História Milk - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Fifth Harmony, Harry Styles, Larry, Liam Payne, Little Mix, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Perrie Edwards, Zariana, Zayn Malik, Zerrie
Visualizações 215
Palavras 2.466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ok, ok, ok, antes de tudo, demorei pois para escrever esse capítulo, eu precisei pesquisar muito e dar uma de bilingue (desculpe por ser péssima nisso), e com isso, quis fazer um capítulo grande (MEU PRIMEIRO CAPÍTULO COM MAIS DE DUAS MIL PALAVRAS) para compensar a demora e as poucas palavras do capítulo passado.
Enfim, queria dizer que esse capítulo foi totalmente inspirado na jornada da última etapa do Fifth Harmony no X Factor USA 2012, por isso, irei deixar os vídeos que foram associados a este capítulo nas notas finais.
Boa Leitura, até lá em baixo

Capítulo 37 - 35. Milk


Fanfic / Fanfiction Milk - Capítulo 37 - 35. Milk

October 26, 2012

 

Eu não sei como cheguei aqui,
Eu sabia que não seria fácil
Mas sua fé em mim era tão clara
Não importava quantas vezes eu fui nocauteado no chão
Mas você sabia que um dia eu estaria de pé
Apenas olhe para mim agora

Justin Bieber - Believe

Lembra do primeiro dia de aula? A dor de barriga, o enjoo, choro entalado na garganta e a vontade de voltar a dormir e nunca mais acordar? É o que eu estou sentindo desde o momento que o despertador tocou, eu realmente, não ficaria surpresa se do nada, vomitasse minhas tripas a qualquer momento. Eu não sei se quero que tudo acabe o mais rápido possível, ou vá devagar, para eu aproveitar o momento que possivelmente, não irá mais se repetir, mas cara, eu juro que tem uma escola de samba aqui dentro.

 

— Então meninas, vocês e os outros dois finalistas irão fazer uma performance como ocorre todo o ano, a música escolhida foi All You Need is Love, Beatles. — afirmamos com a cabeça para uma das produtoras do evento. Estávamos em uma entrada improvisada dentro do estúdio, por onde passava um grande tapete vermelho imitando o tapete vermelho do oscar. — Ao redor, teremos pessoas se passando por paparazzis enquanto vocês descem da limousine. Primeiro será o Tate, depois  a Carly  e vocês. Holly e Lizy na limousine da frente e Lauren, Allyson e Molly na de trás, aqui está o papel com a letra da música e em que parte vocês entraram. Descem cantando e vão entrando em direção ao palco e no final, top três em cima do palco, tudo bem? — afirmamos novamente, mas aposto que assim como eu, as garotas estavam mais perdidas que cego em tiroteio. — O figurino de vocês estão no camarim, experimentem que daqui meia hora o figurinista irá lá para dar os últimos ajustes e em seguida iremos ensaiar. Até logo meninas. — saiu sem esperar uma resposta nossa. Nos entreolhamos.

— Espero que alguma de vocês tenham entendido, porque eu parei de ouvir a partir que ouvi as fãs gritarem royals na porta. — Lizy disse apontando para a entrada que nos separava dos fãs que estavam ali nos apoiando, eu poderia detalhar mais, mas a ficha de que temos fãs não caiu até agora. — Além disso, eu não funciono bem as dez da manhã.

— Eu só sei que precisamos ensaiar, muito mais do que ensaiamos nesses últimos dias. — concordamos com Holly enquanto íamos em direção ao camarim.

— Eu não acredito que será a última vez em que iremos subir naquele palco, nem parece que já faz dois meses.

— Nem acredito que tivemos uma segunda chance. — completei a fala de Molly.

— E por isso temos que aproveitar, não é todo dia que isso acontece.

 

[...]

 

— Anything Could Happen, Anything Could Happen. — finalizamos em uníssono ouvindo em seguida as palmas de Simon e algumas pessoas que estavam ali presentes.

— Muito bom meninas, só precisam melhorar a sincronia na hora da dança e Lizy e Ally, vocês estão entrando na hora errada, cinco minutos e depois voltamos com Let it Be. — finalizou saindo de nossas vistas. Respirei fundo, desci do palco em direção ao meu celular que não havia pegado o dia inteiro, porém antes que eu pudesse sequer de quem eram as mensagens recebidas, Lizy chamou-me para arrumarmos a “entrada”, larguei o mesmo e fui até ela e as meninas.

 

[...]

 

— Respira, expira, respira, expira, respir-

— Lauren, eu to nervosa, não parindo uma criança. — reclamei fazendo Lauren revirar os olhos.

— Grossa, quando precisar de alguém falando respira e expira no seu parto, eu não estarei lá. — virou as costas.

