História Midnight Red - Interativa - Capítulo 14


Escrita por: ~

Exibições 13
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA A PANFLETAGEM
Pequeno mas... é, não tem um porém, uma parte boa ;-;
Mas aproveitem a minha disposição para fazer ao menos isso!
Ah, e troquei a capa da fic :) assim como a capa de todos os capítulos.

Capítulo 14 - Com Vocês, Acemax Black!


Fanfic / Fanfiction Midnight Red - Interativa - Capítulo 14 - Com Vocês, Acemax Black!

- Vamos lá... bom... hoje teremos uma entrevista após o quarto turno de treinamento da tarde, o traje para a apresentação já está pronto e no carro que virá busca-las por volta das... - dando uma longa pausa em sua fala, segurou todas aquelas pastas rosadas em uma só mão e arregaçou a manga do braço oposto, olhando as horas naquele pequenino e velho relógio de pulso que tinha - uh, 21:07. Tendo seu término mais ou menos 23:45, irão para um encontro de fãs na rua principal da cidade, dar autógrafos, tirar fotos e tudo o que fãs de bandinhas querem que seus ídolos façam. - Mi Cha dizia já perdendo o folego. Aparentemente estava sobrecarregada. - Certo, garotas, por enquanto podem relaxar. Por agora vou deixa-las, tenho uma reunião... e tenho que me preparar emocionalmente primeiro. - por fim, permitiu-se soltar uma risada fraca e baforada, um tanto quanto exausta, diríamos.

- Descanse, Chaminie. Você está precisando. - calorosamente, Yoon Mi abraça a empresária, beijando-a em seu maxilar - Estamos agradecidas pelo seu esforço de todos esses dias. E de sempre aliás. - gargalhou fracamente acompanhada das demais companheiras de trabalho.

Ao saírem da sala de reunião sete, tomaram rumo para a área de jogos, dando de encontro com alguns outros grupos ocupando todos os consoles e computadores, além de sofás e poltronas.

- Será que davam para ser um pouco educados e arredarem um pouco? - disse Yang, deixando uma face simpática e afetuosa à mostra, já em frente a um sofá com um grupo de garotos deitados.

Apenas riram. Gargalharam escandalosamente, mexendo bruscamente com o humor da alta garota de cabelos presos em um rabo de cavalo torto.

- Vamos, queridinhos. - chegando ao lado da amiga com as outras duas, Im Sook os fuzila com o olhar. Um olhar sério e frio, parecia que nem ao menos piscava. Mas isso não fez efeito, apenas com que o grupo de garotos gargalhassem ainda mais alto.

- Por favor... assim podemos sentar todos juntos, o espaço no sofá e grande! - já apelando para o lado emotivo e fofo, Bo Na tombou a cabeça levemente para o lado, de forma com que fizesse que as tranças que Sook fez anteriormente em seu cabelo fossem juntas. De seis garotos, dois se levantaram, já impacientes. O restante permaneceu, um tanto quanto contraditos.

- Vamos, Yao. - uma voz baixa e falha soou pelo corredor de entrada da área, fazendo com que as garotas e o tal de "Yao " direcionassem o olhar para o local de onde a mesma vinha - Deixe as garotinhas se sentarem. Não têm nada de melhor para fazerem? - ao lado do mesmo garoto que olhava as garotas curioso no dia anterior, Sun Hee adentra o cômodo sorrindo falsamente.

- Eu já lhe disse que não deve me chamar pelo sobrenome. É Ming Ming, mas para você é exclusivamente Double M. - sorriu sarcasticamente o mais alto do grupo de garotos do sofá, passando os dedos por entre os fios loiros de cabelo.

