História Milk - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Fifth Harmony, Harry Styles, Larry, Liam Payne, Little Mix, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Perrie Edwards, Zariana, Zayn Malik, Zerrie
Visualizações 243
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


SOCORRO QUE EU AMEI ESSE CAPÍTULO.
Boa leitura

Capítulo 25 - 25. Milk


Fanfic / Fanfiction Milk - Capítulo 25 - 25. Milk

October 12, 2012

 

Se você pudesse sentir meu pulso agora
Ele estaria batendo como uma marreta
Se você pudesse sentir as batidas do meu coração agora
Elas te acertariam como uma marreta
Eu não admito
Eu finjo estar tudo bem
Mas a cada minuto
Em que estou com você
Eu sinto uma febre e não vou mentir
Eu começo a suar
Meu corpo está dizendo todos os segredos
Que ainda não te contei

Fifth Harmony - Sledgehammer

 

— Por que eu topei isso? – resmunguei pela milésima vez.

— Vai logo Allyson. – não conseguia ver, mas sabia que Zayn estava revirando os olhos.

— Eu não quero cair e ficar espalhada no chão que nem merda pisada. – Acontece que depois de receber a mensagem, Zayn levantou-se e foi embora alegando que tinha alguém no hotel o esperando, o que gerou piadas maliciosas por parte dos meninos. Confusa, após Zayn passar pela porta da sorveteria, recebi uma mensagem do mesmo pedindo para eu ir ao banheiro, e agora, encontro-me em cima da privada tentando de alguma forma alcançar a janela. Malditos 1,53 de altura. – Por que eu não posso passar pela porta como pessoas normais?

— Ela está com alguns paparazzi, tive que me esconder atrás de um lixo para eles não me verem. Agora vai logo Crosby.

Resmunguei olhando ao redor, infelizmente, eu não estava se salto e a janela parecia ficar quase no teto. Vi algumas revistas no canto e as peguei, coloquei em cima do vaso sanitário e subi em cima delas, vendo através da janela, Zayn com os braços cruzados olhando para a janela, ao me ver, o mesmo sorriu. Abri a janela.

— To achando melhor nós continuarmos na sorveteria, sem falar que eles devem estar achando que eu estou com diarréia, pela demora. – Zayn gargalhou.

— Vamos lá Allyson, eu acredito em você. – bufei. Não me perguntem como, pois eu não saberia explicar, mas alguns minutos depois, eu estava sentada no parapeito da janela prestes a me “Jogar” no chão. Fechei os olhos e fui para frente esperando, assim como o prometido, os braços de Zayn me segurarem, mas apenas senti meu corpo cair brutalmente no chão, em cima do de Zayn.

— Caralho, pensei que você iria me pegar. – rolei para o lado

— Eu estava amarrando o meu tênis, não percebeu? - Zayn resmungou enquanto levantava devagar, com uma das mãos nas costas.

— Não, desculpe, estava ocupada demais com os olhos fechados, devido ao meu medo de ficar espalhada que nem-

— Merda pisada, saquei. - o olhei chocada. Pela primeira vez, Zayn Malik estava sendo grosso? Ou isso era intimidade demais, ou ele estava mostrando seu verdadeiro eu. Ignorei esses pensamentos ao ver sua mão esticada para mim, segurei a mesma e me levantei. - Coloca o capuz sobre a cabeça, teremos que passar pelos paparazzis para chegar até o carro. - coloquei o capuz e segui Zayn.

— Vamos deixar eles aqui? Oito pessoas em um carro de cinco lugares? - sussurrei e abaixei a cabeça ao passarmos perto dos paparazzis. Zayn me respondeu somente quando já estávamos dentro do carro de Zayn.

— Digamos que é uma vingança pela água oxigenada. - Zayn deu de ombros saindo com o carro em seguida. Somente rezei para que as meninas tivessem dinheiro para um táxi, ou fossem espertas e ocupassem rapidamente os lugares do carro de Harry.

— Não acho essa mecha o fim do mundo. Você fica bonito com ela. - desviei meu olhar para a janela ao sentir minhas bochechas esquentarem.

— Obrigado.  - ficamos alguns minutos em silêncio - Sabe tem uma coisa que não sai da minha cabeça. - lá vem merda - Você é directioner? - meus olhos quase pularam para fora de meu rosto, olhei para Zayn - Achou que eu tinha esquecido que você quase vendeu um vaso de sua avó, para ir em nosso show? - sorriu,  convencido.

— Sinceramente? Eu esperava que sim. - respirei fundo. - É, pois é, sou directioner.

— A quanto tempo?

— Desde quando vocês eram solos no The X Factor. - Zayn arregalou levemente os olhos.

— Uou, isso é impressionante. - era mesmo, eu me sentia a deusa Madonna por ser fã deles desde o início, literalmente.

