História Million Reasons - Capítulo 53


Escrita por: ~ e ~LudyVicky

Postado
Categorias Malhação
Visualizações 225
Palavras 1.845
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem, mas sei que não vão gostar...
Boa leitura!
Kisses. ❤😐

Capítulo 53 - Briga


Fanfic / Fanfiction Million Reasons - Capítulo 53 - Briga

Amanheceu.

Estava um lindo dia de sol, era sábado, Benê havia levantado pra correr, chegou em casa umas 11 horas da manhã.

– Oi filha! - disse Josefina.

– Oi mãe! - disse Benê.

– Filha, a Lica ligou, perguntou se você podia ir às compras com ela e as meninas, vocês vão que horas? - indagou Josefina.

– Não sei mãe, vejo com elas e falo com você. - disse Benê.

– Okay. - disse Josefina.

Benê tomou um banho e almoçou, as horas passaram como um flash, já eram 15h.

Benê estava sentada no sofá de casa assistindo TV.

De repente, ouve-se um barulho de batidas na porta, era Lica.

– Oioi cheguei! Não aguentei e entrei! - disse Lica entrando na casa de Benê.

– Oi Jô! - disse Lica cumprimentando Josefina.

– Oi Lica. - disse Josefina sorrindo.

– Hein, nós vamos agora, algum problema? - disse Lica.

– Você esqueceu de perguntar o horário não não Benê? - indagou Josefina sorrindo.

– Esqueci, desculpa mãe. - disse Benê.

– Tudo bem filha, você pode ir. - disse Josefina sorrindo. Benê nesse momento foi até seu quarto trocar de roupa.

– Vou levar a Benê pra sair mas nós voltaremos cedo. - disse Lica.

– Claro, ela tá precisando mesmo, desde ontem que ela tá meio tristonha, e cá entre nós, você já sabe o motivo. - disse Josefina sussurrando.

– Guto. Acertei? - indagou Lica.

– Em cheio, ela tá com ciúmes dele. - disse Josefina.

– Ah eu entendo, mas, diz pra ela ficar tranquila, Clara não quer nada com o Guto, bom, até onde eu sei. - disse Lica.

Josefina apenas olhou Lica e cerrou os lábios, Benê voltou do quarto.

– Vamo que as meninas estão esperando na lanchonete. - disse Lica.

– Tchau meninas! - disse Josefina.

– Tchau! - responderam as duas juntas.

Benê e Lica chegaram na lanchonete, as meninas já estavam esperando por elas.

– Finalmente! - disse Ellen.

– Bora! - disseram Keyla e Tina.

As meninas entraram no carro de Lica e foram em direção ao shopping.

– E aí gente, vocês já tem ideias de looks? - indagou Lica.

– Eu tenho! - disse Ellen.

– Eu também! - disse Keyla.

– Eu tenho mais ou menos. - disse Tina.

– Eu não tenho, vou ver na hora. - disse Benê.

Lica pediu que seu motorista colocasse uma música para tocar, e começou a tocar aquela I Need Your Love - Ellie Goulding.

As meninas começaram a cantar sorrindo, elas cantavam errado, mas cantavam. Benê ria daquela situação, e as vezes tapava os ouvidos pelos gritos altos, mas mesmo assim estava se divertindo muito.

Demoraram mais alguns minutos, até que as mesmas chegaram no shopping.

– Gente eu vou adorar isso! - disse Keyla animada.

– Nós vamos adorar você quis dizer! - disse Tina sorrindo.

– Vamos às compras! - disse Lica colocando os óculos escuros e subindo a escada rolante.

As fours riram da amiga que tirou o óculos rindo também.

As fives andavam, e andavam até que uma loja interessou Keyla que foi igual a um furacão.

– Quero provar essa! - disse pegando uma peça e indo ao provador.

Tina e Lica vasculhavam o lugar, Benê e Ellen estavam sentadas nas poltronas. Keyla saiu do provador.

– Ellen e Benê, sejam sinceras, ficou boa essa roupa? - indagou a amiga, a mesma usava uma roupa na cor vinho.

– Tá linda Key! - disse Ellen sorrindo.

– Ficou bonito, mas... - disse Benê.

– Mas o quê? Eu tô gorda? - indagou Keyla parecendo preocupada.

– Não, não é isso. É que... Esta rasgado um pouco do lado. - disse Benê se levantando e mostrando a amiga.

