História Milk - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Fifth Harmony, Harry Styles, Larry, Liam Payne, Little Mix, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Perrie Edwards, Zariana, Zayn Malik, Zerrie
Visualizações 352
Palavras 1.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mil desculpas pela demora, o colégio acabou me tomando muito tempo nessa ultima semana.
CAPÍTULO NÃO REVISADO, desculpe qualquer erro.
Boa Leitura.

Capítulo 14 - 14. Milk


 

September 26, 2012

Olhando nos seus olhos
Me faz imaginar como
Eu tenho tanto tempo
Com você quando tem mais em volta
Eu sei de toda a competição que tenho
Então eu fico pensando
Isso é bom demais para ser verdade
Que nós estamos vivendo em um conto de fadas

Ariana Grande - Only 1

 

 

Dei a ultima garfada no bolo de chocolate enquanto ouvia Zayn rir de uma das histórias sobre minha infância e a de James, contadas por minha mãe, querem um conselho? Nunca chamem/convidem o crush supremo para jantar com a sua família, principalmente se a família for maluca como a minha.

 

— Então Zayn, você namora? – com vocês, a mulher mais discreta do planeta, minha mãe, Jenna Crosby.

— Sou noivo, bem, mais ou menos, estamos passando por um momento complicado.

— Entendo, olha querido, já passei por dois casamentos complicados, e se quer um conselho, siga seu coração, se for para ser, será. – Zayn retribuiu o sorriso de minha mãe. – Bem, estava bom o jantar?

— Maravilhoso.

— Já comi melhores. – James resmungou enquanto recolhia os pratos. Mamãe o fuzilou com o olhar. – Te amo mãe.

— Bem, já está tarde, vou indo. – Zayn levantou-se e fiz o mesmo. – Muito obrigada pelo jantar Jen. – pois é galera, já estão na fase dos apelidos.

— Não foi nada querido, volte sempre. – o abraçou.

— Vou com ele até a portaria, já venho.

 

James gritou um breve tchau e caminhamos em direção a porta.

 

— Sua família é divertida.

— Quer dizer maluca? – ri e o elevador abriu-se relevando um homem bem vestido.

— Boa noite. – sorriu. Antes que pudesse responder, Zayn puxou-me pelo cotovelo em direção a escada de incêndio.

— Tá doido é? –

— Podia ser um paparazzi.

— Ele nem estava com uma câmera. – Zayn revirou os olhos e começou descendo as escadas me fazendo segui-lo.

— Uma coisa sobre esse mundo da fama Allyson, em qualquer lugar que você for, até mesmo levar o lixo para fora, a um paparazzi por perto.

— Nossa, se não quer ser visto comigo, é só falar.

— Não é i-

— Eu sei, só estava brincando, relaxa – o interrompi. Sorri e abri a porta devagar notando o estacionamento vazio exceto pelo carro de Zayn. Olhei para trás e Zayn estava escorado na parede me encarando. Fechei a porta e me encostei na mesma. – Como você se acostumou com isso? Quero dizer, esta coisa de paparazzi e tal.

— Acredite, não estou acostumado, acho que nunca irei me acostumar, mas isso foi o que eu sempre quis, cantar, dar uma vida melhor para minha família, os paparazzi veem de bônus, um bônus muito ruim. – colocou as mãos dentro da jaqueta de couro. – Tem uma coisa que quero te perguntar desde que te ouvi.

— Pergunte.

— Por que se inscreveu no X Factor UK?

— Na verdade eu me inscrevi no USA, mas eu fui rejeitada, então James me surpreendeu ao me entregar a carta de aceito do UK.

— E você aceitou de boa?

— Imagina, quase enfiei meu salto no olho dele. – Zayn deu uma gargalhada fraca me fazendo sorrir. – Mas nem tudo é tão simples e fácil como

— Um bom café com leite. – Falou comigo.  – Minha avó sempre diz isso.

— A minha também. – sorri.

— Seu celular está ai? – assenti. – Me empresta? – com o cenho franzido, peguei o mesmo do bolso de trás da calça e entreguei para o mesmo.

— Você deveria colocar uma senha nisso. – resmungou, teclou alguma coisa e me devolveu. – Bem, vou indo nessa. – me afastei da porta e o mesmo a abriu. – Obrigada por me chamar.

— Depois de deixar Zayn Malik no vácuo, era o mínimo que eu poderia fazer não é? – um silêncio se instalou entre nós e não sabia se subia para o quarto ou se continuava o encarando.