— Hey, desculpa, eu estou nervosa, e quando fico nervosa eu fico meio agressiva. — expliquei envergonhada.

— Então você está sempre agressiva né? — Molly perguntou.

— Vai se foder.

 

Antes que pudéssemos começar uma mini guerra de palavrões, a organizadora entrou no camarim.

 

— Prontas? Hora do show de abertura. — sorriu.

— Acho que eu vou vomitar o Doritos. — Holly reclamou com a mão sobre o estômago.

— Laranja não combina com vermelho, então engole isso aí. — Lizy ordenou enquanto saia pela porta atrás da organizadora, fomos atrás delas. Em poucos minutos, havia várias pessoas ao nosso redor conectando fones e colocando os pontos no ouvido.

— Acho que eu vou fazer xixi nas calças. — Holly disse nervosa.

— Sai fora guria, eu quero trocar de limousine. — Lizy pediu.

— Limousines, agora. — gritaram de algum lugar. Fomos em direção as duas ultimas limousines.

— Boa sorte. — dissemos em uníssono e esperamos nossas deixas para sair da mesma e cantar.

 

[...]

 

— Eu não acredito que você saiu do carro e cantou logo após vomitar. — ri com a confissão junto a uma cara de indignação de Lizy aturar o cheiro de Doritos com coca-cola por mais de dois minutos.

— Eu falei que iria vomitar, sorte que o xixi era só de nervoso. — se explicou ao sair do banheiro do corredor após escovar os dentes. Ouvimos as palmas indicando o fim da apresentação de Carly, ela era fofa, bonita e cantava bem pra caralho, eu estava com medo. — Vamos logo que após o Tate é a gente.

— E depois, One Direction. — sorri entusiasmada. Não havia falado com nenhum dos garotos desde o dia em que me tornei a melhor amiga de Niall —o que ele relatou para o mundo ao postar no twitter “my little best friend, @allysoncrosby or @mrs.crazymofos”, pelo menos o meu ex-fã clube agora era um dos mais seguidos— e minha discussão com Zayn, não por falta de vontade, mas por falta de tempo. Os meninos viajaram novamente e tiveram que regravar algumas músicas do álbum, e eu, não tinha tempo nem para cagar com tanto ensaio que estávamos tendo, só rezava para que no final, tudo vale-se a pena.

— Estou é com medo do vídeo que irão passar sobre nós e nossa jornada, to vendo que minha mãe falou sobre a vez que eu comi uma unha pintada de preto pensando ser uma barata. — olhei com nojo para Molly. — O que? Eu confundia baratas com chocolate.

— Acho que vou vomitar novamente.

 

[...]

 

Roupas, cabelos, microfones, cenários, tudo pronto, menos a coragem.

 

— Cinco minutos.

 

Estávamos já em cima do palco, sentadas em cadeiras ao redor de uma mesa feita como cenário para a performance. Iria passar primeiro um breve “documentário” sobre nossa trajetória e em seguida, iriamos começar a performance.

 

— Ganhando ou perdendo, obrigada por tudo meninas, podemos não sair com o dinheiro ou com fama, mas sairemos com quatro irmãs e amigas. — sorrimos com com a fala de Lauren e demos as mãos.

— No ar em cinco, quatro, três, dois…

— Estamos de volta com a final do The X Factor UK. — foi se ouvido palmas por toda arena. — A terceira performance da noite será das meninas do time de Simon, palmas para Fifth Harmony. — as luzes se apagaram e um vídeo foi exibido no telão atrás de nós

 

“Ally: Isso são cinco milhões de dólares que estão em jogo.

Tudo depende disto.

Lauren: Está noite é a noite e não há outro lugar para nós.

Holly: Somos cinco garotas de diferentes partes do país, mas temos o mesmo sonho.

— Molly sempre cantava por toda a casa.

— Lauren sempre cantava todas as canções dos filmes.

— Aos três anos, Holly disse: mamãe, um dia irei cantar uma linda música para muitas pessoas.

— Quando tinha onze anos Elizabeth nos disse: mamãe, quero ser uma estrela pop, nós nos olhamos e dissemos “o que?”

—Quando perguntamos a Ally, aos doze anos, o que queria fazer da vida, ela disse: fazer as pessoas sorrirem.

Simon: Sentado aqui agora, me lembro quando vi suas audições pela primeira vez — a imagem na tela foi para um dos momentos nossos com Simon na sala de sua casa. — me pareciam interessantes, posso lembrar de cada uma, e agora me lembro, de ter visto algumas de vocês “Sabem o que irá acontecer aqui?”, e logo veio aquela apresentação mágica. — a imagem foi novamente cortada para nossa performance de impossible.

