História Milk - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Fifth Harmony, Harry Styles, Larry, Liam Payne, Little Mix, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Perrie Edwards, Zariana, Zayn Malik, Zerrie
Visualizações 302
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigada pelos favoritos e comentários.

Capítulo 19 - 19. Milk


Fanfic / Fanfiction Milk - Capítulo 19 - 19. Milk

October 1, 2012

Garoto, você sabe que você me enlouquece
Mas isso é uma das coisas que eu gosto
Porque eu sei que quando você precisa, querido
Eu tenho aquele, ooh ooh
Deixe eles, deixe eles falarem
Mas não importa o que eles dizem
Porque você sabe que quando me ouve bater à sua porta
Vou ter aquele, ooh ooh
Eu estive fazendo coisas idiotas
Mais selvagem do que eu já fui

Ariana Grande - Bad Decisions

— Não acredito que estamos fazendo uma maratona de Os Padrinhos Mágicos – Harry resmungou e virou o resto da cerveja que estava na garrafa em suas mãos.

— Vocês perderam, então nós, os melhores jogadores de buraco que o mundo já viu – Niall e eu fizemos um high five. – temos o direito de escolher o que assistir, agora cala a boca que esse é o meu episódio favorito. – encheu a mão de pipocas as levando a boca.

— Tudo culpa do Louis, e da porra de Á’s que ele descartou, além desses dois terem roubado – Zayn resmungou olhando para mim e Niall. – Dá para pelo menos tirar o áudio dessas fadas? – espera aí, ele realmente, acabou de dizer que a voz do Cosmo e da Wanda são irritante? A voz dos melhores padrinhos mágicos do mundo? Não que eu já tivesse tido algum.

— Não é atoa que o Niall falou que você vira um velho resmungão quando perde – respondi sem tirar os olhos da televisão. – aprenda a perder e aturar as vozes das fadinhas.

— Calem a bo- Louis se interrompeu ao vomitar no chão ao lado da cama, ocasionando um coro de “ergs”.

— Porra Louis aqui nem é seu quarto. – Liam, assim como o resto de nós, levantou com a mão sobre o nariz.

— Eu não viro um velho resmungão-

— Vira sim. – Louis respondeu com a cabeça ainda inclinada para fora da cama.

— Continuando, eu tenho meus motivos para estar de mal humor e você deve saber quais são. – Zayn encarou-me feio. Ergui minha sobrancelha e cruzei os braços.

— Então, não sei o que está rolando aqui, mas eu quero saber. – a voz de Niall saiu esganiçada por estar tampando o nariz.

— Eu também. – Harry ergueu as mãos.

— Eu tam- o vómito de Louis o interrompeu novamente. Fiz cara de nojo.

— Eu vou atrás de algum pano, ou um balde. - abri a porta e destampei o nariz finalmente respirando fundo. Antes que eu desse-se as escadas de emergência atrás de algum quartinho de limpeza ou ir até a recepção do hotel, a porta por qual eu havia acabado de sair, voltou a ser aberta e fechada. Olhei para trás vendo Zayn vir em minha direção.

— Se você aparecer do nada pedindo um balde para a recepcionista, irão estranhar, além de nunca terem a visto por aqui. – Zayn passou por mim descendo as escadas, o segui. Após chegar no primeiro andar, fiquei aguardando na escada sua volta.

— Vem cá, você está bravo comigo? – perguntei após Zayn passar por mim e começar a subir as escadas com o balde na mão. Zayn parou e se virou para mim.

— Teria motivos?

 

— Se a vida estiver ruim, tome um sorvete.

— E se não resolver?

— Ai você me chama e tomamos um porre juntos. – levantei o copinho de sorvete fazendo “Um brinde”.

— Eu espero que nesse porre, role realmente um beijo.

 

Abaixei a mão com o pote de sorvete e encarei Zayn, o sorriso que estava em seu rosto, sumiu rapidamente.

