História Meus OC's - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desenhos, Drama, Incesto, Luta, Ocs, Personagens Originais, Romance
Visualizações 13
Palavras 494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 74 - BURN! e NATASHA


Fanfic / Fanfiction Meus OC's - Capítulo 74 - BURN! e NATASHA

Hoje chego com a rainha das crianças mimadas! A birrenta das birrentas! A Sociopata do cacete! Mary Sue ao contrário! Esnobe e metida! Natasha Ross... Natasha Ross da Silva, porque eu gosto de ferrar a Nat. 

Referências as Crônicas de Gelo e Fogo a parte. Vamos focar na oc.

Essa é a Nat e não. Eu não falei tudo sobre ela, porque eu não estava pronta, mas agora eu estou pronta... Pronta para que? Todo mundo odeia a Nat e nesse capítulo vou explicar o motivo. 


 A Nat é mimada. Acha que o mundo deve girar em torno dela. Acha que todos precisam fazer o que ela quiser e se não fizerem? Ou ela chora até fazerem ou ela manipula tudo para conseguir o que quer. Sabe qual a pior parte? Ela sempre consegue. O lema dela é: Nat sempre vence. 

Nat é egoísta é possessiva com as suas coisas. 

Ela é metida. Gosta de esnobar os outros ao seu redor. Inventou o Bullying antes do próprio termo existir. Isso se o termo não tiver sido inventado por causa dela.

Ela é bonita. Muito bonita. Rainha dos Rococós e das roupas extravagantes, a Nat lacra mesmo. Pradraozinho. Sem uma gordurinha a mais. Nem manchas na pele. Nada. Ela é perfeita.


Sim. Aparência acima de tudo para ela. Não, a Nat não era assim, tanto que quando o Chaos conheceu ela chamava de garoto. Mas a mãe dela se importava com a aparência acima de tudo e isso foi algo que ela pegou. Ela acha que todos vão gostar dela se ela for bonita.

Ela usa uma fita vermelha no pulso. Igual ao Near. Isso se deve ao fato de uma antiga lenda japonesa que diz que todos tem uma fita vermelha na ponta do pulso e a pessoa do outro lado da fita é nossa alma gêmea. O Near deu uma para ela e ela não tira. Nem ele. Não importa com quem estiverem ou o qual irritados estiverem, tirar a fita seria romper totalmente a relação dos dois e nenhum dos dois ousa. 

Por falar em relação com o Near. O Near faz tudo para ela e ela não faz nada para o Near. Só faz ele de trouxa mesmo, porque a vida é assim. E quando ele se irrita, ela se irrita e eles brigam.

Outra coisa que a Nat ama é dinheiro e comprar. Mas vamos dar um desconto pra ela. Por quem não gosta de dinheiro e de comprar? 


 Há, já ia esquecendo...

Tradução? Tradução! 

Sua pele é perfeita, tudo no lugar.

Ela quer ser eleita a mais bonita e popular.

Nada de bebidas, nada de fumo.

Sua droga favorita é mesmo o consumo.

Ela olha em volta, mas não vê pobreza.

Que os outros comam o que sobrar de sua mesa!”

Isso é uma música do Capital Inicial chamada Maria Antonieta. Eu até amo a letra, mas destesto o ritmo, porque a vida é triste. 

Bem. Essa mimada, egoísta, malvada, consumista é a Nat. Já podem odia-la.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...