História Meus queridos irmãos vampiros - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki
Tags Mikki Yamada, Mizuki Kondou
Visualizações 78
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


espero que gostem por favor comentem e digam me o que acham

Capítulo 9 - 5-Não quero mas tenho de ir...


Fanfic / Fanfiction Meus queridos irmãos vampiros - Capítulo 9 - 5-Não quero mas tenho de ir...

#Mizuki On#

Estava tendo um pesadelo horrível, com a minha mãe e tudo aquilo que aconteceu no passado quando ouvi o despertador e acordei, quando abri os olhos, já eram 11:15, eu estava atrasada mas fiquei feliz porque tive o prazer de ver o Kou ainda dormindo então tudo bem (risada), levantei-me e fui tomar um duche, pus uma maquilhagem bem discreta e pouco elaborada visto que eu seria maquilhada quando chegasse a seção fotográfica, vesti o primeiro conjuntinho bonitinho que encontrei, fui a cozinha fiz o pequeno-almoço/almoço para eles (já eram horas de almoço para as pessoas normais, embora não tenhamos culpa porque passamos a noite acordados, eu com os meus pensamentos e eles na escola) e saí.

Quando cheguei ao set encontrei lá o meu agente, e ele aproveitou para me falar de uma oportunidade única um produtor e realizador tinha me visto e queria saber se eu estava interessada em fazer um filme!!! Para além disso queria que eu cantasse, dá para acreditar! Parece que esta a cair-me tudo do céu!!! Realizei a secção fotográfica e devo dizer os conjuntinhos eram muito fofos mas gostei de um em especial, e para minha sorte eles ofereceram-me o conjunto!!!

Quando cheguei a casa já estavam todos acordados exceto o Yuma, o mesmo preguiçoso de sempre, eles já tinham comido e eu aproveitei para pegar apenas num pão com manteiga já que não tinha fome.

-Só vai comer isso Mizu?- disse o Kou olhando para mim preocupado.

-Não tenho muita fome a secção de fotos não foi tão cansativa como pensei…-disse sentando me no mesmo sofá que ele a ver televisão.

Estivemos a conversar cerca de meia hora quando o Ruki me perguntou:

-Mizu, hoje você vai à escola certo? Você tinha prometido que ia…

Naquele momento o meu sorriso desapareceu e eu fitei a mesa de centro:

-Sim eu sei, eu não esqueci não se preocupe Ruki..,-disse olhando para ele e forçando um sorriso.

Quebra de tempo

Já estava na hora de ir para a escola, e eu não podia conter o nervosismo, Kou reparou nisso e para me acalmar deu-me a mão, o que não passou de despercebido pelos irmãos, então Ruki olhou para nós e disse:

-Vamos!

Eu acenei com a cabeça e entramos, da casa a escola foram pouco mais de 10 minutos, quando chegamos o Kou fez questão de me dar a mão, e ao entrar pude ouvir varias coisas como:

“Olha se não é aquela estupida, agora que os Sakamaki a deixaram já foi a correr ter com os Mukami é mesmo uma vadia”

“Ouvi dizer que ela foi escolhida como rainha das flores e os Sakamaki não gostaram, até que foi corajosa, talvez eu pense em ser amiga dela”

Eu tentei não mostrar parte fraca e continuei de cabeça erguida, até uqe ouvi o comentário:

“É normal termos vontade de rebentar com a cabeça de alguém? É que se eu pudesse essa vadia miserável teria a cabeça furada em menos de 5 segundos, como ele pode ter coragem de aparecer aqui com os Mukami depois de já ter ido para a cama com todos os Sakamaki ela é mesmo uma vadi….-Não pude ouvir mais nada pois Yuma apertou lhe o pescoço e disse:

-Se você tem vergonha por ser um lixo, não saia por ai descarregando em cima dos outros, nem todos são bosta feitos vocês….

#Mizuki Of#

#Autora On#

Ei lá!!! Que a coisa esta má para aqueles lados! Mas enquanto esta confusão toda estava acontecendo haviam 6 rapazes que não poderão deixar de olhar para a sua one-san, mas um em especial, o cabelo com cor de couve estragada, ou devo dizer Reiji, ele tinha passado vários dias a pensar nela, onde ela estaria, nem por um segundo tinha deixado de pensar nela, mas agora estava extremamente enfurecido, no final ela estava realmente com o Kou até de mãozinhas dadas estavam, para além disso ele podia perceber perfeitamente que os outros também já estavam a começar a ter sentimentos por ela, ele nunca se tinha sentido tão nervoso assim a ponto que teve de sair para ir a casa de banho, e quando chegou lá percebeu que os seus olhos estavam cada vez mais vermelhos, mas não era aquele vermelho clarinho que quase passa de despercebido, os seus olhos estavam vermelhos cor de sangue…

Ele estava nervoso, mas não só com o que via, mas sim por saber que ele tinha deixado aquilo acontecer e tudo por ciúmes, ele sentia se mal… Ele arrependia-se por ter deixado que os seus irmão tivessem tido o gostinho de sentir o rosto da sua Mizu! Pois ele realmente a amava e queria que ela fosse só e apenas dele…

Após 5 minutos, ele já estava mais calmo e decidiu voltar para a sala, mas arrependeu-se vivamente pois quando chegou pode ver Mizu que claramente o ignorou a falar com o seu querido e adorável melhor inimigo, o Kou, o que não melhorou o seu humor, neh?

Mas vou deixar a Mizu retomar a história…

#Autora Of#

#Mizuki On#

Depois da grande discussão com o estupido rapaz que fez aquele comentário, e depois de os Mukami o terem feito pedir desculpas de joelhos, fui para a minha sala acompanhada pelo Kou, paramos ao pé da porta e eu pedi-lhe desculpas por tudo aquilo, que tinha acontecido, pois eu realmente me sentia culpada ao que ele respondeu:

-Mizu tu sabe perfeitamente que eu não quero que você me peça desculpas, a culpa não é sua por existir tanta mediocridade no mundo…

-Sim eu sei mas eu não queria nada que vocês se metessem em confusões por mim…

-Esquece isso…

Enquanto conversávamos e ria-mos passou por nos o meu irmãozinho Reiji, que eu prontamente ignorei com todo o gosto, e consegui perceber que ele não gostou nada disso, mas paciência…

Quebra de tempo

Depois da aula fui à biblioteca mas quando lá cheguei não havia ninguém, nem sinal de alunos, ou sequer bibliotecária, quando ouvi alguém entrar eu fui até a porta ver quem era, nem tentei olhar para trás, quando vi quem era tentei sair mas ele fechou a porta e nós ficamos trancados, nisto eu disse:

-O que você quer Reiji!

-Então ele olhou para mim e disse…..

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...