História Minha bonequinha - Bambam - Capítulo 30


Escrita por: ~ e ~boltereoune

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Jackson, Jisoo, Jungkook, Lisa, Momo, Personagens Originais, Suga
Tags Bambam, Bts, Got7, Jackson, Jungkook, Suga
Visualizações 39
Palavras 2.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI galerinha...
Capitulo para o dia das crianças! #énois
Eu espero que gostem da leitura!
Desculpem qualquer erro...
P.S - A fantasia da Ambre não é exatamente igual a da capa, porém foi o mais próximo que eu encontrei =)

Capítulo 30 - A festa a fantasia


Fanfic / Fanfiction Minha bonequinha - Bambam - Capítulo 30 - A festa a fantasia

Capitulo 29

A festa a fantasia

Bambam on/

Acordo com o som dos passarinhos cantando e percebo que Ambre não esta mais na cama. Vou para o andar de baixo e a vejo coando café. Ela cortou o cabelo ontem e ainda não me acostumei, além de cortar o comprimento ela também fez uma franjinha, deixando-a mais fofa.

É estranho ver ela sem o cabelo pintado, mas ela fica bonita de qualquer jeito. Acabo me lembrando da festa a fantasia. Ainda não tenho o que vestir e a festa é hoje. Tomo meu café rapidamente e vou para o quarto tomando um banho e colocando um uniforme.

Vou andando pra escola com Ambre e ao chegarmos Mi Cha já vai logo me puxando, como sempre. Ela tem muitos ciúmes da Ambre e ate hoje não entendi o porquê. Ela me da um selinho rápido e começa a falar sobre a festa de hoje.

Aparentemente ela já resolveu tudo. A fantasia vai ser de casal. Eu vou de magico e ela vai de assistente. Ela então começa a falar em como ficou em duvida sobre superman e mulher maravilha, batman e mulher gato e uma serie de outros que eu não ouvi. Afinal, quando dei por mim já estava pensando que fantasia a Ambre iria usar, já que eu não vi ontem.

-Então hoje de tarde você vai pra minha casa pra gente se arrumar junto, ok Bambam?! – Mi Cha falou já meio irritada.

- Claro, eu só preciso avisar a Amb..

-Esquece essa garota! – ela me interrompe. - Para de agir como se fosse dependente dela, quando você tem a mim... – ela me da um selar e sai andando pra primeira aula.

Ambre on/

Assim que entro na sala percebo que todos estão falando da festa à fantasia. Quando vão chegar, com quem vão, como vão se vestir e por aí vai. Duvido que algum professor consiga dar aula hoje. Acabo sorrindo com a animação dos meus colegas.

Percebo porem que Mark e Jungkook estão isolados em um lado da sala. Vou andando até eles que acenam quando me veem.

- Por que estão tão desanimados?! Não vão a festa que todos estão falando?! – pergunto

- Minha namorada viajou... Não to a fim de ir. – Mark fala.

- Eu prefiro ficar em casa jogando vídeo games. – Jungkook fala simplesmente

- Quer dizer que vocês vão me deixar sozinha lá?! Por favor... Eu não quero ficar só. – falei.

- Não sei Ambre... – Jungkook me encara com olhar de preguiça.

- Por favor, oppas... Por favorzinho. – falo fazendo meu melhor aegyo.

- Ta bom... Então a gente pega você as sete da noite na porta da sua casa, okay?! – Mark fala

- Ebaaaa! – falo levantando as mãos. – Agora eu não vou ficar sozinha! Vai ser divertido!

Mark se anima um pouco e Jungkook da um micro sorriso, muito lindo, embora eu ainda prefira o sorriso de coelhinho dele.

O professor chega e as aulas começam, embora ninguém prestasse atenção. Eu tentava ao máximo me concentrar, mas eu estava ansiosa, só que dessa vez era algo muito bom. Uma sensação de frio na barriga e espera, afinal eu queria muito me divertir com os meus amigos.

Antes que eu pudesse perceber o sinal tocou avisando que era hora do lanche, fazendo com que todos saíssem correndo para fora. Bambam me chamou em sua mesa e eu fui por curiosidade.

- Mi Cha quer que eu vá me arrumar para a festa na casa dela, você vê algum problema?! – ele pergunta meio inseguro

- Não.

- Tem certeza, quer dizer, você sabe onde é?!, Não vai se perder?! – ele fala alto

- Eu não vou sozinha Bambam.- dou uma risadinha e saio da sala.

Bambam on/

“Como assim ela não vai sozinha?!” Um sentimento estranho me percorre, ela já vai com alguém e isso me incomoda um pouco, mas não deveria ser assim, certo?! Eu namoro e ela é livre para ir com quem quiser, essa é a lei das coisas, não vou chiar porque ela vem me dando liberdade e compreensão desde o retorno do meu namoro, vou deixar quieto.

Fico tão imerso em meus pensamentos que quando percebo o intervalo já acabou e todos começam a lotar a sala novamente. Mais algumas aulas chatas passam e a hora da saída finalmente chega, todos os treinos foram cancelados afinal essa festa seria o grande acontecimento do ano.