- Eu te chamo da maneira que eu achar melhor, Yao. Yao Ming Ming. - gargalhou debochadamente. E o garoto de cabelos avermelhados ao lado da ruiva apenas observava-a em silêncio. Parecia admira-la. - Por favor, Yao. Deixe-as sentadas. Elas merecem. - e parecia sincera. Olhou para as garotas de Midnight Red com um sorriso de canto de boca. - Debutaram há pouco tempo. E precisam olhar algumas letras para copiar na internet, em pé é desconfortável.

- Como é? Copiar? - a esse ponto, a veia de ambas as garotas já pulsava. Todos os ali presente direcionaram o olhar para Sun Hee, curiosos.

- Certo. Copiar. Não acham que muito da letra da música principal do álbum de debut delas não foi uma mísera cópia de Afterlife, da XYLØ? Pois bem. Ah, e por que estrearam justo na volta de trabalhos do Bangtan Boys? Claramente foi para chamar atenção. E.. claro, não deu muito certo. Olhe para elas! Acha mesmo que es... - antes que pudesse concluir sua fala, Sook levanta sua mão na direção da orelha de Sun Hee, acertando-lhe de raspão.

- Acha que vai se sair bem depois disso? - segurando calmamente o cotovelo de Sook, o garoto de cabelos avermelhados sorri sadicamente, assim como Sun Hee fazia. Puxando seu braço para trás, a afastou da ruiva, fazendo-a desequilibrar bruscamente para trás e, se não fosse pelos braços de Bo Na, cair. E gargalhou - Respeite as opiniões. - olhando para os lados de canto de olhar, mordeu o canto do lábio inferior, passando a língua por entre ambos vagarosamente em seguida - Kim Tae Bin. - disse, apenas.

- E você?! Acha que vai se sair bem depois de me bater? Filho de uma p****, volte aqui! Desgraçado! Desgraçados!! - se levantando com uma tremenda dificuldade, Sook tenta segui-los, que agora, junto aos tais garotos do sofá, se retiram da sala, mas Yang Hee segura-a pelos braços - Me solte, eu vou arrancar todas as camadas de pele desses... desses... - e tomou a chorar. Chorar de raiva. Chorar porque seu braço doía e ardia feito labaredas. Se sentou no sofá massageando-os e enxugando as poucas lágrimas. - Deviam ter deixado-me ir atrás... atrás deles.

- Cale a boca, que droga! Por que foi fazer isso...? - suspirou profundamente, passando o braço em volta do pescoço da amiga maior, beijando-a na bochecha - Não deveria, Im. Não deveria. Nós iríamos resolver isso com Mi Cha. Ou se conseguíssemos, com Kwan. - disse Bo Na.

- Eu... também queria bater nela. Queria muito. Mas não pude. Nós não podíamos. Agora... se alguém comentar sobre isso nas redes sociais ou divulgarem para a mídia? - disse quase aos prantos, Yoon Mi.

- Não é questão de divulgação, Yoon Mi! É questão de respeito consigo. Não com eles ou com ela. Consigo!! - já estressada, Yang Hee andava de um lado para o outro.

- Por favor, me desculpem... - sussurrou Sook.

Q U B R A   D E   T E M P O

- Obrigado por comparecerem, garotas. É um grande prazer para todos nós! - incrivelmente animado, o locutor apresentava os participantes deste programa - Certo.. Além destes... Trouxemos direto do "campo de treinamento" - dando uma pausa, todos gargalhavam - "ACEMAX BLACK"!!

Com palmas altas e assobios, um grupo contido por sete integrantes adentra os palcos, sorrindo. Mas... Alguns deles são familiares. Aliás, todos.

- Olha quem está por aqui... - erguendo as sobrancelhas, um garoto de madeixas loiras pronuncia-se pelo microfone - Creio que nos conhecemos... sou Yao Ming Ming - disse olhando fixamente para Yang Hee.


Notas Finais


@PerfectChannie , trouxe um começo de briga que você tanto me encheu o saco no twitter hehe
https://twitter.com/xhoneyh/status/782675066148511745 - Sobre acemax black, panfletagem a todo custo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...