— Tchau. – o abracei e subi as escadas correndo deixando Zayn para trás.

 

Entrei no quarto do hotel encontrando o mesmo escuro. Fui em direção ao banheiro enquanto sentia meu celular vibrar revelando uma nova mensagem.

 

Zayn

Agora tendo o seu número, eu espero que você não me deixe falando sozinho.

 

(...)

 

September 27, 2012

 

— Estou exausta. – Holly reclamou enquanto se jogava no chão.

— Sabe, as vezes eu me pergunto se tudo isso vale apena. Isso é tudo o que sempre sonhei, mas, sair do pais, ficar praticamente sem vida social e ensaiar todo dia, apenas por causa de um reality? E se no final nada disso valer apena?

— Uou, você tomou o seu toddynho hoje de manhã? – Holly perguntou-me.

—Não.

 

Na verdade não era só isso, digamos que acordar de manhã com todos os sites de fofoca tentando descobrir quem era a garota que estava abraçada a Zayn Malik na noite anterior, não era algo muito bom, principalmente quando a tal garota sou eu. E se querem saber se depois daquela mensagem, eu e Zayn conversamos a noite inteira, a resposta é não, e se querem saber se Zayn me mandou uma daquelas mensagens de bom dia com coraçõezinhos, e resposta é: vocês são mais trouxas do que eu.

 

— Nós temos que nos manter firmes, fortes e principalmente unidas, nós vamos conseguir, e se não conseguirmos, pelo menos nos divertimos.

— E pelo menos Allyson e Lauren arranjaram uns boys famosos.

— Eu tenho namorado. – Lauren resmungou.

— Sou comprometida com a vida. – respondi.

— Tão comprometida que levou o Zayn para o seu hotel ontem á noite, inclusive, você terá que nos contar tudo. – Holly pediu.

— Falando nisso, você não vai precisar mais me dar carona todo dia.

— Por quê?

— Meu pai resolveu me pagar um hotel mais próximo da arena, eu tentei negar, mas era isso, ou ele iria comprar uma casa aqui em Londres.

— Nossa, queria ter um pai desses.

— Acredite Lauren, você não iria gostar.

— Bem, vamos almoçar? Estou louca por um hambúrguer. – Lizy levantou-se do chão.

 

Senti meu celular vibrar no bolso da calça e peguei o mesmo vendo duas mensagens não lidas na tela.

 

Niall

Foi mal pelo bolo de ontem, mas eu posso recompensa-la com uma outra seção de “filmes” aqui no hotel (estou começando a achar que nunca sairemos daqui), gosta de Os padrinhos mágicos? The vampire diares?

 

Abri a mensagem seguida arregalando os olhos ao notar o nome do remetente

 

Zayn

Não estou acostumado com isso mais, bem, eu me diverti muito ontem, ri como a bastante tempo não ria, e eu estava pensando em uma forma melhor de agradecer – cara isso ficou muito duplo sentindo -, então eu lembrei que a gravadora vai dar uma festa pelo lançamento do clipe depois de amanhã, então, se você quiser vir.

VOCÊ E AS GAROTAS

É isso, se não quiser vir tudo bem, você deve ter coisas mais importantes para fazer. Mas seria legal se você viesse.

VOCÊS VIESSEM*

É isso, tchau.

 

— Está sorrindo por quê? – Holly empurrou-me com o ombro.

 

Só falar o endereço que estaremos lá. Enviar.

 

— Fomos convidadas para uma festa.


Notas Finais


O que dizer sobre o capítulo anterior ter sido o de maior número de comentários? EU TO MAIS FELIZ QUE BARATA NO VERÃO.
Sério, estou muito feliz que a história não está flopando, não sei se sabem (acho que já disse isso antes) mas, está fanfic é inspirada em uma fanfic que passa(va) na minha cabeça, sabe aquelas que você finge ser famosa e passa o resto do dia falando sozinha em uma língua mega estranha? É exatamente isso, então a fanfic vai ser um pouco longa (se Deus e vocês quiser).
As vezes eu sumo mesmo. é normal, mas eu não desisti daqui viu? Nem estou pensando em desistir, então, sem desespero e ameaças de morte.
Obrigada novamente pelos comentários e favoritos.
Mais uma vez, o capítulo não foi revisado (cansada demais para revisa-lo), então desculpem-me qualquer erro.
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...