História Minha Deliciosa Secretaria Estagiária - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ecchi, Hentai, Original, Romance, Yuri
Exibições 54
Palavras 778
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 31 - Apenas Rancores... Parte 10


 Festa ainda não tinha acabado…

 Quando voltei, Kate e Karina estavam saindo.

 Pela hora já era bem tarde, pela cara dela estava cansada.

Marcela: Então?

Karina: Não aqui, vamos para casa ela está cansada.

Kate: Vamos…

Marcela: Ok… Entrem no carro.

 Elas entram rapidamente, bem antes da Jéssica me ver já estava longe da casa e pelo que podia ver pelo retrovisor, tava parada bem na saída do estacionamento. Pior que não sei sua resposta tinha saído momento ela iria dizer.

 Por mais tente seguir em frente.

 Volto para trás…

 Acho meu tempo aqui no Brasil já estava bem prolongada, mais agora penso Kate está sozinha não posso partir deixa-la aqui. Por que fugir? Eu tenho que encarar esse passado sombrio que anda me assombrando, se não ficara ainda pior do já está.

Marcela: Dormiu?

Karina: Sim, está tudo bem?

Marcela: Não se preocupe comigo, quero saber.

Karina: Ela aceito pedido de casamento, vendo jeito que ela deu resposta não parecia arrependida. Agiu numa boa como se nada afetasse.

Marcela: Chega… Já ouvi suficiente.

Karina: Você tem que parar com isso, chega de ficar sofrendo… Porra e está na hora de acorda Marcela, você não está no mundo da lua e essa realidade foi jogada bem na sua cara. Apenas evita enxergar…

Marcela: Eu sei…

Karina: Se sabe… Que está esperando?

Marcela: Isso é uma boa pergunta… Que espero? Que estou fazendo? Apesar de doe muito, chego minha vez de seguir em frente e parar de ficar olhando para trás.

Karina: Podemos fazer isso? Juntas…

Marcela: Não me leve mal… Mais eu não sinto sentimentos por você, apenas minha secretaria e amiga. Sinto muito, essa minha decisão.

 Essa foi minha decisão final…

 Sei que senti algo por mim, mais foi certo se fazer…

 Apesar de tudo isso está acontecendo… Estava na hora de seguir em frente.

 Virar essa pagina… Escrever um novo capítulo…

 Mais para isso…

Mais Dois Anos Passaram-se…

Escritório Do Rio De Janeiro

Televisão: Não se fala de outra coisa, a não ser pelo maior casamento entre as duas grandes donas melhores cosméticos, Jéssica e Lauren. Ainda hoje elas vão participar no programa de entrevista Sarah Lilian, onde falaram coisas que todos querem saber é…

Kate: Só estão falando sobre isso, desde manhã cedo. Ainda pergunto por que ainda assiste isso.

Marcela: Bom saber…

Alba: Desliga essa televisão, assine mais esse documento e acabamos por hoje…

Marcela: Que isso?

Alba: São recibos, sabe das importações dos cosméticos delas…

Marcela: Pra que minha assinatura?

Alba: Apenas para autorizar, caso não queira eu passo.

Marcela: Faça isso, partir de hoje cortaremos laços com elas.

Alba: Apesar não sermos sócias e isso séria um grande rombo fazendo perder muitos pontos na bolsa.

Marcela: Isso não me importa, apenas faça.

Alba: Ok. Farei isso.

 Coisas seriam diferentes apartir de agora.

 Tinha tomado uma decisão.

 Agora chegou minha vez de dar volta por cima.

 Recuperar meu tempo perdido.

 Apesar de ter feito isso com elas, nos dias seguintes já podia ouvir sobre queda de vendas dos cosméticos. Custos do casamento e de toda aquela bagunça fizeram fez pensar nas consequências, mais agora era tarde para voltar atrás.

 Não estava nem ai, foi quando Alba veio até mim dizendo que marcaram a reunião com gente para discutir tal licença tinha cancelado, tendo causado grande rombo nas vendas apesar de eu conhecer muita gente.

 Subi para sala reunião elas estavam juntas dos seus advogados que pareciam estavam confiantes demais. Puxei cadeira sentei-me dando inicio as tais proposta de ambas as partes. Mais Lauren tinha ficado surpresa com sabendo que eu era dona.

Alba: Bem, podemos começar.

Marcela: Algum problema?

Lauren: Ficamos surpresa quando soubemos que negaram nossa licença, posso saber por quê?

Marcela: Estranho, de onde veio tudo aquilo? Festa, casamento, até viraram estrelas por alguns minutos. Por que deveria me preocupar com isso?

Jéssica: Está dizendo que não aceito por causa do nosso casamento?

Marcela: Isso e negócios, se analisar bem as coisas. Tudo saíram do nosso bolso mais acho não pensaram muito nos custos não acha? Alba por favor…

Alba: Cinquenta porcento dos juros, isso causo certo infortuno para gente que estava lidando com sua licença para exportações sabendo que as donas não presentes.

Lauren: Isso ridículo, gente venho se precavendo muito tempo.

Marcela: Acha que estou mentindo? Pergunte isso aos seus advogados.

John: Ela está certa… Houve problemas nas exportações, havíamos enviado email só que não tivemos respostas.

Janet: Ainda podemos reverter situação mais… Teremos que pagar multa, para pode voltarmos ao normal.

Lauren: Quando é essa multa?

Alba: 50 mil dólares, mais os juros.

Jéssica: Isso e um abuso!

Marcela: Não, como eu disse. São apenas negocios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...