História Meus últimos momentos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Exibições 1
Palavras 466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Recaída


Jung Hoseok: Chegando em casa eu perguntei a Taehyung: "como vai sua mente? Melhor?" Ele me respondeu com a simples frase: 

"Só de te olhar já me faz sentir uma coisa boa e já me sinto melhor" 

Eu não entendi por que então ele queria ir pra Seoul! Aah Taehyung, sempre me surpreendendo! 

Era segunda feira de tarde, um dia e meio depois de nossa volta para Seoul, escuto uma batida na porta, não podia ser Taehyung, ele só chegava do trabalho à noite, atedi a porta e era o proprietário da nossa simples casa de um quarto e uma sala com cozinha tudo junto, ou pra ser mais preciso, conjugada. O proprietário estava com um papel em suas mãos, era um aviso de despejo, eu não entendi pois, havíamos pago o aluguel do mês com dois dias de antecedência, antes de irmos para Busan, eu mesmo havia dado o dinheiro a Taehyung para que pagasse, disse isso ao proprietário rabugento mas ele negou dizendo que não falava com Taehyung à semanas, daí eu entendi, Taehyung estava chegando mais tarde em casa, com bafo se whisky, eu perguntava sobre o seu hálito mal cheiroso e ele dizia sempre que os amigos e ele tomavam um gole ou dois depois do trabalho, mas era difícil de acreditar pois ele se atropelava nas palavras de tão bêbado, eu deixava pra lá pois realmente acreditava que ele e os amigos bebiam depois do trabalho. Naquela noite de segunda Taehyung chegou uma hora depois da hora que ele costumava chegar, eu perguntei a ele sobre a bebida e ele  me disse a mesma coisa que me dizia sempre. Esperei ele dormir e no dia seguinte (terça feira) eu perguntei pra ele o que ele andava fazendo depois do trabalho, ele começou a chorar, aquilo me cortou o coração. Ele me falou que tinha uma coisa da qual qieriae contar, eu fui todo ouvidos à ele. Ele disse que não trabalha a uma semana, me pediu desculpas por me deixar trabalhar enquanto ele enchia a cara no bar, eu perguntei pra ele por que ele fazia aquilo?! Chorando ele me disse que foi uma recaída, o coitado soluçava de tanto chorar, no,s deitamos na cama e eu o acalmei, bem eu estava com uma certa raiva, mas era uma raiva passageira, passou depois de termos nos amado no escuro. Bem o aviso de despejo era até o mês que vem, pedi um adiantamento no meu pagamento e conseguimos sair da situação de aperto, foi difícil, mas nada que qualquer casal junto não consiga passar. 

Deitado naquela cama eu pensava: como Taehyung podia fazer aquilo com a gente? Que recaída ele teve? Por que? Essas eram as perguntas das quais fazia pra eu mesmo e das quais eu jamais saberia a resposta!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...