Lauren: Quando cantamos Impossible, senti a conexão, eu queria chorar, porque algo em meu coração, me dizia que deveríamos estar juntas, era onde deveríamos estar. — algumas cenas de nossas performances. — Durante está competição, passamos por muitas coisas. Porém, tínhamos umas às outras quando preciso — a imagem voltou para quando estávamos na sala de Simon.

Holly: Eu só estou pensando em tudo o que passamos — Holly começou chorando. — E estarmos juntas é tão….é tão incrível. E agora estamos aqui, tornando o nosso sonho em realidade. Estamos muito gratas, obrigada. — agradeceu Simon.

Simon: Eu gostaria de agradecer, porque realmente gosto de vocês.”

 

As luzes se desviaram do telão para nós, e antes de Lauren começar a cantar, ao olhar para o lado, encontrei cinco rostos sorridentes que me aliviaram de uma forma surpreendente.

 

[...]

I know it's gonna be
I know it's gonna be alright

But I don't think I need you
But I don't think I need you
But I don't think I need you

 

 

— Certo senhoritas. Está performance foi a melhor performance vocal que vocês fizeram até hoje. — gritamos em conjunto. —  Não curti os garçons, não fazem meu tipo mas eu estou muito orgulhoso de vocês. — aplausos foram ouvidos ao fim da fala de LA.

— Sabe eu adorei tudo. — começou Britney. —  Foi mágico quando vocês apareceram.

—  Achei os vestidos, tudo, tão lindo. Reacendeu a chama que vocês, às vezes, precisam. Trabalharam bem o palco, achei muito bom.

— Obrigada. —  Holly agradeceu a Demi no microfone.

— Garotas, olhem. — começou Simon. — Não vamos nos enganar. Vocês chegaram na competição, está noite, como azarões. Estavam em quarto lugar, certo? — afirmei mesmo sentindo que no fundo, ele estava falando de outra coisa. — Mas com essa performance, como a letra da música diz, tudo pode acontecer.

— Obrigada Simon. E se vocês querem ver essas garotas na final, precisam votar, mas só no final do show.

 

[...]


 

— Meu cu, meu cu, meu cu.

— Seu cu? Meu cu — Holly olhou-me estranho. — Quer dizer, não nesse sentido, o cu é seu mas é o meu cu e...deixa. — desisti de me explicar.

— Ao vivo em 3, 2 …

— Esse garotos começaram no The X Factor UK, agora, eles são número um em trinta e sete e estão aqui para cantar seu mais novo single, Kiss You, por favor aplaudam, One Direction.

— Novo single? — Lauren sussurrou.

— Cala a boca.

 

Foquei minha atenção na boca gigante com cinco meninos em cima, e puta merda, Zayn mudou o corte de cabelo, de novo, e cacete, acho que é o melhor de todos, desculpe mecha. Havíamos acabado de finalizar nossa última performance da noite, Let It Be que mesmo sendo bastante elogiada pelos jurados, Give Your Heart a Break com participação da Demi Fucking Lovato foi a mais aplaudida e a que causou mais gritos da plateia, da noite, eu estava tão nervosa que na hora de apresentar-lá, acho que acabei falando amendoim. Porém, nada estava garantido, faltava a última performance de Carly, e a performance anterior da mesma teve uma potência vocal tão grande que estou arrepiada até agora. Espera ai, QUEM FOI O FILHO DA PUTA QUE CORTOU O MICROFONE DO ZAYN MOZÃO? Se aparecer uma galinha preta enforcada em seu portão, não reclame cara pessoa.

 

— Você e Zayn estão de boa? Não vi mais vocês conversando e você não falou nele nos últimos dias.

— Tanto eu quanto ele não tivemos tempo para conversar, mas acho que estamos de boa. — dei de ombros. O ZAYN EU TE DEIXO BEIJAR-ME MOZÃO.

— Não estou preparada para o resultado.

— Nem eu.

 

[...]

 

— Estamos com nossos finalistas no palco e iremos finalmente, descobrir quem irá ser o grande vencedor do The X Factor UK 2012. — o apresentador respirou fundo. — E quem fica em terceiro lugar, e deixa a competição é…

 

Respirei fundo e apertei a mão de Holly e Lauren; estávamos de mãos dadas junto a Simon. Era agora, era tudo ou nada. Olhei para a primeira fileira da platéia encontrando mamãe, papai, James e vovó sorrindo com os dedos cruzados ao lado dos outros familiares, mesmo perdendo, eu sabia que eles ainda teriam orgulho de mim. Olhei para o lado, no backstage, encontrando alguns antigos participantes, incluindo os meninos do Emblem3 que estavam torcendo para a gente, e os meninos da One Direction, Niall roia a unha e eu dei um sorriso fraco. Meu olhar se cruzou com o de Zayn e por alguns instantes, eu senti que havia somente eu e ele nesta enorme árena, eu esperava que minha amizade e a das meninas com eles não acabasse junto com o programa.

