História Meus irmãos Bangtan - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Park Jimin
Exibições 371
Palavras 2.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


_______ S/N E YOONGI FINALMENTE JUNTOSSSSS *-*

Capítulo 36 - Finalmente juntos!


"  Quem era? Por que eu cedi? E agora? O que eu vou fazer?"

Fiquei completamente apavorada, em um momento de distração, uma pessoa que só Deus sabe quem é me beijou. Suas mãos já estavam em minha cintura, ele me puxava contra seu corpo com brutalidade, suas unhas pouco compridas afundaram em minha pele. Gemia de dor com sua agressividade no meio do beijo. Consegui empurrar ele, só olhei a única coisa que dava pra olhar: sua correntinha, com o mesmo pingente do ser que me olhava da janela do meu quarto. 

- Q-quem é você? - perguntei com medo.

- A pessoa a quem você vai se entregar.

 Espera... Eu reconheço essa voz.

- Sehun? - perguntei.

 No mesmo instante abri a porta da salinha com brutalidade e segui correndo pra sala de aula. Todos estavam lá, menos Sehun.

- Não consigo acreditar - disse já tremendo.

 Pouco tempo depois ele entrou na sala e me encarou por alguns instantes. Sua presença? Dessa vez me dava medo.  Como ele sabia aonde eu moro?

A aula passou como um vulto, totalmente rápido, o sinal tocou: Intervalo. Graças ao bom G Dragon. 

 Mi andou com JungKook, a pedido meu. Eu queria ficar sozinha. As aulas acabaram. Yoongi disse que viria me buscar. Esperamos, eu Mi e Kook na entrada da escola, até que ele chega.

- Vamos. - eu disse.

- Ahn... Vamos a pé miga... Estamos afim de andar! - Mi disse.

- É maninha, pode ir... - ele disse sorrindo.

- Oush, tá né.

 Entrei no carro e Yoongi me beijou.

- Boa aula? - perguntou.

- Ataquei na cara da Sunny duas vezes - disse rindo.

- Ahhh queria presenciar esse momento - ele disse gargalhando.

 Yoongi ligou o carro e deu a partida.

- Para aqui, eu já volto.- disse saindo do carro.

 Entrei na cafeteria aonde trabalhava e expliquei pessoalmente pro meu chefe o que havia acontecido.

- Bom, não quero que você venha trabalhar essa semana! Você tem que se recuperar. - ele disse sorrindo.

 Agradeci. Sai e entrei no carro. Quando estava atravessando a rua. Sehun me puxa.

- O que você tá fazendo aqui princesa. - Ele perguntou.

- Não é da sua conta! - respondi e vi que Jay Park e Mark estavam com ele. - Falou de Mark e agora tá andando com ele? Você é um falso mesmo ein - disse me soltando dele.

 Yoongi saiu do carro e veio em minha direção.

- Vamos pequena - Yoongi disse segurando minha mão.

- Mal saiu de um relacionamento e já está em outro? Você é uma vadia mesmo - Mark disse rindo.

 Meu sangue ferveu. Me soltei de Yoongi e fui em direção de Mark. --PÁH-- um tapa na cara dele.

- VOCÊ TÁ FALANDO DE MIM? DISSE O CARA QUE ESTAVA COMENDO A GAROTA MAIS RODADA DA ESCOLA NO CAPÔ DO MEU CARRO. E OUTRA. DOS MEUS RELACIONAMENTOS CUIDO EU, VOCÊ NÃO TEM NADA HAVER COM ISSO! Eu não sou mais nada sua seu cretino! Eu te amava Tuan. Só você que não percebia isso. Agora que você perdeu... Não adianta dar valor! - disse.

- Nassa essa doeu até em mim - Yoongi disse rindo.

- Vamos Suga - apertei a mão dele e entramos no carro. 

 Quando chegamos em casa a primeira coisa que eu fiz foi ir pro meu quarto. Taehy veio falar comigo mas eu ignorei ele completamente.

- Tae, não é uma boa hora... - Yoongi disse

 Entrei no meu quarto e comecei a chorar.

- Para _______ S/N! Rimel custa caro pra ficar chorando por homem! - disse e fui pro banheiro.

*~ Alguns dias depois... ~*

 Mark não veio atrás de mim, Jay Park e Sehun continuavam  a me atentar. Minha barriga já estava aparecendo. 

   Yoongi e Jimin ficavam o tempo todo acariciando e falando com minha barriga.

 - Gente relaxa, ele não vai fugir dai - disse rindo - agora podem parar de se preocupar. - disse abaixando minha camisa.

 Jin, Nam, Tae e Hobi davam risada deles Kook e Mi também eram preocupados, mas não tanto que nem Yoongi e Jimin.

- Porra Jimin sai dai cara - Hoseok disse dando risada.

 Yoongi levantou minha blusa e começou a falar com minha barriga de novo. Eu? Me matava de rir, ele daria um ótimo pai.

