História Meus Pêsames ✾ Rafael Lange (Em Edição) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Cameron Dallas, Camila Cabello, Dolan Twins, Felipe Z. "Felps", Fifth Harmony, Gabriel "MrPoladoful", Gustavo Stockler (Nomegusta), Lily Collins, Matheus Neves "Pk Regular Game", Phoebe Tonkin, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Personagens Alan Ferreira, Ally Brooke, Cameron Dallas, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Ethan Dolan, Felps, Gabriel Tenório Dantas, Grayson Dolan, Gustavo Stockler, Lauren Jauregui, Lily Collins, Matheus Neves, Normani Hamilton, Personagens Originais, Phoebe Tonkin, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Tags Ação, Cameron Dallas, Camila Cabello, Cellbit, Crime, Darkfic, Dead To Me, Dolan Twins, Drama, Fifth Harmony, Hot, Lauren Jauregui, Longfic, Melanie Martinez, Morte, Rafael Lange, Sage Tullis, Tragedia, Youtubers
Visualizações 328
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello my little friends!
Eu sei que era para ter postado no dia 10, mas eu fiquei doente e não deu para escrever.
E também quero deixar algumas coisas avisadas!
Se você não gosta de ler nada que contém cenas de sexo explícito, NÃO leia essa fanfic.
Era só isso mesmo.
Beijos e boa leitura. <3

Capítulo 1 - The Beginning


Sage Tullis Point Of View

03:07 da manhã

—Cameron — Murmuro enquanto minhas mãos deslizam pelo meu cabelo úmido. —O que vamos fazer?

—E-eu não sei. — Sua voz era trêmula, me aproximo dele arrastando os pés no chão.

—Eu não quero ser presa! —Ele se vira e me da, um abraço, me sentia segura nos braços de Cameron. —O que eu fui fazer?

—Calma, eu não vou deixar nada acontecer com você. —Suas mãos foram para meu queixo, fazendo-me olhar para Cameron. —Eu te amo, Sage.

—Também te amo, Cameron. — Sorrio e afundo minha cabeça em seu ombro. —Você é tudo para mim. — Ouço alguns barulhos vindo lá de fora, olho para Cameron assustada.

—Não posso deixar que te levem… se esconde! — Faço um sim rápido com a cabeça e caminho até o armário de roupas.

—Isso vai dar merda. — Mordo meu lábio inferior, enquanto fechava a porta e me encolhia no local abafando e escuro.

Podia ouvir algumas vozes, queria saber onde estava Cameron agora. Com cuidado, empurro a porta e dou uma breve olhada.

—Eles já foram. — A voz de Cameron me assustou, saí de dentro do guarda-roupa e olhei para ele.

—Menos mal. — Falei baixo. — Temos que sair daqui. — Comento, enquanto pego um casaco preto e o visto rapidamente.

—A Polícia — Uma pausa e um leve suspirar. — Eles vão encontrar você, eu não posso deixar isso acontecer.

—O que vai fazer? —Pergunto curiosa, colocando o capuz e indo até minhas botas preferidas.

—Eu vou fazer isso no seu lugar, vou me entregar para a polícia. — Eu sorrio, terminando de calçar as botas.

—E o que faremos com Wesley? — Pergunto me referindo a nosso irmão caçula.

—Leva ele com você, seja lá para onde for. — Balanço a cabeça para afirmar.

—Tchau! Cameron. — Me aproximo dele, com as bochechas rosadas e beijo o lado direito de seu rosto.

—Tchau! Minha pirralha! — Um sorriso tomou conta de ambos os rostos e o abracei. Após me soltar dele, andei até o quarto de Wesley e com cuidado abri a porta.

—Wesley? — Coloquei a mão sobre o interruptor e acendi a luz, o quarto logo ficou claro e pude ver meu pequeno irmão dormindo tranquilamente. Andei até a cama do garotinho, tentando ao máximo não fazer muito barulho.

Em suas mãos um pequeno ursinho de pelúcia, eu me lembro de ter ido com meus pais comprar o objeto, era o presente de aniversário dele, meu presente de aniversário para ele.

Flashback on

—Mamãe! — A chamei sorrindo largo.

—O que foi minha querida? — Ela segurava uma sacola grande em sua mão esquerda.

—Eu andei juntando o que sobrou da minha mesada, acha que posso comprar algo para Wesley também? — Ela me olhou, passou a sacola para meu pai, que estava atolado de sacolas de tamanhos variados.