– Benê você é muito perfeccionista, obrigada por me mostrar! - disse Keyla sorrindo e indo falar com a vendedora.

Tina e Lica voltaram.

– Não achei nada pra mim. - disse Lica.

– Nem eu. - disse Tina.

– Muito menos eu. - disse Ellen.

– Na verdade Ellen, você nem procurou. - disse Benê.

Tina e Lica sorriram e Ellen também.

– Cadê a Key? - indagou Tina.

– Estou aqui! - disse Keyla voltando.

– E aí? Tinha outro? - indagou Benê.

– Tinha, graças a Deus! - disse Keyla sorrindo.

– Ah eu quero ver! - disse Lica.

– Eu também quero, vai lá amiga! Prova de novo! - disse Tina.

– Tá bom! - disse Keyla empolgada indo provar o vestido.

Keyla voltou do provador.

– Arrasou Key! - disse Lica sorrindo.

– Tá linda! - disse Tina sorrindo também.

– Agora sim! - disse Benê sorrindo.

Ellen sorriu batendo palmas.

– Só a Key comprou roupa até agora? - indagou Tina.

– Só. - disse Lica.

– Vamos em outras lojas tô vendo que isso vai demorar! - disse Tina sorrindo.

– Você gosta de algo mais básico né Benê? - disse Lica.

– Sim, um meio termo, nem muito estravagante mas também nem muito simples. - disse Benê.

As fives saíram da loja, e andavam pelo shopping, Lica entrou numa loja e chamou as meninas.

Lica sumiu na loja junto com as fours.

Ellen viu um look com uma calça jeans preta rasgada, blusa listrada é um blazer preto por cima, era exatamente o que ela queria.

– Gente, achei! - disse Ellen animada pegando o look e indo vestir.

– Vamo esperar! - disse Keyla sorrindo.

Ellen saiu do provador.

– Mas você tá maravilhosa! Esse look caiu super bem! - disse Lica.

– Era isso que eu queria! - disse Ellen sorrindo.

– A hacker mais linda de São Paulo! - disse Tina sorrindo.

– Tá bonita mesmo Ellen! - disse Benê sorrindo.

– Ah valeu meninas. - disse Ellen sorrindo.

Lica procurou mais pouco até que achou uma peça também é foi provar.

– Olha ela, tá maravilhosa! - disse Tina abrindo a cortina e vendo a amiga.

– Gostei dessa aqui, achei a minha cara! - disse Lica sorrindo.

– Achou a sua cara? - indagou Benê.

– É Benê, eu quis dizer que achei que a roupa combinou comigo. - disse Lica sorrindo.

– Combinou mesmo! - disse Keyla.

– Também já achei uma roupa, vou usar essa blusa branca, essa saia meio marronzinha rodada, com esse chapéu! O que acha? - disse Tina mostrando seu look.

– Vai ficar linda! - disse Lica.

– Acredite Lica, ela ficou. - disse Ellen sorrindo.

– Gente, e a Benê? - indagou Keyla.

– Benê cê ainda não escolheu nada não é? - indagou Ellen.

– Não. Ainda vou procurar. - disse Benê.

– Relaxa Benê, nós vamos te ajudar! - disse Lica sorrindo.

Então as fours saíram procurando roupas.

Keyla fez Benê se sentar em um puff que se locomover, então elas a puxaram para o meio da loja.

– Essa não! - dizia Tina colocando uma roupa na frente do corpo de Benê e tirando logo depois.

– Muito longo! - disse Keyla fazendo o mesmo.

– Muito curto! - disse Ellen com os olhos arregalados fazendo o mesmo.

– Perfeito! - disse Lica sorrindo pegando uma peça.

– Olha, não é muito estravagante nem muito simples, saia no meio da coxa, adequado! - disse Lica.

– É, arrasou Lica! - disse Keyla sorrindo.

Benê analisou a roupa, e não achou feia, muito pelo contrário, achou linda.

– Prova! - disse Tina sorrindo.

Benê pegou a roupa, e provou, quando ela saiu do provador.

– Benedita do céu! Você está muito linda! - disse Keyla sorrindo.

– O Guto vai ficar impressionado! - disse Lica.

– Benê você está linda! - disse Tina.

– Ta linda! Tá muito mesmo! - concordou Ellen.

– Benedita Teixeira você tá um arraso! - disse Keyla.

