História Minha decisão de te amar — Jung Hoseok (BTS) - Capítulo 168


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Bts, Fofura, Grávidez Precoce, Jhoooope
Visualizações 243
Palavras 264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 168 - 168


Fanfic / Fanfiction Minha decisão de te amar — Jung Hoseok (BTS) - Capítulo 168 - 168

— Eu estava com tanta saudade — Meu pai confessou, ele me abraçava apertado. — Isso é o que eu estou pensando? Você nos perdoou? 

— Não digo que perdoei, pois ainda dói muito quando lembro, mas isso está no passado e se vocês estiverem realmente arrependidos do que fizeram, eu estou disposta a esquecer tudo. 

— Eu... — Tentou dizer algo mas desistiu, eu sei que ele quer chorar, mas está se controlando por insistir a falar algo. 

— Pode chorar pai — Bastou apenas isso para o meu pai chorar como uma criança no meu ombro. 

— Querido o que está acontecendo? Por que você está... — Minha mãe paralisou ao nos ver. — Haruki, você... 

— Nossa menina voltou — Disse meu pai. Minha mãe nada falou, estava ocupada de mais correndo para nos abraçar. 

— Desculpe meu amor — Disse ela —, desculpe pelo o que fizemos. 

Talvez eu não deva perdoá-los, talvez eu deva os odiar pelo o que aconteceu. O problema é que eu não consigo, eu os amo de mais para guardar algum rancor. 

— Está tudo bem, não precisam mais pedir desculpas — Eu falei tentando os acalmar.

— Precisamos sim. 

— Que tal se continuássemos com a conversa dentro de casa? — Eu confirmei. — Venha você também rapaz. 

— Eu não quero atrapalhar a conversa em família. 

— Que conversa é essa Hoseok? Você é pai dessa criança, meu noivo e futuro marido. Ainda quer argumentar algo a respeito sobre ser desta família? 

— Mas o que?! Você terá que me explicar muita coisa mocinha.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...