Assim que somos liberados encontro Mi Cha e vamos para casa dela, ficamos de bobeiras fazendo coisas aleatórias ate chegar perto do horário. Começo a me arrumar e percebo que a fantasia nem é tão ruim assim.

Mi Cha ficou bem bonita, embora a fantasia tenha um estilo um pouco mais provocante. Assim que finalmente ficamos prontos, nós nos dirigimos até o local da festa.

Ambre on/

Assim que as aulas acabam vou para casa já que não teria nem treino nem trabalho hoje. Chego e preparo um almoço para mim mesma. Decido subir e descansar um pouco. Tiro um cochilo rápido.

Depois de acordar tomo um banho para começar a me arrumar. Faço uma escova em meu cabelo e o prendo em uma princesinha trançada. Depois disso faço uma maquiagem toda trabalhada no prata e branco, deixo os lábio suaves para realçar o angelical. Visto minha fantasia e estou pronta.

Arrumo uma bolsa apenas com o necessário e desço as escadas para esperar os meninos. Depois de cinco minutos a campainha toca e eu vou atender. Me deparo com os dois garotos vestidos de vampiro com sangue escorrendo pela boca e olhos vermelhos. Acho graça.

Eles parecem boquiabertos e ficam me encarando por um tempo.

- O que foi?! – pergunto

- Apenas... Esta linda, milady. – diz Jungkook pegando minha mão, porém ao invés de depositar um beijo ele da uma leve mordida com suas presas, me fazendo rir.

- Nos acompanhe até o carro por favor. – diz Mark todo formal.

Assim eu entrelaço os meus braços em ambos os rapazes e nós vamos até o carro. Me sento no banco de trás e o carro da partida. Vamos o caminho todo conversando, às vezes Jungkook falava como um vampiro antigo, daqueles de filme mesmo, me fazendo rir. Quando percebo já estamos no local da festa, que embora tenha acabado de começar já estava lotada e com som alto.

Entro pelo portão do jardim acompanhada dos meus dois vampiros, os braços entrelaçados, um de cada lado. Sinto olhares sobre mim, porém decido não me importar. Ao entrar na casa vejo Chaeyoung, Lisa e Jihyo juntas, cada uma usando uma fantasia diferente, estavam todas lindas! Após nos cumprimentarmos fomos à procura dos outros, ficamos algum tempo conversando ate o pessoal se dispersar. Ate Mark que estava um pouco travado no começo foi dançar com o resto do pessoal.

Assim no final sobramos eu e Jungkook. Decidimos sentar no sofá e conversar sobre coisas da vida. Estávamos batendo um papo ate que agradável, porém eu sentia muitos olhares sobre mim. Achei engraçado, devem ser garotas olhando para Jungkook. Sem perceber soltei um risinho.

- O que foi?! – perguntou ele confuso.

- Todas as garotas da festa ficam olhando pra você enquanto conversamos. – falo rindo

- Não. Eu não sou tão popular. Os garotos da festa que estão olhando pra você, bastante por sinal. – ele fala fazendo uma cara meio irritada.

- Não acho que ninguém vai olhar pra mim, quer dizer, olhes as outras garotas, com fantasias provocantes e chamativas... Eu não sou assim. – falo olhando para a multidão.

- As vezes o inocente chama mais a atenção do que o provocante. – ele fala. Pisco algumas vezes sem entender e o encaro.

- Eu não entendi... – ele mantinha os olhos fixos em mim. – O que você quis dizer...

- Pessoal! – Mark grita me interrompendo e me fazendo encara-lo. – A festa esta ótima!

- Pra alguém que não queria vir em Mark... – falo e ele cora.

- Jackson estava te procurando. – ele fala. – Talvez devêssemos beber alguma coisa. – Mark fala se sentando no sofá.

- Pode descansar, eu pego algo para vocês dois.

Me levanto e começo a caminhar em direção ao bar me esquivando de algumas pessoas, porem era difícil quando se tem asas. Estava quase chegando, quando alguém me puxa pelo braço me levando para algum corredor vazio, achei que fosse algum conhecido, porem quando me viro me deparo com Mi Cha. Reviro os olhos automaticamente.

- Ora, ora... Quem temos aqui?! O anjinho da festa! – fala sarcástica e então percebo que mais garotas estão com ela.

- O que você quer? – pergunto

- Achei que tivesse deixado bem claro que os garotos com quem você anda já tem donas. Mas aparentemente você é uma burra inconsequente. – ela fala apontando o dedo na minha cara. – Ainda tem a audácia de vir com dois para a festa, nem autorização tem... – ela fala e algumas amigas soltam um risinho.

