História Minha dor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Chorar, Drama, História, Traição
Exibições 10
Palavras 606
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Era difícil, né?

Para mim, tudo era difícil, a minha vida, o meu colégio, as minhas notas, a minha família, tudo. E eu mesmo assim, aguentava por ele, tentando dar o melhor sorriso que eu podia dar, não queria preocupar ninguém, eles não mereciam se preocupar comigo.

Mais de maneira alguma reclamei, sempre vivi calada, botando uma maldita máscara no rosto e fingindo ser a garota linda, gentil e alegre que eu sempre fui, mais eu sabia muito bem, que por trás dessa máscara havia uma pessoa solitária, fria, grossa e chorona, e como eu me odiava por isso.

Eu sempre gostei de um garoto, óbvio, eu era uma boba apaixonada, porém, esse garoto ele... Era bissexual assim como eu, e por isso, ele gostava de outro garoto, bem mais bonito que eu, seu nome era...

 Mathiel

Sim, Mathiel, era o outro garoto popular do colégio, ele era lindo, gentil, amável, alegre e era o namorado do Darllington, o garoto que eu gosto.

Eu sempre os observava, ali juntos, se beijando para que todo mundo veja que o Darllington e propriedade do Mathiel, e o Mathiel dele, e isso me enchia de tristeza, e uma vontade imensa de chorar, mais eu tinha que resistir, né? E isso que uma garota como eu faz.

Eu e Darllington já namoramos várias vezes e eu até perdi a conta, mais, nós sempre terminávamos, motivo? Ciúmes, ciúmes possessivo e besta, mais agora ele... Só me vê como uma amiga, ou melhor, como uma vadia.

Uma vadia que só serve para se deitar com ele, uma vadia que só serve para fazer os favores dele, uma vadia que só serve para se agarrar com ele, tudo isso que o Mathiel as vezes não faz, eu já corri tantas vezes atrás do Darllington e já levei tantos foras dele que eu quase perco a conta.

Era sempre assim, ele se apaixonava por outro, e eu obrigada a aguentar, aguentar que nunca terei o Darllington para mim novamente.

Mais doía muito, eu aguentava as pessoas falando de mim pelas costas por causa dele, aguentava as pessoas me chamando de vadia, de puta, de vagabunda e de outro xingamentos fúteis por causa dele, aguentava a metade da minha família me odiar por causa DELE.

E mesmo assim, o que eu recebo, era ele se pegando com vários outros garotos, e no final, quando estava carente vinha atrás de mim e me convencer a me deitar com ele.

''Dor. Dor. Dor.''                                                                                                                    

Era o que eu sentia, sempre, não importava a hora, os segundos e os minutos, a cada tempo que se passava minha dor aumentava, mais e mais, era difícil aguentar todo esse peso que eu sentia, era difícil eu mentir para a minha mãe, falando que eu estava bem e que não estava com cara de choro e coisas do gênero, mais era ainda mais difícil chegar no meu quarto e começar a chorar, era tão difícil aguentar que o Darllington gostava de outro.

E que esse ''outro'' Não era eu, e sim o Mathiel, ele era bissexual, mais apesar de tudo... Eu gostava do Darllington, porque eu sou uma idiota.

Mais apesar de eu ser idiota, eu era a puta dele, eu era a vadia dele, e é isso que eu sempre serei, não é mesmo?

''Só quero alguém pra ficar
Alguém pra poder compartilhar
Meus dias frios e sombrios
Que a vida traz,

Se é que um dia terei 
Alguém que desperte em mim 
Tal querer

E assim continuarei
A procura de um novo alguém,
Buscando em sorrisos e olhares
O que a vida de mais bela tem:

O amor de alguém.''

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...