História Mil Em Uma - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Birl 6, Chimbinho, Coreana, Hoseosão, Indígena, Jhopião, Jin\princesa, Jungkookião, Namzão, Patrão, Scarlet, Sugasódorme, Sun He, Taeleão
Visualizações 14
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SOMOS 60 TURMAAAAAAAA!
OBRIGADA POR TUDO, POR TODO O APOIO QUE VOCÊS ESTÃO ME DANDO, AINDA MAIS EM UM MOMENTO DIFÍCIL COMO ESSE, MINHA MÃE AINDA ESTA NA UTI😭
MAS É POR CAUSA DE VOCÊS, É TUDO POR VOCÊS! VOCÊS ME DÃO FORÇA PARA CONTINUAR, SE EU PUDESSE AGRADECER E ABRAÇAR ACADA UMA DE VOCÊS! 😍❤️❤️❤️❤️💜💙💙💙💙💙💙💙💜

Capítulo 67 - Dark Paradise (12)


Fanfic / Fanfiction Mil Em Uma - Capítulo 67 - Dark Paradise (12)

Continuação…

 

*~~Vez da Carly*

 

___Hahahaha! Que engraçada a noiva do meu filho!--o velho mais velho sorriu.

 

___Prazer! Me chamo Dimitri, sou teu noivo!--o velho mais novo beijou minha mão…

 

___Que???--nesse momento só me sobrou o desespero.--Pai…--olhei com meus olhos cheios para ele.

 

___Vêm cá filha! Com licença, aproveitem a festa!--papai me puxou para longe.

 

___Fala para mim que é brincadeira!--olhei para papai.

 

___Eu sinto muito querida!--papai abaixou a cabeça.--Você sabe como funciona as alcatéias… Uma hora eu teria que casar você!--ele me olhou.

 

___Não eu não quero papai…. Eu não quero…--comecei a chorar.--Que pai é o senhor?? Sempre diz que me ama, e agora vai me vender para aquele velho???--olhei irritada para papai.

 

___Minha noiva está chorando??--Dimitri se aproximou de mim.--Não chore!--ele me deu um tapa bruto nas costas.--Eu sei que está empolgada para o casamento, mas não chore, você fica horrorosa chorando!--Dimitri falou.--Venha logo, minha noiva! Quero conhecer um pouco de você!--ele me puxou.

 

___Tá!--sequei meus olhos.

 

___Parece bem nova, eu gosto de mulher nova, quantos anos você têm?--Dimitri perguntou, logo ele meteu uma garfada de macarrão em sua boca… Aquele velho comia igual a um porco…

 

___19, tenho 19 anos!--respondi curta e grossa.

 

___Você vai emagrecer para o nosso casamento, odeio mulher gorda! Além de loira, quero você usando um salto 15, odeio mulher baixinha!--ele me olhou.--Tenho uma boate, depois que nossos filhos nascerem, você vai trabalhar lá, e minha amante vai morar na nossa casa!--Dimitri falou.

 

___Estou passando mal… Vou embora!--me levantei

 

___Espera aí!--Dimitri segurou meu pulso.--Meu pai e teu pai fizeram essa festa justamente para comemorar nosso noivado, você não sai daqui sem anel!--ele sorriu para mim… Eu queria meter um soco na cara dele!

 

___Me solta!--falei.

 

___Não levante a voz para mim,     mulher não deve levantar a voz para seu homem!--Dimitri me olhou irritado.--ATENÇÃO A TODOS!--ele gritou bem alto.--HOJE EU FINALMENTE ME TORNO NOIVO PELA QUINTA VEZ!--Dimitri colocou um anel brega enferrujado em meu dedo…

 

___VIVAM OS NOIVOS!!!--os convidados da festa gritaram.

 

___Tá… Agora eu já vou indo!--me soltei dele.

 

___Espera! E o beijo?--Dimitri perguntou.

 

___Sou casta! Só depois do casamento!--falei, mas na verdade seria “com você, nem depois do casamento!“

 

…………………….

 

Em seguida eu obriguei papai a me levar de volta para casa… Eu não acredito nisso… Como ele poderia permitir uma coisa dessas?

 

___Você está bem?--papai me olhou enquanto eu derramava minhas lágrimas.

 

___Claro que estou!--respondi zangada.--Estou me sentindo ótima, agora que não terminarei meus estudos, e virarei esposa de um porco imundo, e além de tudo isso terei um monte de filhos, e viverei em uma casa onde terei que conviver com a amante do meu marido!--falei.

 

___Eu sinto muito Carly!--papai falou.

 

……………………..

 

Logo em seguida chegamos em casa… Jackson aparentava estar um pouco melhor.

 

___Papai, Carl! Que bom que chegaram!--ele sorriu assim que abri a porta.--Por que você está chorando maninha?--Jack me olhou preocupado.

 

___Jack….--me aproximei dele, então ele segurou meu rosto com suas duas mãos.--Papai quer me vender para um velho!--falei.

 

___QUE??--Jack me olhou surpreso.--PAI! VOCÊ ESTÁ LOUCO?--ele gritou.

 

___OLHA COMO VOCÊ FALA COM SEU PAI!--papai gritou de volta.

 

___UM PAI QUE NÃO É PAI DE VERDADE! QUE PAI QUE VENDE A PRÓPRIA FILHA?--gritei em defesa de Jackson.

 

___JÁ CHEGA CARLY! VAI PRO SEU QUARTO AGORA!--papai apontou para as escadas.

 

___Jack-hyung… Me ajuda!--sussurei.

 

___Vai ficar tudo bem!--Jack me abraçou, em seguida eu subi as escadas.

 

Tirei meu vestido e vesti meu pijama, e lavei o rosto para tirar a maquiagem.