- Escuta aqui. – falo dando um tapa no dedo que estava na minha cara. – Quem você pensa que é garota?! Pelo amor de Deus! Você acha que tem alguma autoridade de por o dedo na minha cara?! Além do mais aqueles garotos não te pertencem, não preciso de bosta nenhuma vinda de você pra sair com meus amigos Mark e Jungkook. – falo já vendo o sorrisinho cênico dela se desmanchar. –Para de se achar a superior, a melhorzinha, porque já ta feio.

Joguei verdades que eu já queria ter falado a muito tempo, porque nossa senhora, essa menina não me deixa em paz, que perseguição. Ela faz uma cara não muito boa e eu já me preparo para o pior.

Ela avança em mim, me dando um soco, porém o mesmo não me acerta totalmente. Eu revido, dessa vez não ia deixar barato, porém a covarde chamou as amiguinhas e mesmo eu tendo ficado mais forte com todo o treino ainda não sou páreo para cinco contra uma.

O corredor estava totalmente vazio e eu não tinha nenhuma esperança de alguém chegar. Já esperando o pior tento ao máximo me soltar das mãos que seguravam meu pulso com força. Me dão socos e tentam me enforcar enquanto eu me debato quase sem forças.

- O que esta acontecendo aqui?! – eu conheço essa voz

- Mark oppa! – ouço Mi Cha exclamar. – Não é o que você esta pensando... Por favor, ela que começou me agredindo! – ela falou fazendo voz de coitadinha.

- Nem tenta... Que ao seu veneno eu já sou imune. – ele fala bravo e todas as garotas se afastam de mim, eu nunca vi ele assim. – Se esse teatrinho é porque você esta preocupada com o que eu vou falar para o seu namorado, nem se esforce. Caguei pra vocês todas. Porém se deixarem a Ambre em paz eu fico em silencio.

Todas assentiram com a cabeça, envergonhadas e assustadas, porem Mi Cha continuava com cara de brava. Mark se aproximou de mim e me pegou no colo me levando para a saída do corredor.

- Se isso voltar a acontecer eu não vou nem pensar duas vezes em falar com Bambam, muito menos com a diretora. Não vou ter pena.- ele fala uma ultima vez antes de sair. Ele falou tão firmemente que ate eu fiquei com medo.

Eu estava fraca, mole e com vergonha, então apenas me encolhi em seus braços escondendo metade do meu rosto no peito de Mark. Algumas pessoas paravam para olhar o que aconteceu, outras estavam tão bêbadas que já se encontravam em outro mundo.

Mark me levou ate o carro e me apoiou no banco de carona. Eu estava muito fraca e só ouvi ele falando que já voltava. Fiquei alguns minutos sozinha tentando controlar minha respiração, então Mark voltou e sentou no banco do motorista.

- O que estava fazendo?! – falo em um sussurro

- Avisando a Jungkook que estávamos indo por conta de alguns problemas, porem eu não contei sobre a verdadeira situação. – ele falou me olhando.

- Como me achou. – falo encarando o mais velho

- Ficamos preocupados com a sua demora e Jungkook achou que talvez algum bêbado tentasse se aproveitar de você, como ele ficou muito assustado com a ideia fui procura-la, lhe achei depois de um tempo naquela situação. Você sabe por que ela fez isso? – ele perguntou

- Ela ficou brava porque eu vim com você e Jungkook para a festa, ela quer que eu mantenha distancia. – falo.

- Então a culpa...

- Nem pense em terminar essa frase Mark Tuan! – o interrompi irritada. – A culpa não é de vocês! Aquela garota é doente, acha que todos os garotos da escola são posse dela! Eu não vou me afastar de vocês por causa dela. – falo o encarando firmemente.

- Esta bem então. Vou levar você lá pra casa para fazer curativos. – ele fala ligando o carro.

- Seus pais não vão se importar? – pergunto

- Estou sozinho, pode ficar tranquila.

O caminho ate a casa de Mark foi curto, a essa altura a dor tinha amenizado e eu estava melhor, os ferimentos não foram tão graves quanto da outra vez, fico agradecida por ter me defendido dessa vez, se não poderia ter sido bem pior.

Ao chegar, Mark insiste em me carregar e me leva pra dentro me pondo no sofá. Ele pega um kit de primeiros socorros e começa a fazer curativos, no fim eu tomo uma aspirina para dor.

- Você deveria tomar um banho. Eu posso te emprestar uma roupa.

Faço que sim com a cabeça e ele me entrega uma blusa grande e uma calcinha juntamente com um sutiã, tomo um banho rápido, tentando não sentir dor. Assim que saio do banheiro já vestida, Mark me leva ate sua cama e me deita.

- Durma aqui, eu fico no sofá. – faço uma cara de desconforto – Nem pense em questionar! Agora vá dormir!

Apenas assenti e caí no sono, sem príncipes ou anjos dessa vez.


Notas Finais


E foi isso galerinha...
Não foi hoje que o Bambam descobriu a verdade...
Mas por que será que Mark e Ambre não querem contar pra ninguém?!
Jackson e Jungkook gostam da bonequinha?!
Quando descobriremos a verdade?!
Kissus de sorvete e feliz dia dos "diabinhos" =)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...