 

— Seu silêncio é constrangedor. – Zayn riu fraco. Abaixei meu olhar para o pote de sorvete, levando uma colher até boca.  – Acho que o Niall me esqueceu aqui. – continuei em silêncio. – Eu vou ligar para o segurança vir me buscar. – Zayn levantou-se. Abri a boca mas nenhuma palavra saiu de lá. – Quer saber? Vou ligar lá fora, tchau Allyson. – estremeci ao escutar a porta bater com força.

— Merda. – taquei-me de volta para o chão.

 

— Se for sobre aquele dia lá em casa-

— Sua casa? Não aconteceu nada na sua casa, quer dizer, talvez acontecesse mas você é muda. – subiu as escadas. Corri atrás tentando acompanhalo.

— O que você queria que eu disesse? – Zayn parou do nada, me fazendo quase trombar nele.

— Eu não sei Allyson – Zayn gritou fazendo-me recuar alguns degraus. – Eu só queria que você dissesse algo, qualquer coisa. – respirou fundo passando as mãos nos cabelos. – Eu me sinto um filho da puta em pensar que fui rejeitado pela garota, que contei coisas da minha vida, mais rápido, do que para qualquer um dos garotos ou ex namoradas.  – impressão minha, ou estamos brigando como se fossemos um casal?

— Eu fico feliz por você confiar em mim para contar essas coisas, mas eu não sabia o que dizer, eu nunca sei o que dizer em momentos como aquele, os raros garotos que me cantavam na escola, eu saia correndo.

— Ter saído correndo, talvez fosse melhor do que não ter dito ou feito nada.

— Que? Eu – bufei imitando sua mania de passar as mãos no cabelo ao ficar confuso ou irritado, beijos revista capricho. – Mas que porra é essa? Estamos brigando como se fossemos namorados.

— E teria algum problema se fossemos? – olhei confusa para Zayn, esse cara fumou alguma coisa, só pode.

— Não? Sei lá, você está me deixando confusa. Para começar, se fossemos namorados, antes dessa briga, teríamos que ao menos ter jantado fora juntos-

— Comemos pizza juntos. - não deixou-me terminar.

— Estavamos com nossas respectivas bandas, e vocês só se sentaram conosco porque a pizzaria estava lotada.

— Fechado então. – Zayn virou as costas e voltou a subir as escadas me deixando parada, no meio das escadas, tentando entender o que ele quis dizer. Subi correndo  atrás dele.

— Fechado? Fechado o que?

— Nosso jantar. – abriu a porta do quinto andar, nos dando a vista do corredor cheio de quartos e do quarto número vinte, fedendo a vômito, pelo menos era o vômito de Louis Tomlinson, alguém deveria colocar uma plaquinha na porta de “Louis Tomlinson vomitou neste quarto”.

— Jantar? Nós vamos jantar?

— Eu e os garotos vamos para a América do Norte amanhã para divulgar o single, voltamos para Londres dia dez, te aviso o horário que vou te buscar no dia onze por mensagem. – parei atônita no meio do corredor.

— Espera, você está me chamando para um encontro?

— Até dia onze Allyson. – Zayn virou as costas, abriu a porta do quarto de hotel e sumiu lá dentro.

 


Notas Finais


Vou nem comentar nada sobre o capítulo...
Voltei rápido, amo.
Continuem "votando", com quem vocês gostariam que fosse a minha próxima fanfic e que estilo gostariam (capítulo anterior, notas finais, está explicadinho), mas não se esqueçam, Milk sempre virá em primeiro lugar, afinal, quem não ama a primeira fanfic? Mesmo que ela seja horrível jsjs.
Gente uma coisa que eu quase não vejo aqui no spirit é escritoras, divulgando fanfics de outras escritoras, e no site que eu escrevia era normal isso, então se vocês quiserem que eu divulgue a fanfic de vocês é só mandar o link, sei que muitas de vocês tem fanfics maravilhosas e que graças a Deus eu as acompanho (mesmo que eu não comente, nunca lembro).
É isso amores, até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...