História Mine and Yours, Our - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Norminah, Trolly, Vercy, Zayn Malik
Exibições 259
Palavras 2.753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


d(-_^)

Desculpa mais uma vez a demora...

Capítulo 27 - Parabéns, Amor!


Fanfic / Fanfiction Mine and Yours, Our - Capítulo 27 - Parabéns, Amor!

Camila POV

Lauren estava parecendo outra pessoa depois do episódio no carro. Ela estava mais leve e feliz. Não posso julgá-lá eu também estava.

Quando chegamos ninguém estava acordado obviamente. Tomamos banho e logo nos deitamos, dormir foi uma tarefa um pouco complicada, fiquei observando Lauren ali tão serena dormindo.

Na manhã seguinte acordei sendo cutucada.

- Camila... - um sussurro me chamou e não veio de Lauren, que estava dormindo. - Ei... - dessa vez foi acompanhado de um cutucão.

- Hmmm.

- Porra, Camila, acorda. - outro sussuro, só que dessa vez em tom ameaçador.

Me virei para o lado esquerdo e dei de cara com Dinah abaixada do meu lado e Allyson inclinada em minha direção.

- O-O que?! - perguntei assutada e me levantei. - Aconteceu algo?

- Fala baixo, vai acordar a Lauren. - Dinah sussurrou. - E nada aconteceu.

- Você dorme, hein, por Cristo. - Allyson murmurou reclamando. - Vocês chegaram muito tarde?

- Mais ou menos. - respondi e tirei o cobertor de cima de mim.

- Não quero te ver de lingerie, vadia, se cobre aí. - Dinah implicou fazendo uma careta de nojo.

- Oh, é. - corei. - Mas o que querem aqui afinal? Estou curiosa agora. - sorri totalmente interessada.

- Você transou?

- Vocês vieram me perguntar isso?

- Não mas agora estou interessada. - Allyson continuou.

- Por que acham que eu transei?

- Você está com um sorriso que quase rasga seu rosto... E pela manhã.

- Hoje em dia nem sorrir pela manhã mais eu posso?! - falei fingindo estar com um pouco de raiva.

- Okay. Parece alguém não transou. - Allyson concluiu. - Mas então... Queremos fazer uma surpresa para a Lauren, e precisamos da sua ajuda.

- Claro, só vou me vestir. - falei e me levantei. Olhei para Lauren, ela não dormia tanto assim normalmente. - Será que ela está mesmo dormindo?!

- Acho que sim... Você cansou ela, Chancho.

- Dinah, cala a boca. - murmurei enquanto me levantava.

- Vamos, Ally. - Dinah falou rindo baixo. Saiu de mãos dadas com a baixa.

As acompanhei com o olhar e depois desviei para o sofá-cama que Nicolas deveria estar dormindo mas que só restava Manuela que ainda estava deitada.

Peguei vesti o mesmo vestido da noite anterior e fiz minha higiene, quando saí do banheiro, a Jauregui menor tentava abrir sua mala.

Ajudei Manuela a se vestir e fazer sua higiene também, e logo depois ela agarrou meu pescoço para descermos, enquanto sua mãe ainda dormia.

Ajudei as meninas na preparação do café da manhã, e depois elas já estavam trabalhando no almoço que mais parecia uma ceia.

Os adolescentes ficaram responsáveis por cuidar das crianças. Eles iriam dar uma volta em bicicletas que estavam no porão da casa.

Quanto mais Lauren dormisse, melhor. Era bom também que ela não poderia reclamar, como vivia fazendo sobre acordar sempre cedo.

- Tia Mani, Camila preciso da ajuda de vocês! - Laura chegou correndo e falou. Todos os olhares se viraram para ela: Veronica, Lucia, Dinah, Normani, Allyson e eu olhamos preocupada.

- O que aconteceu? - perguntei deixando o "arroz com leche" que Lauren tanto gosta de lado.

- Nada demais. - Laura respondeu nervosa. - Vocês podem vir, é rápido.

- Claro, querida. - Normani falou e olhou para mim rapidamente.

Seguimos a garota em silêncio até o lado de fora da casa.

Manuela estava chorando no colo de Melissa. Jessy segurando Dilan que estava assustado, assim como Alicia fazia a mesma coisa com Nicolas.

Luiza estava segurando a mão direita de Jake, e ele estava tentando controlar as lágrimas no chão, com rosto ralado assim como o lado eaqueros do corpo, o joelho escorrendo sangue.

- Oh.

- Merda, garoto. - Normani falou nervosa.