— Não mais impressionante que a conta telefônica lá de casa durante essa época. - fiquei quieta por alguns instantes esperando - Então, estou esperando.

— Esperando? - Zayn ergueu a sobrancelha. Ele ficava sexy concentrado na rua a frente.

— Sim, normalmente, nessas horas vocês falam que não podem sair com fãs, que sou maluca, estou lhe perseguindo, mandam para fora do país e coisas do tipo, pelo menos é isso que acontece nas fanfics.

— Você lê fanfic? - Zayn estacionou o carro. Olhei para frente encontrando um Starbucks quase vazio.

— Ai meu Deus eu adoro os bolinhos daqui. - soltei o cinto de segurança e sai correndo do carro sem ao menos esperar Zayn, para dentro do Starbucks.

 

(...)

 

— Desde que sentamos nesta mesa, o número de pessoas dobrou e tem dois caras ali atrás tentando tirar foto disfarçadamente pelo celular. - Zayn comentou antes de morder um dos bolinhos de chocolate.

— Acho que vou ter que começar a me acostumar. - dei de ombros pegando um bolinho de baunilha com cobertura de morango - isso se você não me mandar para fora do país. - dei de ombros mordendo o bolinho. Praticamente gemi de prazer fazendo Zayn gargalhar, atraindo mais olhares -se é que fosse possível- para nós.

— Se eu não quisesse mais a sua companhia, e quisesse lhe mandar para fora do país, não teria lhe chamado para ficarmos a sós não acha? - não, você poderia estar esquematizando para me trancar no carro e botar fogo no mesmo, pensei em falar, mas me mantive calada. - Você é legal e, gosto de sua companhia. - Zayn desviou o olhar e coçou a nuca, quase me engasguei com o bolinho.

— É...Obrigada, eu acho.

— Mas então, já foi em algum show nosso?

— Não, depois que minha mãe me pegou tentando vender aquele vazo, me proibiu de ir em qualquer show de vocês, o que não foi muito difícil, já que você fizeram poucos show no Estados Unidos.

— Irei me encarregar de você estar presente em algum show da nossa próxima turnê. - Zayn sorriu e eu soltei um grito.

— Está falando sério? - Zayn assentiu. - Ai meu Deus, seria maravilhoso. - Sorri entusiasmada.

— Ok, por essa reação, fico me perguntando como não pulou em cima de nós quando nos viu pela primeira vez, sem ofensas.

— Não me ofendi. Foi realmente difícil, eu só queria agarrar e lamber vocês. - Zayn arregalou levemente os olhos. - O que foi? Vamos lá Zayn, você já viu as bochechas do Niall?

— São vermelhinhas como morangos. - Zayn tomou um gole do chocolate quente que pediu para nós.

— Exatamente.

— Tenho outra pergunta.

— Lá vem. - Zayn revirou os olhos.

— Você me disse naquela noite do jantar, que sua música favorita era Little Things, mas a música somente lançou dois dias depois. - fiquei vermelha. - Você ouviu uma música vazada nossa Allyson? - Zayn curvou-se sobre a mesa ficando mais próximo de mim. Tentei me concentrar em algo que não fosse seus lábios.

— Foi mal, mas as músicas de vocês vazam mais que criança com incontinência urinária. - Zayn gargalhou me fazendo sorrir envergonhada.

— Ouviu mais alguma do novo albúm?

— Nãoo. - peguei outro bolinho.

— Allyson.

— Cinco.

— Caralho, tudo isso?

— Fazer o que, a incontinência urinária é grande.

 

 


Notas Finais


Daqui para frente, teremos mais momentos Zariana...EU LI UM AMÉM?
Meninas do céu, só agora eu reparei que passamos dos CEM COMENTÁRIOS, EU AMO VOCÊS, muito muito muito muito obrigada.
Quero propor um desafio para vocês....é o seguinte: Eu não sou ingrata, agradeço muito por todos os comentários e favoritos em Milk, não tenho palavras para agradecer, mas confesso que fico um pouco chateada ao ver que os prólogos/primeiro capítulo das outras fanfics tem pelo menos um comentário, e Milk nenhum, e confesso que amo o Primeiro capítulo de Milk, então fico um pouquinho chateada. Minha proposta é essa, caso o primeiro e o segundo capítulo tenham pelo menos 4 comentários até quarta feira, posto capítulo novo na quinta-feira e um no domingo, ou seja, DOIS CAPÍTULOS EM UMA SEMANA.
Topam? Eu ficaria feliz, vocês também (eu acho né), mas quero deixar bem claro que não estou sendo ingrata, eu realmente agradeço por todos os comentários.
Agora vou ir correndo betar o capítulo de Red Huntress aqui, mil beijos.
AMO VOCÊS MILKERS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...