História Meus Queridos Professores - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Bffs, Faculdade, Romance, Sexo
Exibições 16
Palavras 1.293
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


espero que gostemmm

Capítulo 16 - Capítulo 16


 

Por Carly

Chegamos em casa e rapidamente fomos tomar nossos banhos, e fazer maquiagem eu usei as roupas que comprei no shopping, um cropped preto com um brilho e um short jeans preto rasgadinho e uma bota que eu apaixonei quando comprei, a bolsa da Chanel que comprei hoje e fiz uma make básica.Cloe saiu do banho e foi colocar a roupa que comprou que é um cropped preto tomara que caia, um short branco com alguns detalhes, um colar e uma sapatilha de bico dourado, e fez uma make forte.

- Que gatinha – Eu disse.

- Você que está uma gata – Disse Cloe me analisando.

Ficamos na sala tirando foto e postando, quando batem na porta Cloe foi atender e deu de cara com o John que estava lindo.

- Oi princesa – Disse John dando um selinho.

- Oii amor – Disse Cloe retribuindo o selinho.

- Ficou mais loira está mais linda ainda – Disse John.

- Amor você reparou obrigada lindo – Disse Cloe.

Logo Luís entra e vai até mim.

- Que gostosa em – Disse Luís.

- Você que está gato hoje – Eu Disse dando um selinho.

E fomos para a boate eu fui no carro com o Luís e Cloe foi no outro carro com John, demorou um pouco para chegar por causa do transito, chegamos lá e estava lotado os meninos pagaram as entradas e entramos na boate.

- Já quero um whisky – Disse Cloe indo até o bar.

- Amor pega uma vodka pura pra mim? – Eu disse.

- Pura? E amor pego sim vou beber pouco hoje para toma conta de você – Luís disse me dando um beijo.

- Vai beber amor? – Pergunta Cloe.

- Só um pouco para fica de olho em você princesa – Disse John beijando Cloe.

Começou a tocar funk eu estava no segundo copo de vodka e já estava meia tonta, decidi ir dançar puxei Cloe pelo braço que também estava tonta e começamos a dançar.

- Chão Chão Chão – Disse Luís e John pra gente.

Então eu e Cloe descemos até o chão e fizemos amizade com algumas meninas que estavam dançando funk também.

- Vocês dançam muito bem-Disse Maria uma das meninas que fizemos amizade.

- Obrigada – Disse Cloe.

Logo de cara percebi que essa Maria queria segundas intenções ou comigo ou com Cloe, e já comecei a ficar esperta.

- John se liga na tal de Maria em ela parece gostar só de mulher e tá dando muito papo pra Cloe – Eu disse para o John.

- Tó esperto Carly relaxa – Disse John.

Fui para perto de Luís e comecei a dançar funk encostando nele que ficou doidinho. Logo Luís colocou suas mãos na minha cintura e começou a dançar junto comigo.

Por Cloe

Eu estava conversando com a Maria que não parava de puxar assunto comigo, então fui até o bar e pedi uma pinga dessa vez logo Maria chega no meu ouvido.

- Te achei muito gata sabia? – Disse Maria.

- A obrigada Maria mas gosto de homens sabe? – Eu disse morrendo de vergonha.

- A Cloe desculpa ai foi mal – Disse Maria.

Na mesma hora chega John me puxando para ele, e Maria se retira.

- John sabia que ela estava afim de mim e eu nem percebi – Eu disse.

- Normal princesa – Disse John.

Peguei a bebida e logo lasquei um beijo caloroso e bem gostoso, em John que me levou para a pista de dança e começamos a dançar o funk, quando olho para a porta de entrada vejo Ana e Roberta com vestidos floridos.

Quando eu vi eu comecei a rir alto e John passou vergonha e me beijou para que eu parasse de rir.

- Princesa fica queta – Disse John.

- Não tem como John olha só na roupa de balada – Eu disse tonta e rindo.