- Laura pega os documentos do seu irmão. - falei nervosa também. A garota apenas saiu correndo sem dizer nada. Me aproximei de Jake. - Alguém pega as chaves do jipe para mim!

- Eu vou. - Normani que ainda estava parada falou.

Avaliei seu corpo mesmo não entendendo nada de fraturas.

- Você pode mexer seu braço esquerdo?

- N-Não. - respondeu.

- Okay... - falei sem saber como prosseguir. - Algo mais que você não pode mexer?

Ele negou com a cabeça.

- Faça a Manuela parar de chorar. - Jake pediu preocupado. - Fala com ela que eu não vou morrer.

Olhei para Manuela enquanto escutava o carro de Louis e Harry chegando, eles tinham ido para a cidade.

- Céus, Jake. - Louis falou preocupado.

- Camila, os documentos estão aqui. - Normani falou. - Ah, Louis. Toma.

Entregou os documentos para Louis que logo entendeu.

- Você pode andar, certo? - Harry perguntou abaixado perto de Jake.

- Posso, só meu braço que está doendo muito.

- Você deve ter fraturado. - Harry falou e Louis se abaixou também. - Cuidado, Lou... Vamos levá-lo para o carro.

- Aposto que estava fazendo gracinha. - Lauren apareceu amarrando o cabelo em coque. - Já falei para não ficar se exibindo, Jake...

Olhei para ela rapidamente, dizendo silenciosamente que ele estar machucado já era ruim suficiente.

- Mãe...

- Oh, filho... Onde está doendo?! - perguntou esquecendo de brigar, e ficando realmente preocupada.

- Tudo.

Laura riu do irmão, mas de nervoso. Luiza se afastou de Jake, Harry e Louis o ajudaram a entrar no jipe azul de Louis.

Me aproximei de Melissa e peguei Manuela, sentando na escada para poder pegar Nicolas que também estava assustado.

Normani mandou Jessy e Dilan para dentro.

Alicia, Melissa, Laura e Luiza ficaram ali para poder me contar como Jake havia feito para se machucar.

Segundo as meninas Jake foi desafiado por um garoto chamado Aaron, eles se conheceram na trilha que estavam fazendo.

Só que Jake como não conhecia bem o local acabou por cair e se machucou.

***

- A Lauren está chegando! - Dinah gritou quando escutou as portas batendo do lado de fora da casa.

- Corre pessoal!

Allyson gritou enquanto se esforçava para ir mais rápido se esconder.

Manuela e Nicolas praticamente pularam encima de mim enquanto me escondia atrás do balcão da cozinha. A mesa em frente o local lotada de comida, apenas esperando a Lauren.

Os passos de Lauren, Jake, Louis e Harry logo foram escutados.

- Agora você vai subir e ficar sozinho enquanto todo mundo vai se divertir lá fo... 

Quando Lauren chegou na sala de jantar todos levantamos e gritamos:

- SURPRESA!

- Oh... Wow, pessoal!

- Gente eu só quebrei o braço! - Jake brincou mostrando o gesso. - Não precisava.

- Hoje é aniversário da sua mãe, garoto. - Louis falou rindo.

- Ah... Eu já sabia.

- Feliz aniversário! - as crianças correram para pular em Lauren.

Logo todos a abraçaram e só restou Dinah e eu.

Dinah estava entretida tentando roubar alguma comida.

Abracei Lauren com força.

- Feliz aniversário. - sussurrei e beijei sua bochecha esquerda. - Eu te amo tanto, quero mais que tudo na vida a sua felicidade.

- Own, obrigada. - Lauren falou segurando minha cintura. - Eu também te amo, desculpa não ter falado isso ontem depois que... - sorriu antes abaixar mais o tom de voz. - Nós fizemos coisas no carro.

- Hoje é festa na árvore... Só vai quem trepa. - Dinah falou abraçando nós duas. - Se a festa fosse ontem vocês não iriam...

- Que?

- Eu sei o que vocês fizeram ontem à noite. - Dinah gargalhou em seguida. - Marcas na barriga, Camila, e na nuca, Lauren.

- Que olhar biônico...

- E você negou hoje de manhã. - Dinah riu olhando para mim. - Não adianta esconder nada de mim.

- Lo, seus presentes. - deixei a sacola na mão direita que antes estava na minha cintura. - Espero que goste.

- Não precisava. - falou já olhando curiosa o que tinha ganhado.

- Eu não ganhei vinis de aniversário! - Dinah falou mostrando sua indignação.