 Eu e Yoongi não estávamos namorando, as vezes a gente ficava e tal, todos aprovaram, mas eu ainda acho que não é hora.

Já estava tarde. Eram 20:49, eu estava subindo pra tomar banho. Eu peguei minha lingerie e meu pijama.

 Liguei o chuveiro, senti alguma coisa quente escorrer pelas minhas pernas, era sangue. Como assim? Perdi meu bebê?

- NÃO NÃO NÃO NÃO! - Gritei.

 Mi veio correndo e viu o que aconteceu. Eu havia tido um aborto espontâneo...  Eu não havia completado um mês de gravidez.

  Entrei em desespero. Lágrimas começaram a rolar, Mi me ajudou a colocar a roupa.

- Eu sinto muito - ela me abraçou.

- Eu quero meu filho de volta! Por favor! - sussurrei e desabei.

 Ela me levou pra sala.

- Eu quero meu filho de volta! - disse e abracei Yoongi.

- Eu sinto muito... - Mi disse chorando.

- Por favor! Meu filho! - me ajoelhei e comecei a chorar ainda mais.

 Todos choraram...

 Eu não consigo acreditar! Por quê? Meu filho! Não por favor! Eu quero ele de volta! Eu faria qualquer coisa... Eu realmente queria aquele bebê...

 Fiquei semanas, depressiva, eu estava magra, não comia nada, tiveram que me levar ao hospital.

 Meus estudos? Eu estava levando a sério, ninguém sabia que eu estava grávida, a não ser meus irmãos e Mi.

 Meu psicológico? Completamente fudido! Eu não sabia como iria ser dali pra frente.

 O médico disse que eu poderia ter filhos mas a frente, eu teria que permanecer forte. 

 Voltamos pra casa e eu botei na minha cabeça que eu iria mudar. Me deitei no colo de Yoongi.

- Eu só queria que tudo voltasse ao normal, nossas brigas, nossas gordices, nossos finais de semana, eu apenas queria que tudo desse certo... - disse olhando pra Yoongi - Por quê a vida é tão injusta? - perguntei.

- Vai dar tudo certo pequena... - Jin disse.

- Eu preciso sair... - disse.

- Vamos então! - Tae disse.

 Não, não iria dar tudo certo de uma hora pra outra. Sim eu ainda estava triste. Nada iria dar certo de uma hora pra outra.

 - Vamos aonde? - perguntei.

- Vamos no cinema! - Hobi disse.

- Incrível! Como vocês conseguem me alegrar nos piores dias? - perguntei e corri pro meu quarto.

 Coloquei uma calça jeans, uma blusa com aberturas nos braços e um tênis preto. Deixei meus cabelos soltos, peguei meu celular e um pouco de dinheiro, desci as escadas e todos estavam me esperando.

- Vamos porque minha tristeza foi embora. - disse sorrindo.

- Você tá linda - Yoongi disse.

 Andei até ele e entrelacei as nossas mãos. Ele olhou pra mim e soltou aquele sorriso maravilhoso.

- Eu te amo - disse.

 Ele não respondeu, apenas me beijou.

- SHIPPEI! - Jin gritou.

- Vocês aprovam? - Yoongi perguntou.

- Óbvio! - Hobi disse.

- Vamos então... Amor - Yoongi disse eu sorri.

 Chegamos no shopping. Compramos os bilhetes e assistimos o filme. Sentei do lado do Yoongi. Os outros ficaram na fileira de cima.

 Nossas mãos se encontraram no meio do filme, apenas olhei pra Yoongi e sorri. 

 O filme acabou.

- Preciso de sorvete! - disse e Yoongi me puxou.

 Saímos correndo que nem duas crianças pelo shopping. 

- Pronto - ele disse - Toma - ele disse me dando um sorvete.

- Já te falei que eu te amo? - perguntei.

- Sim, eu eu nem preciso responder que eu também te amo né? 

- Não - disse dando um selinho nele.

 Voltamos pra perto dos Hyungs com os sorvetes na mão.

- Vocês sabiam que pareciam duas crianças correndo pelo shopping? - Hobi falou - OPPPAAAAA SORVETEEEE. 

 Deu um pouco de sorvete na boca do Hobi.

- Hmmmmm geladoooo! - ele disse.

- Já pode parar com essa melação ai. - Yoongi disse

- Ciúme? - perguntei.

- Muito! - ele respondeu.

- Awnnnn que fofinhoo *-* Não fica com ciúme mozãum - zoei com a cara dele.

 Estávamos andando pelo shopping quando dei de cara com Mark, Sehun, Jay Park e Sunny.

 Segurei forte a mão do Yoongi. Jimin estava do meu lado, apenas apertei o braço dele e ele sorriu pra mim.

- Olha só... Um pequeno incesto por aqui... - Sunny disse.

- Tecnicamente falando, não é incesto, por quê não somos irmãos de verdade, só de consideração. - disse piscando pra ela.

