História A vida de um adolescente comum - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Bullyng, Colégio, Escola, Problemas, Romance
Visualizações 2
Palavras 498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa tarde leitores, esse pode ser o inicio de uma grande historia, ou de um grande fracasso rs
A mudança da letra serve para diferenciar os tempos, sei que você vai conseguir entender durante a leitura. Espero que gostem :-)

Capítulo 1 - Douglas, o famoso erro.


Olá diário, ou amigo, ou mente, seja lá o que você for, Vou te chamar de psi, embora você não exista realmente para poder me aconselhar, eu me sinto bem por finalmente estar me abrindo para alguém. Antes de qualquer coisa vou te explicar algumas coisas.

1 - Meus problemas psicólogicos. Sim, seu nome é um trocadilho da palavra psicólogico, algo que eu creio que já perdi faz tempo, então resolvi te criar para poder organizar meus pensamentos que são uma verdadeira bagunça. Pois bem, vou te contar como conseguir tantos problemas, como eu consegui desgraçar minha vida que era uma perfeita, ou quase isso... já chegaremos lá, mas antes você precisa saber que eu sofro de ansiedade e sindrome do pânico, sofro também de uma doença chamada de frescura por todos, vulgo depressão, pois é, sou bom com piadas. Aliás eu nem me apresentei né? Meu nome é André e eu tenho 15 anos, hoje estamos no dia 12/06, mas vamos voltar no passado, bem passado, pra época em que tudo começou. Você consegue imaginar como eu sou? Claro que consegue, pois bem, Tenho altura média, olhos castanhos, cabelo liso (igual ao Becky da série "Victorious") e também lábios carnudos (meu grande problema).

Agora que você ja imaginou tudo vamos dar uma voltada no tempo para tudo se encaixar...

Dia 05/02 de 2016- 10:40 da manhã

- Bom dia meu bêbê

- Bom dia mãe, não me chame assim tá?

- Não importa o quanto cresça você será sempre meu bêbê, agora vai ser tomar café que logo logo tem aula.

(Minha casa não era muito grande na época, meu quarto era meio pequeno mas cabia minhas coisas hehehe.)

Quando minha mãe saiu do quarto eu olhei para a janela e o sol estava radiante, o canto dos pássaros estava em ótimo tom e tudo parecia estar sobre ótimo estado, menos uma coisa.

- QUE QUE É ISSO AQUI??

Quando olhei para meu colchão estava melado, sim meus jovens, eu ejaculei pela primeira vez 

(ACREDITE EU NÃO ME SINTO BEM CONTANDO ISSO PARA VOCÊS) 

E quando me deparei com aquilo percebi que minha vida ia mudar, mas para pior.

Dia 05/02 - 12:50

- Tchau mãe, estou indo para escola, me deseje sorte

- Tchau filho te amo, sei que vai se dar bem.

No caminho da escola me deparei com dois meninos que não iam muito com a minha cara desde a 5 série, pra falar a verdade não sei o real motivo.

 - Eai André, escola nova né? Eu acho um barato todos nós sermos da mesma escola. 

("SERMOS"  existe? Por Deus ele é muito burro, ou sou eu?)

- Eu também acho douglas, afinal você vai poder tirar sarro de mim, mais do que já tira, No fundo eu acho que você me ama, sabe?

todos os amigos deles riem e Douglas dá aquele sorriso de vergonha e humilhação mas com tom de ironia diz: 

- pode ter certeza que não, babaca.

 Todos continuam rindo e eu não dou bola

 (Eu queria estar errado sobre o Douglas, realmente, eu queria)






Notas Finais


Esse é o começo, não sei se vcs gostaram, mas se sim, me avisem para eu continuar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...