- Você não dá orgasmos à ela também. - Lauren sussurrou para Dinah.

- Estou imensamente ofendida, Camila, minha amizade não te basta. - Dinah novamente se fez de ofendida. - Assim não dá!

- O que foi, Dinah? - Normani perguntou interessada enquanto arrumava algo na imensa mesa.

- Nada não, Mani.

- Camila, pode me ajudar aqui? - Normani pediu.

- Eu ajudo, Normani. - Veronica falou se aproximando da mesa.

- Pode deixar, Vero. - falei sendo observada por Dinah e Lauren. - Depois nós continuamos essa conversa, meninas.

- Normani te salvou desse papo incrível da razão por qual eu não sou boa o suficiente para ganhar presentes legais. - Dinah me olhou com os olhos pequenos.

- Ainda te dou presentes, não seja má agradecida.

Depois de comer e arrumar toda a bagunça que fizemos, todos começaram a se espalhar pela casa.

Jake estava sendo acompanhado por Melissa, enquanto a mesma era "acompanhada" por Luiza, os três assistindo série na sala.

Os outros adolescentes e as crianças estavam do lado de fora perto do lago. Lucy, Louis e Troy estavam lá envolta.

E também tinha Lauren lá fora que estava debaixo de uma árvore "tomando sol", ela quem falou, acompanhada de Allyson, Normani e Dinah conversando animadas.

Clara, Mike, Vero e Harry saíram para algum lugar sem nos falar nada.

Enquanto isso eu estava praticamente morta no sofá, sem querer me mexer pelo tanto de comida ingerida, enquando observava as carícias de Luiza na mão direita de Melissa, e logo depois a garota deitar no colo da Jauregui para receber carinho na cabeça... Até que eu dormi.

- Nós vamos ao parque e depois a um show! - Jessy falou animada com os três adolescentes que ainda assistiam série, me acordando.

- Legal!

- Já estou ansiosa. - Luiza falou.

- Que legal, para vocês! Que não estão quebrados e doloridos! - Jake reclamou fazendo um bico.

- Eu sei, querido! - Jessy acaricia o rosto de Jake que cora com o ato.

- Você é tão má!

- Eu sei, lindo. - Jessy cantarolou para o garoto. E logo depois saiu dali.

***

Apenas Norminah, Trolly, Lauren e eu estávamos juntos no parque, o restante estava todo espalhado pelo local. Jake teve que ficar com os avôs, e Ethan que não se sentia disposto ficou também

- Troooy, tira uma foto nossa! - Dinah gritou puxando Allyson e eu, cada uma para um lado seu.

Normani e Lauren que não perdem uma foto nem esperaram serem chamadas.

- Mas e eu?

- Isso aqui é um lance de amigas, Troy. - Allyson revirou os olhos sem paciência para o apelo brincalhão do marido.

- Calma, baixinha. - Dinah cutucou a amiga.

- Desculpa...

- Tudo bem, eu entendo. - Troy falou posicionando o celular para tirar a foto. - São os hormônios!

- É, são. - Allyson concordou sem muito ânimo.

Depois da foto Lauren veio para o meu lado e - assim como Normani e Dinah - entrelaçou nossas mãos.

- Olha o casal. - Dinah implicou assim que viu Lauren entrelaçando nossas mãos.

- Calada, você fez o mesmo com Normani. - Lauren retrucou.

- Nós somos casadas. - Normani entrou na implicância também, ajudando à esposa.

- E nós somos namoradas. - Lauren falou. - Isso soou estranho, Camz, estamos velhas!

- É, estamos. - concordei rindo junto de Lauren. Ela me abraçou rindo e eu encostei minha cabeça em seu ombro.

- Allyson, acho melhor sair daqui, elas estão virando um casal meloso. - Dinah brincou. - Allyson?... Ela saiu sem falar, filha da puta.

- Esse é momento em que ela "brota" do nada e te repreende por falar palavrão! - Normani acrescentou nos fazendo rir.

- Vamos antes que isso aconteça, com o humor que ela está nos últimos tempos, tenho medo que possa me matar.

Sem ao menos dizer tchau as duas saíram do nosso campo de visão.

Lauren e eu andamos pelo parque e depois apenas jogamos um pouco para perder nosso dinheiro, ganhamos alguns chaveiros até bonitinho de pelúcia, porém são meio inúteis por serem coloridos e grandes demais.

Na hora marcada nós partimos para o show que tanto todos queriam ir. Common Kings. Nós conhecíamos eles da época que moramos na Califórnia, sempre foram pessoas excelentes.

