História Minha bela dama - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Charlie, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Nalu
Visualizações 91
Palavras 670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Falta pouco para te conhecer


Já a várias horas dentro desse trem, que nunca chega ao seu destino, sem nada para fazer e sem conseguir dormir pois minha mente não me deixa descansar, estou indo em direção a minha sentença de morte, sim é assim que me sinto, a partir desde dia não terei mais felicidade que é o mesmo de estar morta, talvez eu esteja exagerando mas oque mais eu posso pensar? Eu não sei.

- Lucy?!- chamou meu irmão, me tirando de meus pensamentos.

- Oi.

- Está tudo bem?- perguntou preocupado.

- sim por que? - é lógico que eu não estou bem quem eu quero enganar?

- Não minta pra mim, você sempre se cala quando tem algo que a incomoda. Me fala oque te aflige.

- É que a ideia de me casar com um desconhecido, me dá medo.

- O papai não te falou nada sobre ele?

- não. Somente sei que ele é o filho mais novo dos Dragneels.

- Bom eu ja o me encontrei com ele algumas vezes em que estive em Fiori, ele tem dois irmãos Zeref e Wendy, é bem educado e já viajou quase o mundo todo. Eu sei que é pouca coisa mas e tudo que eu sei.

- Bom é melhor que nada...

Eu passei a olhar pela janela e percebi que achamos chegado na estação, alguns passageiros já se levantam para desembarcar, passei a sentir meu estômago embrulhar, eu estava a pouco a minutos de conhecer meu futuro marido, eu que não queria sair do trem eu não queria encarar a realidade. O trem avia aberto suas portas e aos poucos os vagões se esvaziavam.

- vamos.- chamou meu pai de pé ao lado de meu acento.

Eu me levantei, comecei a andar em direção a saída, e cada passo a caminho da porta o silêncio se fazia presente como se estive presa em uma caixa, passei a ouvir apenas os meus batimentos, mas alguém acaba me empurrando e me trazendo novamente para a realidade. Vejo um rapaz de cabelos negros se aproximando de minha família, em seu peito esquerdo avia um brasão de um Dragão alado.

- Boa tarde, eu me chamo Zeref Dragneel, espero que tenham tido uma boa viajem.- o rapaz se apresentou, eu passei a buscar qualquer outro rapaz com o mesmo brasão da família Dragneel, mas não avia mais ninguém.

- A viagem foi ótima. Esses são meus filhos Sting e Lucy.- falou meu pai nos apresentando.

- ah! Você é a senhorita Lucy. É uma honra te conhecer, e já me desculpo por meu irmão não ter vindo recebe-la hoje, essa historia de casamento o pegou de surpresa.

- À mim também.- bom parece que eu não sou a única a não gostar dessa ideia de casamento.

- entendo. Bom vamos, vocês devem estar cansados da viajem.

Natsu on

Já eram duas da tarde e eu ainda não avia parado um minuto a quer a todo minuto me aparecia alguém me pedindo pra dar minha opinião em algo que seria usado na festa de Quinta, eu não ligo para essa festa, eu só queria descansar, e pensar numa ideia de evitar tudo que está acontecendo.

- Natsu! Tudo bem?- perguntou minha Wendy minha irmã mais nova.

- mais somenos.

- você deveria estar feliz, você está noivo e amanhã terá uma grande festa para comemorar isso.

- Wendy você é muito nova para entender oque está acontecendo de verdade.

- oque foi você não a ama?

- você pode amar alguém que não conhece?

- não.

- então eu não a conheço, por isso não a amo.

- mas pode chegar a amar. Apenas de uma chance.

- parece que me enganei você é esperta para o seu tamanho.

- eu sei. Bom eu tenho que ir, vou ter aula de caligrafia agora. Até mais

- até.

 Talvez Wendy esteja certa, talvez que somente tenha que dar uma chance. 

- falta pouco para eu te conhecer Lucy.- sussurei para mim mesmo como um incentivo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...