desse calão... - Sehun disse se aproximando de mim.

 Ele me puxou pra perto, sua respiração batia contra meu rosto, seu hálito de menta de drogava, não posso e não vou me entregar. Estou namorando. Sou fiel a Mark, e também, esse é só mais um retardado que anda com o Jay Park, mais um imbecil que se aproveita e depois descarta.

- Me solta imbecil - disse empurrando ele, mas ele segurou meus braços.

 Dei uma joelhada na barriga dele fazendo ele gemer de dor.

- Meus braços estão presos, mas minhas pernas estão totalmente soltas - disse rindo.

 Sai dali o mais rápido possível, deixando os dois infelizes no chão, gemendo de dor. Só de pensar que vou ter que aguentar até final do ano... Me dá até nojo!

- Voltei - disse entrando na sala e jogando minha bolsa na cadeira.

- Demorou ein. - Mi disse.

- Tentaram alguma coisa? - Kook pergunta preocupado.

- Sim, mas, cê sabe que quando alguém meche comigo, ninguém sai bem.

- O que tu fez _____ S/N? - Mi perguntou.

- Quando eles entrarem na sala tu vai ver.

 O sinal tocou, sentei do lado de Mi e na frente de Kook, na parede, fica mais fácil pra poder conversar. O professor entrou na sala e era aula de História, porra segunda feira, e depois História. É de cair o cu da bunda mesmo.

- Bom, sejam bem vindos de novo, meu nome é Kim Dong-yul e serei a nova professora de história de vocês, espero que se comportem, caso contrario: diretoria na certa - ela disse e se sentou.

 Seriam duas aulas de história, a professora até que era legal, as aulas eram interessantes apesar de eu não gostar nada de história. A aula estava seguindo de boas até que a professora sai da sala, todos os alunos se levantaram e começaram a fazer zona. Sinto alguém cheirar meu pescoço me causando arrepios.

- Porra JungKook, não me arrasa não, tô namorando piá! - resmunguei e soltei uma risada.

- Errou, não é o JungKook princesa. - olhei pra trás e era Jay Park.

 JungKook havia mudado de lugar, ele estava do outro lado da sala, Mi também não estava mais ali, ela estava na frente. Sunny estava sentada no ultimo lugar da fila da janela com suas duas cadelas: Sun-Hee, e Hyuna.

- Cara, vai ver se eu tô lá na esquina vai. Volta pro teu lugar capeta - disse olhando pra ele indignada.

- Mais eu tô no meu lugar querida.

  AH FALA SÉRIO! JÁ NÃO BASTA ESTUDAR NA SALA DA SUNNY, JAY PARK E ESSE TAL DE SEHUN, ELES AINDA TEM QUE FICAR PERTO? TOMA NO CU.

- Ah só pode tá de brincadeira - sussurrei e virei pra frente.

 O sinal do intervalo tocou, não aconteceu nada de emocionante do intervalo. Voltamos pra sala e era aula de artes, a professora deixou a gente conversar e se ''divertir'' um pouco, ela liberou total, disse que não fazia mal conversar, desde que fizéssemos os trabalhos.

 Fui até Kook e perguntei:

- Por quê mudou de lugar? 

- A professora pediu, ela disse que seria melhor... Mi a mesma coisa, a professora pediu e lá tá ela, Sehun e Jay Park estão perto de você, isso tá me incomodando... - ele disse.

- Também estou assim...Se eles tentarem alguma coisa. estão fodidos. - disse e voltei pro meu lugar.

 A professora havia liberado celulares também, poderíamos escutar músicas somente com fone. 

 Peguei meu celular e meus fones dentro da bolsa, ajeitei os fones no celular e coloquei os mesmos em meus ouvidos. Coloquei Fire Truck - NCT 127 e comecei a desenhar.

 Estou desenhando, até que sinto alguém puxar meus fones.

- O que você pensa que está fazendo? Não tem amor pela vida não? Perdeu a noção do perigo é? - olhei e vi que era Sehun

- Você fica linda até irritada... - ele disse rindo maliciosamente.

- Você tá mexendo com fogo garoto! - disse tirando meu fone das mãos dele.

- Eu não tenho medo de me queimar - ele disse se aproximando e colocando a mão sobre minha coxa - E você? Sabe com o que você está mexendo? Pare de me provocar garota, quando menos esperar será minha. - ele disse chegando perto de meu pescoço - se renda e se entregue pra mim princesa - ele sussurrou em meu ouvido e em seguida beijou meu pescoço.

 Fiquei imóvel, o que? Como assim? Minhas forças sumiram? E agora? O que eu faço? Ele ainda vai me pagar!

*~ Continua... ~*


Notas Finais


Obrigado por lerem *-*
Obrigado pelo carinho *-*
Comentem! ISSO ME DEIXA MUITO FELIIZZZ!!!
Saranghae Neides *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...