Entrei no jipe verde após comprar mais algodão-doce para Nicolas, Manuela e Lauren, os três riam de alguma coisa, que por sinal parecia ser a mais engraçada do mundo. As risadas cessaram ao ver os "pedacinhos de nuvem" em minhas mãos, Manuela se referia assim as bolinhas coloridas e fofas feitas de açúcar. 

- Camz, você é a melhor! - a maior criança dali falou. Lauren beijou meu rosto como agradecimento pelo que eu havia ido comprar. 

- Obrigada, mamá! - Nicolas comemorou com Manuela batendo palmas rapidamente. 

 - Dilan está perdendo os pedacinhos de nuvem! - Manuela comentou enquanto retirava o plástico para comer seu algodão-doce.

- É mesmo! - Nicolas concordou. Lauren não falava nada pois estava comendo. - Mas ele quis ir no carro com as mamás dele, tio Troy e a tia Ally...    

- Lauren, me dá um pouco? - pedi para ver qual seria sua reação, já que a mesma não tem o habito de dividir comida. 

- Hmm... Claro, pode pegar. - falou e logo sorriu para mim. - Mas não se acostume.

- Tudo bem. - ri depois de fazer uma careta. - Eu só perguntei para ver a sua reação mesmo. 

Ela revirou os olhos e acabou de comer aquele açúcar todo rapidamente. Ligou o carro assim que viu Dinah passar, espero que Louis passasse no jipe azul e seguiu atrás; Alicia, Laura e Jessy estavam com Harry e ele.

Lauren buzinou para que Louis visse que era ela atrás de si. E logo escutamos alguém buzinando permanentemente logo atrás do nosso jipe. 

- Vero. - Lauren falou depois de olhar pelo espelho lateral do carro. Veronica e Lucia balançavam uma das mãos para nós, sorrindo. Melissa e Luiza estavam se divertindo com aquelas duas loucas com certeza.

***

Chegamos um pouco antes do show começar, então Dinah encontrou um dos produtores e nos levou para uma área reservada. 

Fiquei de olho em Nicolas e Manuela enquanto Lauren conversava com um dos integrantes, eles já haviam me comprimentado assim como a todos os outros.

- Keana?! - Lauren falou surpresa, duas vezes na mesma semana, muita coincidência. - Oi!

- Oi, Lauren, que prazer te ver novamente. 

- Me diz... Você sangra? - Dinah engrossou a voz falando comigo.

- Ham?!

- Vai sangrar! - Dinah continuou fazendo sua interpretação. 

- De onde você tirou isso? 

- Batman vs Superman?! - Melissa perguntou surpresa para Dinah. 

- É isso aí, garota! Bate aqui! - a mulher se aproximou da garota de olhos verdes e bateram as mãos rindo. 

- Eu ainda não entendi a referência disso! Por que falou essa frase? - Dinah se virou para mim e se aproximou para sussurar:

- Keana... Sabe, hmm, sangrar porque você sempre teve ciúmes dela. 

- Ah! Não tenho mais. 

- Não? - perguntou Dinah sem acreditar.

- Não. 

- Mesmo ela sendo lésbica... 

- Como você sabe que ela é lésbica? Na época da escola ela não era "totalmente" assumida. 

- Nós já nos vimos muitas vezes depois desses anos, então eu sei de muitas coisas. - falou com ar de superioridade. 

- E por que nunca me contou nada? 

- Não achei que estivesse interessada. 

- Mas eu estav...

- Hey, Camz, vem aqui por favor.

-  Depois continuamos, Dinah Jane. - falei soando ameassadora, o que a fez rir, afinal não havia nada demais na conversa que teríamos futuramente. 

Keana nos convidou para um lual que seria em alguns dias, claro que aceitamos e pela animação de todos, nós teríamos que ir. 

Ficamos conversando ali por algum tempo, até que fomos para o show propriamente dito. A animação foi geral entre nós, nenhuma sem execeção, até Melissa estava super animada e dançando, o que nunca pensei ver. 

No final do show dedicaram uma música para Lauren, toda a pláteia cantou junto desejando parabéns depois, Lauren quase morreu de vergonha, o que a deixava ainda mais linda. 

- Parabéns, Amor! - desejei novamente felicidades e abracei Lauren assim que o show terminou e as músicas para ela também. Espero que ninguém tenha escutado, porque acho que falei um pouco mais alto que o permitido.


Notas Finais


Camren estão cada dia mais bonitinhas, na fic, pelo menos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...