- Você ainda é minha ________ S/N, com que autorização você tá de mãos dadas com esse garoto ai? - Mark perguntou me puxando de Yoongi.

- Eu terminei com você a mais de um mês Mark Tuan. Não sou mais sua e nunca mais pretendo ser. E ele não é um garoto, muito pelo contrário, ele é mais homem que você! - Disse rindo.

-- PÁH-- um tapa desferido em minha cara, chorei? Não. O que eu fiz? Um soco na cara bonitinha de Tuan, fazendo ele cair no chão.

- Nunca mais rele uma unha em mim. Seu imbecil! - disse.

 Puxei a mão de Yoongi e pedi.

- Vamos embora por favor. - pedi já chorando.

 Olhei pro lado e vi todos, menos Jimin.

- J-jimin? - perguntei.

 Me virei e vi Tuan, Jay e Sehun segurando ele enquanto Sunny segurava o rosto dele. Apenas andei calmamente em direção a eles.

 Dei um soco na cara de cada um, segurei Jimin pelo pulso e fomos pra casa. Fui pro meu quarto e troquei de roupa, coloquei a camisa do Yoongi e um short curto por baixo. Me olhei no espelho e vi a marca da mão de Mark no meu rosto. Me apoiei na bancada, comecei a chorar.

 Prendi meu cabelo de qualquer jeito e desci, cheguei na sala e todos estavam lá.

- Por que você não fez nada Yoongi? - Jin perguntou.

- Por que ela sabe se defender. - Yoongi disse 

- Exatamente - me intrometi.

 Deitei no colo de Yoongi e Kook perguntou:

- O que acha de outro sobrinho? 

- Nos vamos tentar? - perguntei pra Yoongi.

- Com certeza - ele respondeu.

-Só que por enquanto não. Vou terminar a escola primeiro, talvez depois que eu me formar. - disse.

- Vai aguentar ficar esse tempo todo sem transar? - Namjoon perguntou.

- Opaa, pera pera ke? Maninho, eu não sou viciada em sexo que nem você seu pornô ambulante - disse rindo.

- No que você pretende se formar? - Tae perguntou.

- Vocês acham que eu me daria bem em que? - respondi.

- Modelo - Jin disse.

 Me assustei com o comentário dele.

- Sério? - perguntei incrédula 

- Claro com esse corpão - Jimin disse.

- Opa calma ai Jimin - Yoongi respondeu me fazendo rir.

 *~ Quebra de tempo ~*

 Estávamos cansados, hora de ir dormir.

- Você vai dormir no meu quarto né? - Yoongi perguntou fazendo bico.

- Uhum - respondi.

 Fomos dormir.

 Chegamos no quarto, Yoongi fechou e trancou a porta. Avançou pra cima de mim e me beijou ferozmente, me colocou em cima da cama e passou a mão pelo meu corpo me fazendo gemer baixo. Retirou a minha camisa e meu short, em seguida tirou seu calção e sua camisa, começou a dar chupões em meu pescoço, sem avisos me mordeu.

- PORRA YOONGI - Gemi de dor. Ele simplesmente riu. - Yoongi não... - disse me separando dele.

- Ahhh vaiii - ele pediu.

 E agora? Vou ou não vou? Vou ou não vou? Fiquei nessa por alguns segundos. Acabei cedendo.

- Você vai usar né? - perguntei

- Sim. - ele disse retirando uma camisinha de dentro de seu criado mudo.

 Sem mais demoras ele retirou meu sutiã e começou a dar atenção aos meus peitos.

- Awwwnnn! - puxei os cabelos dele.

 Ele fez uma trilha de beijos até minha intimidade, me fazendo arfar. Retirou minha calcinha e em seguida retirou a única peça que cobria seu corpo. Colocou a camisinha e me penetrou. Sim, eu gemi de dor. Não estava acostumada ainda. Fazia um tempo desde minha última relação com Mark. Eu estava me sentindo completamente rasgada. Minhas unhas estavam afundadas em suas costas.

 Ele pegou minha mão e entrelaçou nossos dedos. Eu não estava aguentando. 

- Shhhh, já vai passar - Yoongi disse encostando nossos corpos. - Posso?

 A dor amenizou, ele continuou com movimentos lentos, a dor se misturava com prazer, uma das melhores coisas.

 Ele me beijou, seu beijo era feroz e calmo, doce e amargo, tudo ao mesmo tempo. Eu realmente amo muito Yoongi.

Chegamos ao nosso apíce juntos, ele se jogou ao meu lado completamente ofegante.

- Eu te amo - ele disse.

- Eu também te amo - respondi.

 Estávamos suados, mas cansados demais pra tomar um banho. Abracei ele e dormimos.

*~ Continua...~*

 


Notas Finais


Obrigado por lerem *-*
Comentem isso me deixa muito feliizz *-*
Saranghae Neides *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...