História Milk - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Fifth Harmony, Harry Styles, Larry, Liam Payne, Little Mix, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Perrie Edwards, Zariana, Zayn Malik, Zerrie
Visualizações 214
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, como prometido, capítuloo para vocês para quem começa as aulas amanhã -como eu- tentar ir para a escola de bom humor.
Boa leitura.

Capítulo 36 - 34. Milk


Fanfic / Fanfiction Milk - Capítulo 36 - 34. Milk

October 20, 2012

 

Eu posso transformar um monte de corações em
Quebrados com fumaça
Espelhos desaparecendo
Bem na frente deles

Mas acredite em mim
Eu não estou tentando enganar você
Eu prometo que se apaixonar por mim
Não será um erro

One Direction - Illusion

 

— Que porra você está fazendo aqui? — Perguntei incrédula a Zayn que sorria na porta, se fosse em outro momento, eu teria derretido que nem gelatina por esse sorriso.

— Nossa que educação, nem falou um boa noite. — Revirei os olhos.

— Desculpe, boa noite Zayn, que porra você está fazendo aqui? — Zayn desmanchou o sorriso e respirou fundo.

— Posso entrar?

— Desculpe, em minha casa não entra falsos. — Zayn ergueu a sobrancelha, cruzou os braços e encostou-se no batente da porta.

— Bem, então teremos que conversar em pé.

— Só se for você. — Sabe aquele momento em que você se sente a gostosa? Sou eu neste momento ao bater a porta na cara de Zayn.

— Tá falando sério Allyson? — Peguei uma das cadeiras que estava na cozinha e coloquei ao lado da porta sentando na mesma, porém sem fazer barulho algum. — Isso é infantil.

— Infantil? Prefiro ser infantil do que falsa.

— Falso? — Zayn gargalhou, me xinguei mentalmente ao sentir uma sensação boa passar pelo meu corpo ao ouvi-la. — Tá legal Allyson, que merda eu fiz desta vez? —  Ouvi um barulho do outro lado e supus que Zayn havia sentado no chão.

— Pensei que você tinha internet em seu celular. —  Respondi irônica.

— Ok, para começar, meu celular não tem internet e —  interrompi-o.

— E seu celular é o que? Um nokia? —  Perguntei irônica mas arregalei os olhos pelo silêncio de Zayn — Tá me zoando. Você tem mais dinheiro do que as Kardashians tem de plástica e você usa um nokia?

— Eu não vejo importância em ter um celular de última geração.

— Bem, se você tivesse um, saberia o porque de eu estar lhe tratando desta forma. — Zayn ficou alguns minutos em silêncio.

— Touché. — Respondeu por fim. — Mas de qualquer forma, esqueceu que fomos proibidos de utilizar o celular? E depois do twitte de Louis, só recebemos nossos celulares hoje de manhã.

— Está bem, então pergunta para o seus lábios o que ouve.

— Meus lábios o que isso...Ah sim. — Prolongou o “Ah”.

— Uou, ele se lembrou. — Zombei, ouvi a respiração pesada de Zayn.

— Tive meus motivos. — Fiquei em silêncio no aguardo da explicação de Zayn mas o mesmo continuou quieto.

— Sabe, eu ainda não leio mentes e não sou adivinha. — Zayn bufou.

— Allyson, quando se entra nesse mundo, você faz de tudo para conseguir o sucesso e realizar o seu sonho. Quando assinamos com a gravadora, não lemos contrato algum, apenas assinamos e consequentemente, a Modest começou a controlar nossas vidas, desde o corte de cabelo que devemos usar, até a nossas contas no twitter, pensei que vocês, directioners, soubessem disto.

— Nós sempre tivemos nossas suspeitas, mas mesmo assim, acho que poucas pessoas acreditavam cem por cento nisto. — Expliquei.

— Bem, infelizmente é cem por cento verdade.

— Deixe-me adivinhar, Modest mandou você e a Perrie assinarem um contrato para namorarem a anos atrás e agora eles pediram novamente.

— Pensei que você não fosse adivinha. — Revirei os olhos. — Mas, é quase isso. Meu começo de namoro com a Perrie foi cem por cento verdadeiro, Modest achou que nunca iriamos nos separar, porque apesar das brigas e dificuldades de nos ver, continuávamos juntos, então, eles pediram para assinarmos um contrato para sermos namorados que se cancelaria em um ano…

— Quando vocês assinaram? — Perguntei começando a ligar os pontos.

— Ontem fez um ano. A Modest vinha brigando comigo e com Perrie desde o dia em que terminamos, mas ao em vez de nos obrigarem a voltar desde o dia do termino, eles se mantiveram quietos pois as músicas do Little Mix e nossas começaram a ter muitas visualizações, mas no dia da foto, tivemos uma reunião e eles encheram a porra do saco, então eu e a Perrie simplesmente nos beijamos para calar a boca deles pois sabíamos que em poucos dias, estaríamos livres desta merda. Mas eu e Perrie não voltamos, longe disso, ela não quer me ver nem pintado de ouro. — Zayn respirou fundo do outro lado enquanto eu encarava a porta atônita. — Desculpa se lhe magoei, mas infelizmente, nós não podemos ir contra a Modest.

— Então quer dizer que você não estava completamente solteiro? — Perguntei após um tempo em silêncio.

— Só por causa de um contrato.

— E agora, você está solteiro?

— Sim.

— Sem nenhum outro contrato?

— Nenhum.

— Por que não me contou?

— Me desculpe, mas se eu ou qualquer outro dos meninos contássemos a alguém, seria quebra de contrato.

— Tudo bem, eu entendo.

— Entende? — Perguntou.

— Sim, quer dizer, acho que sim.

— Então me dá mais uma chance?

— Chance?

— É, depois da final do programa, os meninos provavelmente vão querer comemorar a vitória de vocês— interrompi-o novamente.

— Vocês nem sabem se iremos ganhar. — Falei com um sorriso no rosto.

— Vocês são talentosas, temos certeza que irão ganhar, tanto que já até reservamos uma mesa em uma pizzaria. — Dessa forma eu vou acabar virando uma massa, literalmente, pensei. — Mas então, nós comemoramos com eles e depois fugimos, que nem na última vez.

— Acho que eles estão mais espertos agora, Holly ameaçou colocar um rastreador em mim.

— Não custa nada tentar.

— Eu vou ter que fugir pela janela e quase me esparramar que nem merda de novo?

— Eu espero que não. Se bem que a visão da sua bunda estava ótima. — Arregalei os olhos, cacete, desde quando Zayn Malik é tarado? Tirando nas entrevistas. — Calma, estou brincando, na verdade não mas não precisa ficar vermelha. — Zayn riu. — Mas então, aceita? — Fiquei em silêncio. Levantei-me da cadeira a afastando da porta e abri a mesma, encontrando Zayn sentado com as mãos apoiadas no chão olhando para o mesmo, ao ver a porta aberta, olhou para cima me encarando nos olhos.

— Aceito.

 


Notas Finais


Desculpe postar tarde, mas ou era esse horário ou só amanhã.

Amanhã eu respondo os comentários do capítulo passado, tenho que desligar o PC se não o chinelo aqui em casa vai voar.
POSTEI E SAI CORRENDO AMO VOCÊS BEIJOOOS.
PRÓXIMO CAPÍTULO SABEREMOS SE A ROYAL IRÁ GANHAR OU NÃO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...