– Obrigada, não é meu estilo mas eu gostei! - respondeu Benê tímida.

– Você tem noção de como o Guto vai ficar quando ver você nessa roupa? - indagou Lica.

– Eu não sei como ele vai reagir. - disse Benê.

– Benê, ele vai te achar mais gata do que já é! - disse Ellen.

– Vamos ajudar você com tudo! - disse Tina.

As fives continuaram falando sobre aquilo por mais alguns minutos.

– Gente, vamo comer alguma coisa? Já são 17h30min. - disse Lica.

– Vamo. - disse Tina.

Assim, as fives saíram da loja e foram lanchar, logo depois daquilo elas foram pra casa.

Passaram-se alguns dias, Benê estava saindo de casa com alguns papéis para ir até a lanchonete quando encontrou Juca.

– Oi Benê! - disse Juca.

– Oi Juca! - disse Benê.

– Ta tudo pronto já né? A festa já é sexta! - disse Juca.

– Sim tá tudo pronto, só tenho que ver a decoração! - disse Benê.

Juca e Benê tratavam assuntos da festa na lanchonete enquanto tomavam um milk shake, e Benê também conversava com Roney sobre a comida.

Nessa hora Guto chegou com os amigos dele da banda e já começou reparar que Benê estava conversando animadamente com Juca, nervoso, ele foi até eles.

– Atrapalho o papinho de vocês dois? - indagou Guto ironicamente.

Benê não compreendia ironias mas percebeu o tom de bravo na voz dele.

– Você não atrapalha em nada eu só tava trocando uma ideia com a Benê e com o Roney - disse Juca.

– Tava bem animado o papo de vocês né Benê? Só foi eu chegar que vocês ficaram tensos, calados... - falou Guto.

– Nós não estávamos falando nada demais. - disse Benê.

– Mas não parecia! - disse Guto falando alto – Primeiro, ele fala de um negócio que você queria naquele dia, e hoje vocês aqui tomando milk shake e de papinho? Ah por favor Benedita! - disse Guto já alterado.

As pessoas que estavam na lanchonete começaram a olhar.

– Calma Guto, a gente não tava falando nada demais, fica tranquilo. - disse Juca.

– CALA A BOCA QUE NINGUÉM TE CHAMOU NA CONVERSA! - disse Guto avançando em Juca.

Nessa hora Samantha, MB e Felipe foram correndo saindo de onde estavam.

– Vocês não vão brigar aqui na minha lanchonete né? - disse Roney.

– Ei Guto! Se controla! Você não vai bater nele! - disse Samantha encarando Guto.

– Já falei que eu não gosto quando você grita! - disse Benê com os olhos marejados encarando Guto.

– QUE SABER? FICA AÍ COM SEU AMIGUINHO! - disse Guto saindo dali enfurecido, MB e Felipe foram atrás dele.

Benê fica sem reação, apenas começou a chorar, Keyla desceu correndo.

– Que gritaria é essa aqui? - indagou vendo a amiga chorando.

– Benê... - disse Juca querendo falar com Benê.

– Juca, acho que agora não é o melhor momento. - disse Keyla.

– Concordo. Vamo Juca? - indagou Samantha.

– Vamo. - disse Juca constrangido.

– Desculpa Benê. - disse Juca antes de ir embora, mas a menina só chorava.

– Vamo subir Benê? Vamo? - indagou Keyla amparando a amiga.

Benê apenas assentiu subindo as escadas com Keyla.

Guto estava com ódio tanto que acabou socando uma parede qualquer da rua.

– Cara para você vai acabar se machucando! - disse Felipe.

– Mano fica tranquilo! - disse MB.

– Tranquilo? Vocês querem que eu fique tranquilo? - indagou Guto.

– Cara isso é coisa da tua cabeça, aquilo era uma conversa entre amigos! - disse Felipe.

– Mas eu sei as intenções daquele garoto! E a Benê também não colabora! Fica pra cima e pra baixo com esse cara! - disse Guto.

– Guto cê tá cego de ciúmes mano, para com isso, cê tá dando razão a paranóia que não existe! - disse MB.

– Quer saber? Me deixem em paz tá legal? - disse Guto alterado e gritando e saindo de perto deles.


Notas Finais


Ai gente não matem a gente... 💔
Beijos.
Comentem e digam o que acharam ❤
Bjs ❤

L/N.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...