Carly aparece rindo então ficamos igual duas idiotas rindo delas, que lançaram um olhar para John e Luís e logo começaram a meio que dançar funk para eles, isso tirou eu e Carly do sério que fomos dançar perto delas mesmo bêbadas ainda sabíamos fazer quadradinho.

E meio que fizemos uma batalha de dança na nossa cabeça, e começamos a dançar até o chão e John e Luís ficaram torcendo para a gente obvio.

- Vocês duas se acham ne? – Disse Ana.

- Não é a gente que está com roupa de arvore aqui não querida – Disse Carly rindo.

- Árvore? – Disse Ana furiosa.

- Você vai ver o que e arvore querida – Disse Ana começando a rebolar até que seu vestido rasgou bem no meio da sua bunda e mostrou sua calcinha fio dental rosa, ela tampou o rasgo com a mão e foi correndo no banheiro.

- Vixi – Eu disse.

- Vixi o que garota vai cuida da sua vida – Disse Roberta indo atrás da amiga.

- Ela vai ver MARIA! – Eu disse indo até Maria.

- Eai Cloe desculpa – Disse Maria.

- Ei relaxa tem uma amigona minha se chama Roberta ela te achou muito gostosa e está doida para te pegar ela falou que é só chega beijando. – Eu disse.

- Quem e ela – Disse Maria.

Eu expliquei e depois fui no banheiro com Maria e mostrei quem era, logo Maria ficou esperta e só esperou Roberta sair para ficar com ela.

- Voltei – Eu disse beijando John.

- Princesa o que você fez? – Pergunta John.

- Você verá amor – Eu disse beijando John.

Carly estava do nosso lado se agarrando com Luís, até que finalmente Ana sai com Roberta ao seu lado e vejo que costurou o vestido, e Maria vai até Roberta á beijando.

- Está louca menina? – Disse Roberta se afastando.

- Louca para te beijar gostosa – Disse Maria.

- QUE O QUE GAROTA? Não quero nada com você – Disse Roberta.

- Cloe disse que você estava afim devo ter escutado errado desculpa – Disse Maria saindo de perto e deixando Roberta com cara de taxo.

- Amiga venenosa eu amei – Disse Carly.

Depois ficamos bebendo mais ainda, eu e Carly subimos nas mesas e começamos a dançar bastante e Ana e Roberta já tinham ido embora, saímos da balada era 6 horas da manhã sim fomos os últimos a sair.

- Que carro lindo amor – Eu disse bêbada.

- Obrigada agora vem e entra amor – Disse John, me levando até a porta e me colocando lá dentro.

Carly estava pior teve que ser carregada por Luís porque nem andar ela conseguia, nossa conta tinha dado 4 mil reais só de bebida, nessa parte nós ajudamos os meninos a pagar a conta. Chegamos em casa e John me pegou no colo me deu um banho tirou minha roupa e colocou um pijama em mim e me pos pra dormir, me senti um bebe.

- Princesa vou para casa está bom – Disse John me dando beijinho.

- Amor fica comigo quero você dorme aqui – Eu falei meio grogue.

- Tá bom – Disse John.

Luís fez o mesmo para Carly que vomitou no balde umas 4 vezes seguidas, Luís deu um remedinho para ela e deu um banho, depois colocou ela para dormir, e Luís dormiu com ela.

Por Roberta

Algumas horas atrás...

- Ana essa Cloe está ferrada escreve o que to falando vou destruir o relacionamento dela – Eu disse.

- A Carly e outra idiota – Disse Ana.

- Cheguei – Disse Maíra.

- Finalmente em – Disse Ana.

Eu e Ana começamos a contar para Maíra o que a vaca da Cloe fez.

- Essa Cloe está ferrada – Disse Maíra.

- O que está pensando? – Perguntou Ana.

- Em breve você verá, mas essa vez eu tenho certeza que John e Cloe irão terminar de vez e depois ferramos com a Carly e o Luís também – Disse Maíra.

- Fechado – Disse Ana e Roberta.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...