 

— Tate. — anunciou. Soltei a respiração que nem notei estar segurando. Tate disse algumas palavras mas confesso que não prestei nenhuma atenção, talvez pudessemos ganhar.

— Eu acho que vou morrer. — Holly choramingou.

— Obrigada Tate, e agora, é a hora. — um barulho sinistro soou. — em segundo lugar e irá nos deixar está noite é…

 

Ai meu cu, ai meu cu, ai meu cu. Deuses dos unicórnios, eu juro que se ganharmos, eu compro uma casa só para vocês.

 

— Royal Doss.

 

Uma regra que aprendemos neste programa: nunca demonstre sua tristeza, nem quando sua oponente grita animada por ter conseguido o que você sempre ganhou. Carly mereceu, mas eu achei que também mereciamos.

Soltamos nossas mãos e abraçamos Simon, graças a ele, não estaríamos aqui.

 

— Royal Doss, vocês deixam a competição mas tiveram uma linda jornada. Querem dizer alguma coisa?

— Eu só quero dizer obrigada a todos que nos apoiaram, amigos, família, amamos vocês. — Lauren respondeu.

— Allyson, como você se sente por ter ganhado amigas para o resto da vida?

— É incrível, eu sinto que neste competição, não se ganha somente cinco mil dólares, ganhamos amigas para a vida, como disse, estou muito feliz pelo que sou agora. — respondi.

— Eu estou muito orgulhoso de vocês. —Simon disse antes de começar a passar um video com nossas performances.

— Senhoras e senhores, mais uma salva de palmas para Royal Doss. — abraçamos Carly e saímos do palco, antes que pudessemos falar algo, cinco dez braços nos rodearam.

— Vocês foram incriveis, melhores que nós na final. — rimos de Harry após nos soltarmos. — Segundo lugar, melhor que terceiro. Desculpa, estou tentado alegrar-las.

— Quer me alegrar? Me leva na Doss para eu encher a cara de sorvete. — Lizy disse.

— Se conseguimos passar das várias fãs que estão lá fora… — Liam disse.

— Que? Elas continuam aqui? — perguntei confusa.

— Eu acho até que triplicou a quantidade. — nos entreolhamos e saimos correndo em direção a entrada da árena, ignorando nossos parentes e os meninos que gritavam nossos nomes. Estancamos na porta ao olhar a quantidade de adolescentes que estavam ali e que ao nos ver, começaram a gritar mais ainda.

— Isso está realmente acontecendo ou tinha maconha naquele Doritos? —  Holly perguntou.

— É garotas, parece que vocês estão famosas. — olhamos para Simon que brotou ao nosso lado e em seguida para os fãs. Nós, nós somos famosas?

 


Notas Finais


ENTÃO, eu ia colocar o "encontro" neste capítulo, mas iria ficar muito longo e capítulos longos as vezes são muito enjoativos.
Não teve muito Zally neste capítulo, mas sem Royal Doss, não teria Zally, e com o fim dessa jornada no The X Factor, AS COISAS VÃO MUDAR COMPLETAMENTE.
As meninas ficaram em segundo lugar, o que acharam? Confesso que não sabia se deixava em terceiro ou segundo...Se notaram, neste capítulo, a Lizy "agiu" como Dinah, Molly como Normani, Ally como Camila, Holly como Ally e Lauren como Lauren, como disse a fic é inspirada em 5H, então terá muitos momentos assim.
Obrigada pelos 190 favoritos, amoooooo vocês.
CHORANDO QUE MINHA FIC FAV FOI APAGADAAAA, CB, EU TE AMO.
Enfim, tentarei voltar sexta ou sábado, até lá amores.
Links que foi dito nas notas iniciais:
Música Top 3: https://www.youtube.com/watch?v=N0gByy6jGy8
Anything Could Happen e comentários: https://www.youtube.com/watch?v=FivBRrOK0BU
Kiss you, final: https://www.youtube.com/watch?v=kLrYRHRfpPo
Let it Be: https://www.youtube.com/watch?v=-FEu9QpdMCc
Give Your Heart a Break: https://www.youtube.com/watch?v=9y2nDkMeLEc
Final results: https://www.youtube.com/watch?v=TEobHU-I7Bs

CAPÍTULO EM HOMENAGEM A -forevergirll QUE DEU O NOME AO FANDOM E HOMENAGEM A TODAS VOCÊS QUE EU AMO MUITO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...