História Miau? - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Daehyun, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Zelo
Tags Hopemin, Hybrid, Jihope, Namgi, Sugamon
Exibições 131
Palavras 548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Fluffy, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Caps de transição, então pode ser que vocês entendam tudo no próximo em diante. Gente eu fiz uma YoonMin PWP recentemente( não tão recente assim KK) e resolvi continuar ela nas férias, vou deixar o Link, se puderem dar uma passada por lá e deixarem um comentário eu agradeço. Deixo o Link no final.

Espero que gostem desse, está curtinho, mas é o que da para fazer TT^TT to fechando notas na faculdade esses dias, então está bem difícil.

Capítulo 20 - Eu te odeio NamJoon.


Fanfic / Fanfiction Miau? - Capítulo 20 - Eu te odeio NamJoon.

Capítulo 20 – Eu te odeio NamJoon.

– Ei! Está tudo bem. – NamJoon amparou o seu pequeno marido na cama daquela gélido e deprimente ambiente hospitalar.

– Não, seu desgraçado me larga, eu te odeio. –

– Eu aconselho o senhor se afastar, é para o próprio bem dele. – Um senhor de idade pediu gentilmente afastando NamJoon daquela cama.

– Ele vai ficar bem? – Questionou antes de sair daquele quarto para ir ao hall de entrada. Estavam no mais luxuoso hospital daquela cidadezinha de híbridos.

– Eu lhe assegurou que sim, agora saia, por favor, nós iremos cuidar dele. – E assim NamJoon fez.

Saiu daquele quarto soltando um suspiro audível de seus lábios. Tentava há uma semana entender o que acontecia com o seu pequeno. Tudo começou depois que assinou um contrato de exclusividade com um cliente japonês. Era um cliente importantíssimo, inclusive uma parceria que seu sogro não foi capaz de fechar enquanto ainda era chefe majoritário da sua empresa. Coube a NamJoon cuidar daquilo, e assim ele o fez. Porem, como nada vem de graça na vida passou a sair mais tarde da empresa onde ficava com o seu sócio e amigo JaeBeom cuidando para que tudo desse certo da melhor maneira possível.

Estava cansado, só queria chegar a casa e dormir nos braços macios e esguios de seu gatinho. Lua poderia ficar velho e cheio de rugas, ainda assim, tinha certeza que acharia macio e confortável aquele colo. O que diabos estava acontecendo com YoonGi afinal?

– Pai! – YongJae entrou seguido de DaeHyun naquele quarto. – O que aconteceu com a minha mãe? Ele está bem? – Jae perguntou se aconchegando nos braços fortes e protetores do namorado.

– Hey! Calma meu anjo. – Ele vai ficar bem. – Alisou os cabelos do seu filho e sorriu timidamente para DaeHyun. Notou a preocupação de seu genro em seus olhos. – Ele está bem apenas um pouco agitado.

– Cadê ele? – A senhora Kook entrou desbravando novos mundo pela porta daquela ala hospitalar seria uma cena totalmente normal para um filme de guerra e totalmente estranho para aquela situação. Seus sogros estavam preocupados, era nítido na forma como olhavam para seus olhos buscando respostas.

– Eu não sei. – O homem se sentou e passou as mãos por seus cabelos. Ele já vem me tratando diferente há algum tempo. Esses dias, disse na frente do nosso filho que me odiava que eu deveria devolver a sua pureza, e agora eu acordei no meio da noite com ele me dizendo que me odeia. – Sua voz era chorosa e carregada de dor. NamJoon Abaixou a cabeça tentando esconder o seu pranto diante dos demais que estavam naquela sala.

– Ai meu Deus. – Kook gritou alegre e abraçou o marido eu olhava em seus olhos radiantes. Mal podia conter seus dentes branquinhos e seu sorriso quadradinho.

– Vôs, vocês podem me explicar qual a alegria? – DaeHyun olhava confuso para os mais velhos assim como seu namorado e seu sogro.

– É simples meu amor, você vai ter um irmãozinho ou irmãzinha. –

De repente, foi como se NamJoon voltasse no tempo e lembrasse de toda a primeira gravidez de Lua. Foi então que seu deu conta. Como foi tão cego? Os sintomas batiam, o mau humor, a instabilidade emocional.

Estava feliz, sem saber o dizer, sem saber como absorver a notícia, mas estava feliz.

Embora estivesse um feliz muito encrencado.


Notas Finais


E então, o que acharam desse caps?? Ainda querem matar o NamJoon?? uashduash beijooo e até mais!!

Doce [YOONMIN]
https://spiritfanfics.com/historia/doce-7079405


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...