—Vamos ver quanto você tem, Sage. — Ela tomou a minha pequena bolsa, contou os trocados e sorriu. — Andou economizando bastante mocinha. — Suas mãos se esticaram, me devolvendo a bolsinha cor de rosa.

—O que eu posso comprar, mamãe? — Falo colocando uma de minhas mãos no bolso do casaco.

—Vamos escolher um brinquedo? — Ela falou com uma voz divertida, sorri e fiz um sim com a cabeça. — Então vamos. — Nossas mãos se juntaram e ela me guiou até uma grande loja.

Um brinquedo na vitrine me chamou atenção, olhei para uma moça que limpava o vidro, ela sorria largo, parecia estar extremamente feliz.

Entrei no local, junto com minha mãe e logo pude sentir um frio criado por conta do ar-condicionado. O cheiro de brinquedos novos me cativaram, mas eu tinha um objetivo, comprar o presente do meu irmão mais novo.

Olhei para todos os lados, tentando achar o carrinho que vi na vitrine, mas uma coisa me chamou ainda mais a atenção, bem ali, junto com outros brinquedos um lindo ursinho braco, com um casaquinho azul-claro.

—Mamãe! — A chamo, o objeto ficava muito alto e eu precisaria dela para pegar o mesmo.

—O que foi meu bem? — Ela sorriu vindo até mim, tocou meu rosto com sua mão macia e olhou para o mesmo ponto que eu.

—Quero aquele ursinho! — Ela me olhou e procurou por uma atendente com os olhos, assim que avistou uma mulher usando o uniforme da loja foi até ela.

—Com licença, moça. — Sorriu e passou a mão pelo braço esquerdo. — Poderia me dizer o valor daquele urso de pelúcia?

—Boa tarde, senhora. — Começou a mulher, nem me dei ao trabalho de ouvir suas palavras, queria apenas pegar o meu presente e levar até meu irmão, ver a felicidade no rosto dele e comer o bolo no fim da festa.

Por fim a mulher pegou o ursinho e deu para a minha mãe, ela segurou o objeto e me olhou, sorri e andamos até o caixa, onde havia uma outra mulher, ela parecia ter seus vinte e cinco anos ou mais.

Flashback off

Aos poucos seus olhos se abriam, um sorriso se formou nos lábios do pequeno ao me ver.

—Wesley, precisamos sair. — Acaricio o rosto do menino, sorrindo de lado.

—O que houve? — Ele parecia casado, levou sua mão até o olho e o coçou.

—Nada com que você deva se importar. — Fui até o armário de roupas, peguei uma camiseta que tinha um super-herói estampado, acho que era o Batman, não sei. Uma calça jeans, um casaco e olhei para ele. — Vista-se.

—Cadê a mamãe e o papai? — Ele levantou-se e eu entreguei as peças de roupa para Wesley.

—Eles estão no céu agora meu querido. — Suspiro, enquanto Wesley trocava de roupa, ajudo ele a por o casaco e o tênis. — Mamãe e papai estão em um lugar maravilhoso. — Conclui, vendo-o torcer o nariz sem entender muito bem.

—Podemos levar o Toni? — Ele se referia ao seu ursinho de pelúcia.

—Claro! — Pego o ursinho e dou para ele. — Vamos? — Wesley sorri concordando e saímos do quarto, eu olhava para todos os lados.

—Para onde vamos, Sage? — Perguntou Wesley, peguei meu celular e desbloqueei a tela, abri a conversa de um amigo meu, que havia ficado de nos levar para algum lugar. Vejo que iriamos viajar para um outro país.

—Vamos dar um passeio em São Paulo. — Sorri e guardei o celular, abri a porta do carro e entrei, Wesley fez o mesmo e partimos para o meu destino.

Estava quase chegando ao local de encontro com meu amigo, olho para uma mulher, era uma bela garota de pele mais escura que atravessava a rua.

—Sage, a moça! — Quando ouvi a voz de meu irmão, já era tarde demais.



Notas Finais


E chegamos ao fim de mais um capítulo, está pequeno? Sim muito!
Mas esse é só o primeiro capítulo, quero ver se isso vai dar certo.
E para dar certo preciso saber o que vocês estão achando, então preciso de comentários.
Beijocas! Vou tentar atualizar o mais rápido possível! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...