 

___MALDITO! NÃO VOU ME CASAR!--gritei em seguida tirei aquele anel ridículo do meu dedo, e o taquei na parede.

 

Ouvi um barulho vir lá de baixo, então sai de fininho, e fiquei na escada ouvindo.

 

___Você sempre me dizia para cuidar da Carly, para não deixar nenhum mal se aproximar dela… E agora vai vendê-la mesmo? Será que a alcatéia exige tanto? Eu preferia que você fizesse isso comigo, do que com a pobrezinha da Carl… Diga-me que não farás?--Jack perguntou para papai, os dois estavam brigando.

 

___Temos uma guerra a enfrentar se eu não permitir esse casamento… Tem idéia disso? Eles são muito mais fortes que nós!--papai respondeu.

 

___Que consideração… E quando vai falar a verdade para a Carl? Quando vai falar do seu chifre???--Jack afrontou papai…

Como assim chifre?

 

___VOCÊ PASSOU DOS LIMITES!--papai deu uma bofetada no rosto de meu irmão…

 

___JACK!--gritei, logo desci as escadas correndo e fiquei na frente dele… Papai me olhou supreso, ele não esperava que eu estivesse ali.

 

___Carly… Bem… Eu vou subir, vocês dois não aprontem!--papai subiu as escadas.

 

___Hyung, você está bem?--perguntei.

 

___Estou sim, obrigado Carly!--Jack respondeu.

 

___Sobre o que vocês estavam falando?--perguntei.

 

___Nada… Só não deixarei papai casar você!--Jack me abraçou.

 

…………………

 

Amanheceu, e eu fui para a faculdade… Jackson não estava 100% bem, então ele ficou em casa. Falei para ele que voltaria sozinha para casa, tinha pegado  um ônibus e ido para a universidade.

 

Dormi com a cabeça encostada na mesa, durante a aulo toda… Novamente acordei com o barulho do sinal batendo, mas levantei a minha cabeça e vi o senhor Park em minha frente.

 

___Senhorita Wang? Devemos continuar da onde paramos?--ele sorriu safado.

 

___Sim, senhor Jimin, quero ver a prova do meu irmão!--respondi.

 

___Aah…. Ok!--ele se sentou em sua cadeira.--Tu realmente não quer terminar o que começamos? Pensei em você durante a noite inteira!--novamente ele me jogou um olhar sedutor.

 

___Estou noiva… Vamos aos poucos, que tal?--perguntei.

 

___Sim, como descobriu que eu sou um vampiro?--senhor Park me olhou.

 

___Você não usa nenhum feitiço de proteção, foi por isso que descobri! Pode enganar humanos, mas lobos espertos, você não engana!--expliquei.

 

___Atá, vocês lobos têm a oportunidade de pelo menos ter um olfato bom… Mas me digas, como não descobri que você é uma loba?--Jimin perguntou.

 

___Quando eu e meu irmão nascemos, meu pai foi atrás de um broaco, e mandou-lhe fazer um feitiço de disfarce, como somos filhos de um alfa, papai mandou fazer isso para nos proteger!--expliquei.

 

___Qual alcatéia tu pertences?--senhor Park perguntou.

 

___Lang Xué!--respondi.

 

___Lang Xué?? Que estranho… Parece que eu já conheci essa alcatéia…--ele colocou a mão no queixo.

 

………………….

 

Passei a tarde inteira com o professor Jimin… Reparei que ele era um cara legal, nós combinávamos em muitas coisas.

 

___Droga! Já são 18:00, tenho que ir embora!--me levantei.--O pior que a estrada é tão vazia agora!--falei.

 

___Eu te levo para casa!--senhor Jimin falou.

 

___Não, eu pego um ônibus!--falei.

 

___Não deixarei você correr perigo venha logo, não posso pegar em tua mão, pode ser que alguém nos veja!--ele foi andando em minha frente.

 

Minha paixão havia aumentado ainda mais pelo professor Jimin… Era impossível evitar, mas hoje eu me segurei bem, nem deixei ele me beijar! Isso é um ótimo caminho para bota-lo em uma coleira. Agora que já experimentou um pouco de mim, deixarei ele querendo mais, cada vez mais!

 

Ele tinha um carro muito bonito, era um Audi, carro esportivo porém não tão chamativo.

 

___Obrigada por tudo, senhor Park!--agradeci, em seguida tirei meu cinto.

 

___Por nada! Sempre que….--ele tentou falar, mas acabou sendo interrompido.

 

___CARLY!--papai gritou.--Quem é esse? Seu amigo? Traga-o para jantar!--papai mandou… Ele nem mesmo reparou que era meu professor, também o carro estava escuro!

 

___Que isso, senhor Wang, não precisa se preocupar!--Jimin falou.

 

___Entre logo, os dois!--papai mandou e deu as costas.

 

Eu e o senhor Park entramos, aparentemente Jackson não estava na sala nem na cozinha. Guiei senhor Park até a sala de jantar, e mandei ele se sentar. Papai estava na pia, de costas para nós, ele estava temperando a salada.

 

___Pai… Esse é o senhor Park Jimin, meu professor de geografia!--falei, logo me sentei ao lado do meu lindo professor.

 

___P-Park… Jimin???--papai se virou e olhou surpreso para meu professor. Parecia até que os dois se conheciam.

 

___Zhoung Shin Wang???--senhor Park olhou surpreso também para meu pai… Mas o que estava acontecendo??





Continua………. 


Notas Finais


Desculpa os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...