História Minha bela dama - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Charlie, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Nalu
Visualizações 174
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente desde ja, pesso desculpa pelo capítulo bosta, juro que na minha cabeça estava mais legal. Mesmo assim boa leitura, espero que gostem .

Capítulo 12 - Sentimentos


  Ao chegarmos na festa, Natsu me ofereceu sua mão para me ajudar a descer da carruagem, e continuou a segurar minha mão, me guiando para dentro da grande mansão dos Aguria. A passarmos pelo portal, observei o local que estava repleto de pessoas elegantes, trajando vestes deslumbrantes, agora entendia porque Natsu pediu pessoalmente para a costureira de sua família preparar o vestido que usaria essa noite. Continuei a percorrer o salão, com os olhos, até que percebi um senhor de cabelos grisalhos se aproximando de nós.

 

- Que bom que vocês chegaram, e uma honra receber vocês em minha casa.- nos cumprimentou com um grande sorriso.

- Nos que estamos honrados em ter sido convidados para sua humilde residência.- falou Zeref sendo educado.

Eu achava engraçado como eles se tratavam, tudo muito educado, muito falso, tudo não passava de uma troca de interesses, acabei soltando uma pequena risada, que não passou despercebido pelo senhor, que passou a me olhar preparando alguma pergunta para minha pessoa.

- Ora quem é essa bela dama que ri sem motivo?

Como pensava ele ia me perguntar algo, tive sorte que não foi o por que de eu ter rido. Eu ia me apresentar mas Natsu interviu antes.

- Está bela dama se chama Lucy e é minha noiva, senhor Aguria.

Pude ver a surpresa no rosto da senhor, mas ele logo se recompôs.

- Ho! Você é um homem de sorte, sua noiva é linda.

- sim ela é, muito obrigado.

Eu observava eles conversando, pude perceber que Natsu não gostava muito do senhor Aguria, e muito menos quando ele me elogiava.

- Minha Yukino ficará tão triste quando souber de seu noivado, ela gosta muito de você meu rapaz.

- Não é nada que o tempo não cure. Agora se me der licença gostaria de beber algo.- ele se despediu, deixando óbvio que estava dando apenas uma desculpa para terminar aquela conversa. - Lucy me acompanha?- perguntou para mim.

- com todo prazer. - aceitei aquela conversa também não me agradava, mas também me sérvio para saber que Natsu era desejado por outras garotas, e não ficaria sozinho se eu decidir deixá-lo.

- desculpa ter te colocado naquela situação, ele sempre me empurrou para cima da filha dele.

- a filha dele gosta de você.

- sim, mas ela nunca me interessou.

- por que?

- não sei, talvez por que ela não é você.

- serio vai começar se novo com suas cantadas? - eu podia estar reclamando mas achava engraçado, ainda mais por que não era necessário, ele é o tipo de rapaz que não precisa de algo assim para conquistar uma garota.

- não é cantada, e apenas a verdade. Eu ainda não entendo como nos nunca se conhecemos antes.

- bom talvez porquê você é da capital e eu morei minha vida toda em uma cidade litorânea dois lugares bem distantes.

- mas isso não é desculpa eu ja viajei várias vezes para o litoral de Fiori.

- você viaja muito?

- sim, já conheci quase o mundo todo. Eu amo conhecer novos lugares, novas pessoas e novas culturas. - Eu sorria enquanto escutava Natsu falar, ele já conhecerá vários lugares, ele viveu o meu sonho. - quando nós nos casarmos eu ficarei feliz em te levar comigo nas minhas viagens. Mas vamos deixar isso de lado um tempo, você me daria a honra de uma dança?

- já te disse que não sei dançar. - recusei.

- isso não é problema eu te guio, minha bela dama.

- está bem jovem cavaleiro. - brinquei. Confesso que eu posso estar começando a gostar de Natsu e isso talvez seja um problema, mas não pensarei nisso está noite, vou me dar o luxo de me divertir ao lado dele.

- então vamos.

Ele voltou a segurar minha mão e me levou até a pista, passou algumas estrusoes  sobre a dança que pelo que entendi todos devíamos dançar com sincronia com os outros pares espalhados pelo salão.

        Natsu ergueu sua mão e eu o imitei, quando a música começou a tocar, ele se aproximou de mim mas não nos tocamos, nos giramos sem desviar dos olhos um do outro, sem avisar eu segurou minha mão e me girou trazendo para perto de seu peito me envolvendo com seus braços, meu coração disparou, percebi que nos éramos os únicos que não seguíamos a coreografia, por impulso Me afastei de seus braços e sai da pista de dança, me sentia desestabilizada e envergonhada, talvez esteja exagerando mas agora era certeza eu sinto algo Natsu. Oque eu devo fazer?


Notas Finais


Sério desculpa mesmo, prometo que o próximo vai ser melhor, prometo muito nalu pra voces, se duvidar posto ainda hoje Kkkk 😅😜😉😆❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...