História Mil palavras - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Carinho, Drama, Preconceitos, Raiva, Recomeço
Exibições 16
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii pessoas, então, to postando hoje porque primeiro minha internet ta horrivel e to aproveitando que ainda funciona, tambem to cheia de trabalhos essa semana e acredito que não vou entrar muito devido a internet e tempo.

espero que gostem do capitulo.

Capítulo 10 - Se permita


Fanfic / Fanfiction Mil palavras - Capítulo 10 - Se permita

Marcos andava de um lado para o outro tomando coragem para fazer a ligação a Laura, porem, com o celular em mãos recebeu uma mensagem da garota.

Laura: Me diverti hoje : )
Por mais obvio que fosse tal fato, sempre era bom ouvir claramente tais palavras.

Marcos: Da próxima vez será melhor.
Laura: Não duvido \o/ vocês são incríveis...

Marcos: pode contar com a gente pra tudo de agora em diante, nada de carregar pesos sozinha.

Laura: Tentarei :3 Agora vou sair, tenho aula amanhã cedo.

Marcos: boa noite.

Laura: boa noite.

Na manhã seguinte Laura foi para escola, finalmente essa semana acabou, sexta feira, Os olhares em sua direção não mudaram, não  mais importava, quando não se esta sozinho tais coisas passam a ser insignificante.

Tinha nico tambem, o garoto da troca de bilhetes, eles conversaram durante o intervalo e até um pouquinho durante as aulas a principio sobre coisas aleatórias como os colegas de sala, a inutilidade de baskara, musica e jogos, até que o garoto disse em um dos bilhetes:

-te vi ontem correndo de um guardinha, não vai contar o que aconteceu?

Laura entrou em choque, achava que estava imune de encontrar um conhecido, ficou com medo de um boato chegar aos ouvidos de sua mãe por isso guardaria a noite passada em segredo.

- do que você tá falando ow??

- prometo não contar pra ninguém, não confia em mim?

- chantagem é feio.

- conta vai.

- eu escrevi uma coisa no muro, foi só isso, aquelas pessoas são meus novos amigos, se alguém souber disso eu já sei quem contou

- segredo guardado.

-e você o que fazia na rua?

- quem disse que eu estava na rua?

- para de ser chato

- eu moro na casa em frente ao local do ocorrido, foi engraçado te ver correr kkkkk

- cala boca -.-‘

Tudo parecia incrível, de repente o convívio social não era tão ruim assim e Laura poderia se permitir, se permitir confiar em alguém, se permitir sorrir de forma verdadeira, se permitir ser ela mesma. “se permita” – pensou.

Os outros quatro estavam reunidos em frente a escola, o período não começou ainda:

- e ai Sophi já conseguiu o ID do vídeo?- Perguntou Pablo curioso.

- To quase, parece que a pessoa se protegeu um pouco, mas vou achar, hoje mesmo. – respondeu ela com determinação hacker.

O restante da tarde passou de pressa para todos os personagens dessa história, Laura sozinha em casa, os cinco na escola, exceto pelo detalhe pequeno, Marcos colocou Laura no grupo do whats dos Crazy Monkeys, logo trataram de marcar um encontro para a tarde de domingo assim que descobriram que Laura passaria o dia sozinha.

Ainda na sexta-feira assim que Marcos saiu da escola procurou uma tela na qual pudesse desabafar sua noite anterior de insônia, foi exatamente isso que fez, de maneira sincera e apaixonada, por enquanto aquela citação seria seu segredo, nem tão  secreto eu diria pois o motivo já está obvio para todos, menos para dona do nome.

“a noite enorme – tudo dorme menos teu nome”

Após marcar tais versos no muro, Marcos tirou uma foto, para quando chegar a hora eu mostrar a ela.

Mal sabia ele que a hora certe nunca chegara, assim como o amanhã... se eu disser que farei algo amanhã nunca farei, entretanto se eu falar que farei hoje, considere feito, para mim basta aguardar a ilusão de hora certa do jovem Marcos para confessar seus sentimentos a Laura.


Notas Finais


Eu reli o capítulo passado e senti uma super falta dos versinhos fofos, então na reta final resolvi colocar um, só pq o Marcos é um lindo, e logo logo vão começar conflitos, mas não vou dar spoiler kkkk

quero saber o que vocês acharam, esse estilo de narração me deixa muito insegura por que mesmo que eu tenha costume, não sei se fica estranho, me contem o que acharam.

eu queria avisar também que logo logo vou acelerar a história, porque to ansiosa para chegar em certos pontos mais intensos.

bjss e me falem o que acharam pufavor *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...